31 de jul de 2010

Como Dilma avança nas pesquisas de intenção de voto

Dilma é a candidata do Lula. É 13!

As propostas da candidata da coligação Para o Brasil Seguir Mudando, Dilma Rousseff, têm convencido a maior parte da população, segundo o levantamento realizado pelo Ibope a pedido da TV Globo e do jornal O Estado de S. Paulo. Os dados detalhados apontam a preferência maior entre os homens, em todas as faixas de renda e em quase todas as regiões do país.

Na pesquisa espontânea, quando o entrevistado não recebe uma lista de nomes dos concorrentes, Dilma lidera com oito pontos em relação a Serra: 27% a 19%. Quase metade das pessoas também disse que ela vencerá as eleições. Segundo o Ibope, 47% apostam na vitória de Dilma. Apenas 32% acham que o adversário tucano pode vencer.

Quando os eleitores escolhem sua opção com a lista dos candidatos, Dilma também é a preferida e está cinco pontos percentuais à frente do adversário da direita: 39% a 34%. Marina Silva, do PV, tem 7% das intenções de voto.

Segundo o Ibope, 12% do eleitorado ainda estão indecisos. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais. O Ibope realizou 2.506 entrevistas em 174 municípios de todo o País, entre os dias 26 e 29 de julho.

Dilma tem 11 pontos a mais que José Serra (PSDB) no eleitorado masculino: 44% a 33%. Entre as mulheres, a pesquisa mostra que a petista igualou as intenções de voto do adversário. Agora, ambos têm 35% das intenções do eleitorado feminino. Essa diferença já foi de sete pontos a favor do tucano.

Liderança no Sudeste

Pela primeira vez a pesquisa Ibope aponta vitória de Dilma na região Sudeste, que concentra o maior eleitorado do país: 37% a 35%. É um crescimento de cinco pontos percentuais nessa região em relação ao levantamento passado.

No Nordeste, Dilma ampliou ainda mais sua vantagem em relação ao adversário. No último levantamento, tinha 18 pontos percentuais a mais que o tucano. Agora, essa dianteira é de 24 pontos percentuais (49% a 25%). Os nordestinos dariam a vitória mais ampla a Dilma num possível segundo turno contra Serra: 55% a 32%.

No Norte/Centro-Oeste, houve uma inversão de posições: o tucano liderava por 41% a 33% e agora perde por 40% a 33%. O Sul foi a única região em que o tucano cresceu. Com 46% na região, sua vantagem sobre a adversária passou de sete para 15 pontos.

Serra lidera a rejeição entre os candidatos. Segundo o Ibope, 24% dos entrevistados informaram que jamais votariam no projeto representado pelo tucano.

Renda

Na divisão dos entrevistados por renda, Dilma tem vantagem maior entre os mais pobres, justamente os que mais tiveram benefícios com a geração de empregos e também as políticas sociais do governo Lula. Ela lidera por 38% a 28% entre os eleitores cuja renda familiar é de até um salário mínimo.

Na faixa de renda de cinco salários ou mais, a petista aparece com 40% e o tucano com 36%. A vantagem nessa faixa de renda também demonstra o acerto das políticas do governo Lula para a classe média, que cresceu em 31 milhões de pessoas nos últimos sete anos e meio.


Fonte: Dilma13.com.br



Comente nossas postagens! Com problemas para comentar? (clique aqui)

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Clique no link "Postagem(ns) mais antiga(s)" (acima), para continuar lendo nosso blog. E a qualquer momento clique no link "Início" para voltar a página inicial.