12 de ago de 2009

Sarney, a oposição e Dilma 2010


Por Fábio Rodrigues

Que Sarney está mais fraco que grávida com gripe A, até meus sobrinhos mais novos já sabem. A opinião pública evolui quanto a avaliação crítica dos mandatos recheados de nepotismo, clientelismo, corrupção e muita farra.

Que o PSDB, DEM e parte do PMDB quer de fato ética na política e no senado, é mera retórica eleitoral. Que diga o povo gaúcho com o (des)governo de Yeda (PSDB-RS), cheio de problemas de desvio de dinheiro público e muita assombração.

Interessante foi uma das fala do Sarney, onde ele alertou que os demais senadores não são melhores do que ele. O que isso quer dizer? Será que ele queria afirmar que todos mamam nas mesmas tetas e estão com as mãos sujas de forma similar a ele? Será que ele deu a dica que se mexer muito no Senado não fica nenhum parlamentar para apagar a luz?

E o conselho de ética! Acredito que nem os presidiários seriam cassados por esse conselho de faz de conta. Até que seriam, pois são em grande maioria pobres e sem estudo. Diferente são os senadores, estudados e milionários, em grande maioria. Não precisam ser cassados, muito menos presos, eles não fazem nada de ruim para a sociedade, nada de corrupção. Pra mim, corrupção é o principal fato gerador de violência, sequestro, desemprego, fome, desnutrição, mortalidade infantil. Isso não é crime (corrupção), crime é roubar uma margarina, roubar milhões do erário público é apenas um mero erro de conduta. Afinal foram eles que nos libertaram da ditadura militar. Eles têm esse "crédito" de roubar, tudo pela democracia reconquistada.

O que é quebra de decoro parlamentar? Todos são iguais, são devedores de algum favor do outro, tem sempre um pedaçinho de lama na sua trajetória política, ou na vida pessoal (melhor nem entrar nesse campo). Ninguém quebra decoro, ninguém é santo mesmo!

E o que Dilma tem haver com isso. Acredito que ela seja o pano de fundo disso tudo. A oposição quer diminuir o poder da governabilidade do Presidente mais popular e mais aprovado de toda história do Brasil, o Lula. Ela está sendo colocada para os parlamentares de esquerda como uma forma de convencimento pela permanência de Sarney. Pragmatismo puro. Sarney permanece na presidência, PMDB fica com o PT (Dilma) em 2010. E os desmandos no Senado, na Câmara, nas demais entidades governamentais, como ficam?

De pronto, acredito que a sociedade está muito bem antenada e dará uma resposta categórica aos políticos de faz de conta. Seja candidato a Presidente, a Governador, a Deputado Federal ou Estadual. Muitos desses agentes pensam que são sabidos demais, que o povo todo é burro, que seus dogmas irão permanecer inalterados, que é só derramar dinheiro na mão dos clientes (eleitores) que o resultado aparece.

Tome uma atitude diante dos políticos em seus Estados! Desde já, pergunte a eles quem são seus financiadores. Por que eles só se aproximam do cidadão em época de eleição? Por que eles não respondem o e-mail, telefonema, recado, mandam tudo seus assessores resolverem. Então deveremos votar, quem sabe, nos assessores e não nos parlamentares, pois os elegemos para ser nossos "representantes" diretos, e não por meio de terceiros.

Perguntem também se eles tem coragem de mostrar os balanços financeiros anuais do mandato. Mostrar apenas o balanço político é muito fácil e bonito!

Nós podemos sim mudar para melhor nossa sociedade, e inexoravelmente será pelo corte profundo nesses políticos profissionais, que matam e morrem pelo poder e pelas verbas públicas. Só não irão passar fome se perder o mandato, pois a maioria já ficaram milionários.

É a vez de tentarmos mudar de verdade a cara dos parlamentos. A solução é definitiva, é a melhor solução? Pode até não ser, mas é o começo, precisamos tentar de alguma forma. Continuar como está não pode, não deve e não vai permanecer.

Você vai renovar os mandatos dos senadores eleitos em 2002? Você vai renovar os mandatos dos deputados federais e estaduais eleitos em 2006?

Vamos pra frente, muita luta, muito trabalho, muita atitude e muita coragem pela moralização dos espaços de representação coletiva. Acredito na população brasileira, no povo trabalhador e honesto. O fim será bem melhor do que antes, podem escrever.

Postagens relacionadas: "Efraim Morais (DEM/PB) é o campeão de nomeações entre os 81 integrantes da Casa", clique aqui.
"Notícias ruins do Senado não mais supreende!", clique aqui.
"Secreto é mais fácil ...", clique aqui.
"Os Senadores que merecemos!", clique aqui.
"Fraude no Senado", clique aqui.
"Novidade: Irregularidade no Senado Federal. Parece que é a primeira!", clique aqui.
"Mas uma no Senado Federal! A punição é simples: ressarcir aos cofres do Senado", clique aqui.
"Revistas: Senador Efraim Morais (DEM/PB) mantinha 52 fantasmas", clique aqui.
"Esse Senado Federal!!!", clique aqui.

Postado originalmente às 19:13 - 08/08/2009.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

4 comentários:

  1. Por falar em PMDB

    Sob condições “normais”, a imolação pública de José Sarney mereceria lautos festins. Acontece que a febre moral da grande imprensa visa apenas desgastar o PMDB governista antes das disputas de 2010. É pura campanha eleitoral.
    As sucursais brasilienses existem há décadas, com repórteres alimentados por centenas de fontes em todos os níveis de poder, e nenhum deles, nenhunzinho, jamais soube de falcatruas operadas por diretores do Senado antes do governo Lula. O Sarney que presidiu a Casa e coordenou a base parlamentar do governo FHC (1995-97) era probo, literato e elegante. E nunca é demais lembrar que Agaciel Maia esteve lá por 14 anos.
    Parece que duvidar da imprensa virou elogio ao coronel maranhense. Sei. Então tá. Proponho o seguinte: aspiremos bons fluídos republicanos, montemos na vassoura ética e investiguemos o PMDB de uma vez por todas. Que tal começar pelo quercismo?
    Sugiro um levantamento dos órgãos e cargos ocupados por peemedebistas na atual gestão paulistana de Gilberto Kassab. Como se sabe, a vice-prefeita, Alda Marco Antônio, foi secretária dos “polêmicos” governos estaduais de Orestes Quércia (1987-90) e Luiz Antônio Fleury (1991-94) – aquele do massacre do Carandiru.
    Alguém pode aproveitar o embalo para escarafunchar também o governo de José Serra, que se aliou a Quércia para vencer a disputa estadual e manter sólida maioria na Assembléia. Não parece razoável que uma aliança dessa envergadura tenha transcorrido sem qualquer, digamos, retribuição. Ora, deve restar alguma irregularidade, mínima que seja, escondida nos milhares de departamentos e incontáveis gabinetes dessas portentosas máquinas administrativas.
    Ops. Cadê o furor investigativo? Agora deu preguiça?

    ResponderExcluir
  2. Olá Guilherme,

    Muito obrigado pela ótima contribuição.

    De fato para a imprensa e a direita (PSDB e DEM) só interessa o Sarney pós Lula. Nada de mexer com o passado.

    Só interessa também investigar o lado governista do PMDB, o lado que estará com Dilma (PT) em 2010.

    Eles só querem a ética no lado onde possam destruir o PT e o governo Lula. Será que o PSDB quer escutar pelo menos uma fumaça de ética no Rio Grande do Sul? E em São Paulo?

    A população não cai nesse tipo de moralidade dos oportunistas, está ciente que muita coisa no Senado e nas casas legislativas estão erradas. Mas também sabem que não nasceram ano passado e muito menos nas mãos do PT e base aliada.

    Esse filho chamado corrupção já está adulto hoje, e sem dúvida teve sua adolescência na época em que FHC (PSDB / PFL (Demos)) estavam no poder. E nada fizeram para enquadra-lo nos devidos comportamentos éticos.

    A população precisa se mobilizar fortemente, e cobrar posturas decentes não só do lado A ou B, precisa ser de todos, nos três âmbitos do poder (federal, estadual e municipal), e não apenas de forma conveniente ao próximo processo eleitoral.

    Políticos honestos não deveria ser exceção, deverá ser regra. Imprensa transparente e democrática não deveria ser exceção, deverá ser regra.

    Confio nos homens e mulheres de bem desse nosso país, sei que paciência tem limite, e ninguém merece trabalhar duro e honestamente, e ficar como bando de otários. Pois os políticos e outros espertalhões acham que podem roubar os nossos impostos, as nossas contribuições, o nosso dinheiro, as verbas públicas, e ficar por isso mesmo.

    Atuação firme e republicana dos Ministérios Públicos, da Polícia Federal, dos cidadãos de bem e teremos um outro quadro de agentes políticos em nossa nação.

    Nós podemos sim renovar e moralizar os políticos de nosso país.

    Abraço fraterno,

    Fábio Rodrigues.

    ResponderExcluir
  3. Grande Fabio Rodrigues, sou leitor assiduo do seu blog, que visito duas vezes por dia impreterivelmente, ainda nao tem seu endereço no meu blog porque ainda estou aprendendo a lidar com ele, brve colocarei. Parabens por suas materias e continue com esse esprito de luta na defesa de sues ideais, que tenho certeza ser em prol de Brasil bem melhor.
    Um forte abraço
    walter mario gois da luz
    vavadaluz

    ResponderExcluir
  4. Mestre Walter,

    Primeiramente queria desejar um forte abraço para toda a família e dizer que guardo com muita gratidão a minha acolhida nos momentos iniciais na cidade do Recife.

    Conheci seu blog pelo orkut das meninas. Sempre visito pelo link que coloquei na seção "Blogs / notícias que indico".

    Não estou com muito tempo para atualizar meu blog, mas estou tentando arrumar.

    Defendo um Brasil melhor, com pessoas melhores, políticos melhores. Verdade, justiça social e mobilização popular.

    Abraço, saúde e paz, o resto nós corre atrás.

    Fábio Rodrigues.

    ResponderExcluir

Clique no link "Postagem(ns) mais antiga(s)" (acima), para continuar lendo nosso blog. E a qualquer momento clique no link "Início" para voltar a página inicial.