31 de mar de 2010

Mensalão do DEM: Durval diz que “o rolo compressor vem aí”


Além do ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda, e mais nove participantes do esquema de corrupção no governo da capital, que preferiram permanecer calados durante depoimentos à Polícia Federal, ontem e hoje, 30/03, o delator do mensalão do DEM de Brasília, Durval Barbosa, também não quis dar mais informações sobre o esquema à CPI da Corrupção da Câmara Legislativa do DF.

Durante o depoimento concedido aos deputados na Superintendência da Polícia Federal, Durval deixou subentendido que não reconhece a Casa como uma instituição distinta. Com direito a não falar concedido pelo Tribunal de Justiça do DF, o ex-secretário do governo Arruda disse que já prestou mais de 40 depoimentos a “instâncias qualificadas”, como a PF e o Ministério Público.

Porém, Durval ameaçou quem faz parte da “quadrilha”. “Eu nunca tive a intenção de ser herói, em nenhum momento. É grave, é gravíssimo. Quando eu me autoincrimino, estou querendo me colocar numa posição diferente da que eu estava sendo usado. Agora, se eu contrariei algum interesse específico, não tenho culpa. O rolo compressor vem aí, nem começou. Quem tiver sua culpa que assuma. Muita coisa vai acontecer”, afirmou.

Explicando porque tomou a iniciativa de denunciar o mensalão, Durval disse que “não estava aguentando mais os achaques do “seu” Arruda, os achaques do “seu” Paulo Octávio, então tive a iniciativa de me livrar desse mal que estava me corroendo”.


Fonte: Brasília Confidencial



Comente nossas postagens! Com problemas para comentar? (clique aqui)

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


2 comentários:

  1. O DEM não vai eleger nenhum governador esse ano e dificilmente fará uma bancada boa de senadores e deputados federais. Será o partido que mais vai ser condenado pelos demandos com o dinheiro público.

    ResponderExcluir
  2. Sandro,

    De fato o DEM tenderá a sair muito prejudicado com esse escândalo do Mensalão do Arruda no Distrito Federal.

    Não sei se não elegerá nenhum governador, mas que as perdas eleitorais serão grandes, isso vão ser.

    Abraço fraterno,

    Fábio Rodrigues.

    ResponderExcluir

Clique no link "Postagem(ns) mais antiga(s)" (acima), para continuar lendo nosso blog. E a qualquer momento clique no link "Início" para voltar a página inicial.