28 de mai de 2009

Novidade: Irregularidade no Senado Federal. Parece que é a primeira!

José Sarney (PMDB-AP)

Presidente do Senado reconhece recebimento irregular de auxílio-moradia

José Sarney recebe desde o ano passado mesmo tendo imóvel no DF. Ele mandou cancelar seu benefício e prometeu novas regras.

Por Eduardo Bresciani, do G1

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), admitiu nesta quinta-feira (28) receber de forma irregular auxílio-moradia de R$ 3,8 mil mensais desde o ano passado. Ele disse ter ordenado o cancelamento do pagamento e prometeu debater novas regras para o pagamento do auxílio-moradia em reunião da Mesa Diretora que acontece nesta manhã.

A Mesa também decidiu que os senadores que receberam de forma irregular o benefício de auxílio-moradia terão de devolver o dinheiro. O ressarcimento será feito por meio de desconto na folha de pagamento dos senadores.

Sarney tem residência em Brasília, o que impediria o recebimento do benefício. Seu caso agrava-se ainda pelo fato de que desde fevereiro, por ser presidente da Casa, ele mora na residência oficial do Senado.

No início da semana, ele negou o recebimento em conversa com alguns jornalistas, mas nesta quinta-feira retificou a informação. O presidente do Senado atribuiu o pagamento a algum erro administrativo. Segundo ele, em mais de 30 anos de mandato nunca pediu para receber o benefício.

“Quero pedir desculpas pela informação errada que eu dei. Eu nunca pedi auxílio-moradia, mas por um equívoco, a partir de 2008, me informaram que realmente estava sendo depositado na minha conta o auxílio-moradia. Eu já mandei retirar isso”, afirmou Sarney.

Atualização ás 14:13 - 28/05/2009.

De acordo com a Folha de S. Paulo, outros três senadores vinham recebendo auxílio-moradia de R$ 3.800 mesmo morando em apartamentos funcionais do Senado: João Pedro (PT-AM), Cícero Lucena (PSDB-PB) e Gilberto Gollner (DEM-MT). Após serem procurados pela reportagem, todos pediram o cancelamento do auxílio.

Fonte: Congresso em Foco

Meu comentário:

Até quando os políticos ficarão com essa retórica cínica e vergonhosa de "vou devolver o dinheiro" e que novas regras serão criadas. Parem tudo, façam urgente uma moralização completa no Senado Federal.

E imaginem na Câmara dos Deputados que têm mais de 6 vezes a quantidade de políticos (Senado 81, Câmara 513) será que existe alguma irregularidade.

Alguém têm dúvida?

Esperamos que em 2010 vejamos alguma reação no voto, contra toda essa farra, essa vergonha nacional.


Postagens relacionadas: "Mas uma no Senado Federal! A punição é simples: ressarcir aos cofres do Senado", clique aqui.
"Revistas : Senador Efraim Morais (DEM/PB) mantinha 52 fantasmas", clique aqui.
"Esse Senado Federal!!!", clique aqui.
"Ex-deputado federal critica Efraim (DEM/PB)", clique aqui.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique no link "Postagem(ns) mais antiga(s)" (acima), para continuar lendo nosso blog. E a qualquer momento clique no link "Início" para voltar a página inicial.