30 de dez de 2009

Os sapatos de William Bonner

William Bonner, do Jornal Nacional - Globo

Por Sidnei Liberal*, no Portal Vermelho

William Bonner, do Jornal Nacional, costuma dizer que todas as noites sua equipe tenta colocar um elefante dentro de uma caixa de sapatos. Sempre conseguem. Trata-se da configuração do jornal de maior audiência na TV brasileira. Significa que grande quantidade das notícias produzidas é jogada na lata do lixo e outras tantas somente são divulgadas após lapidar edição que envolve a escolha de enquadramentos, incidências e aparas.

Por ficarem de fora, não serão discutidas pelo público: o “lixo”, outros enquadramentos, outras incidências, outras maneiras de ver e de apresentar os temas.

É o que se denomina agendamento (agenda setting), teoria bastante conhecida em todo o mundo por qualquer estudante de comunicação, desde os anos 70, que revela como os meios de comunicação determinam a pauta (agenda) para a opinião pública. Ou seja, resolvem o que e de que forma – de que ângulo, de que ponto de vista, sob que aspecto ou profundidade – nós, indefesos leitores/ouvintes, devemos discutir a história de cada dia. Pois, para muitos, o que não deu no Jornal Nacional, a caixa de sapatos de Bonner, não aconteceu.

Tem-se no agendamento o instrumento de impor ao leitor/ouvinte uma carga de opiniões político-ideológicas ou culturais que interessam às instâncias de poder vinculadas aos donos do veículo de comunicação. Dito de outra forma, a linha ideológica nasce de modo “espontâneo”, das necessidades dos profissionais da comunicação de manter uma relação de boa convivência e conforto em seus postos de trabalho. Ou seja, a linha ideológica da notícia nasce não só do perfil intelectual e cultural do jornalista, de suas relações e afinidades ou do seu compromisso social, mas também e sobretudo do tipo de (in)dependência profissional com seu veículo empregador.

De qualquer forma, para a unanimidade dos estudiosos não há isenção na produção de qualquer matéria jornalística, mesmo a que não é rotulada como opinativa. E assim, o ouvinte/leitor recebe o “benefício” do agenda setting para não precisar pensar. Já na década de 20, dizia o Estadão: “Um verdadeiro jornal constitui para o público uma verdadeira bênção. Dispensa-o de formar opiniões e formular ideias. Dá-lhes já feitas e polidas, todos os dias, sem disfarces e sem enfeites, lisas, claras e puras” (Editorial do O Estado de São Paulo, de 14/01/1928).

Pode-se inferir então que um mergulho no “lixo” e nas aparas, e um exame por ângulos e critérios ideológicos diversos no noticiário jornalístico, certamente produziriam caixas de sapatos diferentes da de Bonner. Um mergulho e um exame que serão facultados a qualquer ouvinte/leitor quando o veículo de comunicação lhe oferecer os diversos ângulos e a totalidade dos fatos, para que exerça criticamente sua análise e sua escolha. Será, enfim, a oportunidade de poder formar sua opinião, sua versão dos fatos.

Para que isso aconteça, a sociedade precisa se dar conta de que existe um direito que a Constituição lhe garante: o Direito à Informação. Informação em sua integralidade, que permita acesso a uma leitura crítica, personalizada, liberta das amarras opinativas unidirecionais viciadas. Democraticamente aberta a múltiplas interpretações e juízos. Múltiplas caixas de sapatos...

Um novo olhar

Uma amostragem do que “não aconteceu” (o lixo e as aparas do Bonner) pode ser vista no noticiário dos últimos dias:

Na última quinta-feira (24/12), o prestigiado jornal francês Le Monde (clique aqui e acesse) escolheu o presidente Luiz Inácio Lula da Silva como "o homem do ano de 2009. Por seu sucesso à frente de um país tão complexo como o Brasil, por sua preocupação com o desenvolvimento econômico, com a luta contra as desigualdades e com a defesa do meio-ambiente”.

Poucos dias antes, Lula foi escolhido pelo jornal espanhol El País (clique aqui e acesse) a primeira das cem personalidades mais importantes do mundo ibero-americano em 2009. Com direto a foto de capa inteira e perfil assinado pelo próprio primeiro-ministro da Espanha, José Luis Zapatero. "Homem que assombra o mundo", "completo e tenaz", “por quem sinto uma profunda admiração", escreveu o premiê espanhol.

Neste dia 29 de dezembro, o jornal britânico Financial Times (clique aqui e acesse) escolheu o presidente brasileiro como uma das 50 personalidades que moldaram a última década, porque “é o líder mais popular da história do Brasil”. “Charme e habilidade política... baixa inflação... programas eficientes de transferência de rendas...", diz o jornal.

Há nestas notícias da imprensa internacional o reflexo de um novo dia, de um novo tempo de novos sonhos. Um novo olhar do mundo sobre o Brasil. No entanto, para o leitor/ouvinte dos nossos jornalões, simplesmente nada disso aconteceu.

* Médico, membro da Direção do PCdoB – DF

Postagem relacionada: "Willian Bonner bate boca com professor da Católica em palestra no Recife", clique aqui.


Comente nossas postagens!

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Quero Dilma - PT !


Crédito: Daniel Pearl
Do Blog da Dilma


Clique aqui e acesse todos os vídeos publicados em nosso blog.


Comente nossas postagens!

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

29 de dez de 2009

O bom debate para Paraíba 2010 (XV)

Ricardo Coutinho (PSB) x José Maranhão (PMDB)

Por Fábio Rodrigues

O que está acontecendo recentemente no cenário político nos remete a seguinte indagação: "Tem alguma pesquisa na mesa em que Ricardo está muito na frente?". Pois os humores não estão muito tranquilos.

Como já foi visto, tem deputado que até ficou propondo a reaproximação do PMDB com o PSB. Tivemos também outro pedindo para Ricardo sair candidato a Senador. E por último conseguiram um vídeo em que o Mago não trata de forma cordial o companheiro Deputado Federal Luiz Couto.

Será isso desespero pelo bom desempenho de Ricardo, mesmo estando tão longe das eleições 2010? Alguma coisa "nova" está incomodando os mandatários de plantão?

A Paraíba caminha para uma nova perspectiva de desenvolvimento. O povo já escolheu que quer um projeto vanguardista, de fato gerador de qualidade de vida para toda a população.

Isto posto, os que não querem aceitar essa nova lógica administrativa insistem em querer diminuir essa corrente popular que emerge com muita força. Inclusive chegam a ser um pouco arrogantes quando dizem que não temem um, dois, ou dez candidatos adversários. O problema não é a quantidade de candidaturas, mas como essas são "geradas".

Quem vai ganhar a eleição não é quem conseguir apenas apoio de mais prefeitos e deputados, mas sim quem conseguir conquistar mentes e corações dos paraibanos cansados dessa forma ultrapassada de fazer política, dessa briga de duas correntes que sempre estiveram no poder no Estado, a briga do poder pelo poder, e que resultou nesse péssimo desenvolvimento econômico e social na Paraíba. 2011 surgirá uma "nova" Paraíba!


Postagem relacionada: "O bom debate para Paraíba 2010 (XIV)", clique aqui.



Comente nossas postagens!

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Programa do PT: Lula X FHC



Postado originalmente às 00:13 - 11/12/2009.



Comente nossas postagens!

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

28 de dez de 2009

Confecom termina com avanços históricos para a democratização das comunicações


A 1ª Conferência Nacional de Comunicação (Confecom) chegou ao fim na quinta-feira (17) com vitórias em avanços históricos para os movimentos que lutam pela democratização do setor.

Entre as resoluções aprovadas, está a aplicação dos recursos do Fust (Fundo para Universalização do Serviço de Telefonia) em programas de extensão da internet banda larga para todo o país, priorizando as regiões afastadas dos grandes centros e a população de baixa renda.

Também foram aprovados textos que prevêem fiscalização mais rígida e novos critérios para concessão e renovação de canais de rádio e TV, tais como regionalização da programação e maior espaço às produções nacionais e independentes.

Na área de veículos impressos, uma das resoluções especifica qie os Correios devam entrar no mercado de distribuição, acabando com o monopólio da área, hoje em mãos da Dinap, ligado à Editora Abril.

A garantia da democratização das verbas publicitárias oficiais foi outra grande vitória obtida pelos movimentos que lutam para que os recursos públicos cheguem também aios veículos regionais e alternativos.

O segmento de rádios comunitárias igualmente saiu da Confecom com grande parte de suas reivindicações atendidas, incluindo o fim da criminalização e da repressão a esses veículos, bem, como a anistia aos processados e condenados e indenização por equipamentos apreendidos.

Outra importante resolução aprovada sugere que seja reduzido de 30% para 10% o limite para participação estrangeira em empresas brasileiras de comunicação.

O consenso em torno de dezenas de propostas fez com que muitas deles fossem aprovadas diretamente nos grupos de trabalho, sem necessidade de votação pela plenária final.

Entre elas estão a que prevê a criação do Conselho Nacional de Comunicação Social, bem como de conselhos estaduais e municipais. Essas instâncias, com representantes de toda a sociedade, exercerão um papel permanente de formulação de políticas públicas e fiscalização.

Foi aprovada ainda a exigência da formação profissional para o exercício do Jornalismo, a elaboração de um Código de Ética para a profissão, a criação do Conselho Federal de Jornalismo e a possibilidade de o jornalista se recusar a escrever uma matéria alegando "cláusula de consciência" – bandeiras antigas da categoria.

A garantia da continuidade das discussões foi dada pela resolução que institucionalizou a Confecom, de maneira que ela seja obrigatoriamente realizada a cada dois anos.

Todo o processo de construção da Conferência e de votação das propostas foi marcado pela busca permanente do consenso entre os movimentos sociais, o poder público e os setores empresárias que não boicotaram o encontro e não se negaram a discutir o tema.

A tensão natural entre os interesses divergentes de cada setor foi aos poucos se desfazendo ao longo dos quatro dias de debates, avanço que, na opinião unânime dos participantes, se caracterizou como a maior vitória de todo o processo.

As dezenas de resoluções aprovadas na Confecom agora seguem para apreciação do governo federal e, em muitos casos, dependem de votação no Congresso Nacional para serem efetivamente colocadas em prática.

Fonte: Portal PT

Postagens relacionadas: "Confecom terá acompanhamento de mais de 300 jornalistas", clique aqui.
"Os desafios da Conferência Nacional de Comunicação", clique aqui.


Comente nossas postagens!

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

27 de dez de 2009

O DEM, ex-PFL, é corrupto?

Rodrigo Maia (DEM-RJ), Agripino Maia (DEM-RN)
e José Arruda (DEM-DF) - Será que são éticos?


Por Fábio Rodrigues

Que o DEM é o partido que mais bate no PT e no Governo Lula isso todo mundo sabe. Quem não lembra que o ACM Neto (DEM-BA) chegou a dizer que "daria uma surra no Presidente Lula". Agripino Maia (DEM-RN) é outro ferrenho opositor ao Governo do PT.

E agora ACM Neto, e agora Agripino Maia? O que vocês vão fazer com o único governador que vocês tem no partido, José Arruda (DEM-DF)? Vão expulsá-lo e dizer que isso foi um desvio de conduta e não é a prática cotidiana do modo de governar dos Democratas. Arruda já disse que caso seja expulso vai abrir a boca e contar todos os "podres" do DEM e aliados! (clique aqui e acesse matéria). Será que os Democratas é tão ético assim mesmo, ou é um partido corrupto? Será que o Democratas vai mesmo ter coragem de expulsar Arruda. Envie um e-mail para o Deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) perguntando qual o posicionamento dele e do partido Dep.RodrigoMaia@camara.gov.br .

Nunca é demais lembrar que o DEM é casado com o PSDB desde sua fundação, sempre esteve do seu lado e o modo de governar dos dois são "idênticos", ou seja, capitalista, neoliberal e privatista. Será que o PSDB vai pedir a "separação"? Em outubro de 2008 saiu uma matéria que previa uma possível chapa para eleições presidenciais de 2010 - Serra - Presidente, Arruda - Vice-presidente (
clique aqui e acesse).

Tivemos o caso de corrupção do Detran no Rio Grande do Sul, governado por Yeda Crusius (PSDB-RS), e o DEM foi até o pivó da crise. E nada deu para Yeda, nada mesmo! Será que no Distrito Federal será do mesmo modo, sem punição alguma?

Alguns podem até perguntar: "E o mensalão de Lula?". Ai respondo fazendo outra pergunta: "Vocês viram algum vídeo do mensalão do PT, e do caso do DEM?". Um foi ilação (PT) e o outro é fato (DEM).








Que ver todos os vídeos dessa vergonha nacional, clique aqui.

O interessante que estou vendo nos noticiários de hoje é que as chamadas são da seguinte forma: "Novos vídeos do mensalão do Distrito Federal". Que forma mais vergonhosa de tratamento diferenciado. Lembra como era no caso do PT: "Mensalão do PT". Então as TVs deveriam colocar assim: "Novos vídeos do mensalão Democratas".

Votem em nossa nova enquete: "Destino de Arruda (DEM-DF)?".


Postagens relacionadas: "CPI da Corrupção divulga novas escutas sobre esquema fraudulento no Detran do RS", clique aqui.
"Serra e PSDB defendem "princípios éticos" de Yeda Crusius",
clique aqui.

Matérias relacionadas: "Vídeo: líder de FHC quando mentia no Senado",
clique aqui.
"Senado pode fazer CPI sobre corrupção no Distrito Federal",
clique aqui.
"Arruda seria o vice de Serra, segundo a Folha (*)",
clique aqui.
"Pivô das denúncias envolve PSDB no "mensalão do DEM"",
clique aqui.
"Nos jornais: Durval envolve PSDB no mensalão do DEM",
clique aqui.

Postado originalmente às 13:40 - 01/12/2009.


Comente nossas postagens!

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

26 de dez de 2009

UOL: Monitor de escândalos no Congresso 2009




Ano que vem talvez você vai precisar para escolher seus candidatos!


Comente nossas postagens!

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Será que FHC e Serra gostaram?

Presidente Lula (PT)

'Le Monde' escolhe Lula como 'homem do ano 2009'

É a primeira vez que jornal faz homenagem a personalidades. Também neste mês, presidente foi homenageado pelo 'El País'.

Do G1, com informações da Globo News

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi eleito o "homem do ano 2009" pelo jornal francês 'Le Monde'. É a primeira vez que o veículo decide conferir a honraria a uma personalidade, como já ocorre uma vez por ano em publicações como a revista americana 'Time'. No começo do mês, o jornal espanhol 'El País' também concedeu a Lula a mesma homenagem.

Em uma reportagem que ocupa a capa e quatro páginas da revista semanal do jornal, a publicação francesa diz que Lula mudou a cara da América Latina e transformou o Brasil em uma potência. O jornal ressalta ainda seu histórico de sindicalista, sua luta contra as desigualdades e a defesa do meio ambiente.

Entretanto, a publicação desta quinta-feira (24) cita os recentes escândalos de corrupção, casos de nepotismo e a desigualdade no país.

Em seu site, o jornal afirma que para avaliar quem seria seu primeiro homenageado em 65 anos de história decidiu abordar personalidades com contribuições positivas no cenário mundial. O nome do presidente americano chegou a ser cotado, conforme explica o texto. Entretanto, a publicação afirma que Barack Obama foi mais merecedor do título em 2008 do que em 2009.


Comente nossas postagens!

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

25 de dez de 2009

Natal. Fim de Ano... Consulte a Inteligência Universal!!


Por Mauro Nunes*

para o Blog do Fábio Rodrigues

É tempo de Reflexão e Meditação! É Tempo de Marcar Encontro com Deus, de consultar a inteligência universal e se integrar com a mente cósmica. É tempo de encontrá-lo além da fé. De compreender a sua inteligência. E de ter a convicção de que Ele é a fonte de todo impulso de amor, beleza e verdade. Medite, abra as portas da mente cósmica e encontre-se com Deus!

É tempo de refletir a vida. O momento sugere vontade e disposição para fazer o que deveria ser uma mantra de todas as horas e todos os instantes da nossa vida: avaliar nossa atitude e comportamento reações diante das mudanças que nos rodeiam, das pessoas que nos cercam e do impacto e influência recebida.

Mais uma vez estamos diante do desafio de renovar permanente nossa postura e estar sempres vigilante. Pois, como sabemos, para o mal seja feito, basta que os bons não façam nada!

Cada vez nos servimos menos da inteligência natural e mais importância damos ao racionalismo. Que só aceita o que se passa pela razão e os cinco sentidos. Há como que uma atitude preconceituosa quanto aos sentimentos, a intuição, e a ordem espiritual. Estamos mais próximo da matéria e mais distante da espiritualidade.

O século passado, da ciência, foi também o século do maior distanciamento entre técnica e religiosidade. A tecnologia avançou, como nunca em qualquer época da humanidade, e o espírito recuou. Valores foram invertidos e a sabedoria perdeu terreno para a esperteza.

Entramos em um quadrado quando abandonamos a terra. A terra cultivada passou a ser menos importante como meio de sobrevivência e fonte geradora de alimentos. As famílias abandonaram os campos. Deixaram de sentir o sol como energia e de se encantar com a amplitude das noites enluaradas. Perderam o costume das novenas e o saudável hábito da salutar convivência com os vizinhos. Correram a engrossar o congestionamento urbano e viajaram a procura das rendas que as terras abandonadas deixaram de oferecer.

Entramos em um quadrado com a era da industrialização. A pesquisa tecnológica evoluiu em velocidade não planejada. A máquina se sobrepôs ao homem. As pessoas passaram a ser menos importante que carros. Observe a batalha de todos os dias entre motoristas e pedestres. As máquinas substituíram pessoas.

As cidades incharam, as famílias se desintegraram, cresceu o exército de desempregados e desesperados. As periferias urbanas foram ocupadas pelos excedentes vindo dos campos, sem oportunidades nas cidades. As rendas para os necessitados foram reduzidas ou passaram a inexistir.

Entramos em um quadrado com a criação de demandas acima da nossa capacidade de absorção. O esforço para acompanhar a evolução da tecnologia passou a ser a agenda de todos os dias. O estímulo ao consumo desenfreado é de tal prioridade que as relações familiares foram reformuladas.

É cada vez menor o momento de convivência com as pessoas que deveriam se amar e serem amadas. Os esgotamentos físicos e mentais, inexistentes há quarenta ou cinqüenta anos, passou a ser considerado natural da rotina e até elogiado a quem o tem, embora mate.

As informações sobre as mudanças no mundo e o que elas fazem com a nossa vida passaram a ser servidas em bombardeios diuturnos e contínuos. E pouco é o tempo disponibilizado para usufruto dos resultados obtidos pelo esforço agonizante de cada um.

Esse diagnóstico, embora seja lugar-comum, representa, aqui e neste momento, o início de uma reflexão com o propósito de repensar o sentido da mudança e a mudança de sentido em nossas vidas.

Estamos embriagados pela mensagem mecânica do racionalismo científico e a lógica dos sentidos. Fomos ensinados a só aceitar como verdadeiro o que passa pelos cinco sentidos e a razão. E pelo raciocínio lógico, indutivo e dedutivo. Lampejos de lucidez, entretanto, sinalizam a vontade de mudar, de rever valores, de redefinir conceitos, de promover um rearranjo com o todo - com o Universo e com Deus. Então, vamos sair do quadrado!?

Prá não dizer que não falei de flores

FELIZ NATAL 2009

Abraços Cordiais
Mauro Nunes
Esteja com a Energia de Deus, sempre!

* Consultor de Estratégias empresariais e governamentais. Facilitador de Cursos de Gestão Estratégica.
Contribuições aos Sistemas Sebrae Unimed e O Boticário. Professor universitário, Diretor de Estratégias do Sebrae Nacional. Co-autor do Plano de Prioridades para as MPEmpresas brasileiras. Membro do movimento que criou o Sistema Nordeste de Apoio às MPE. Missão propositva de políticas de apoio aos pequenos negócios em Angola. Fundador da Institução (NAI), uma das inspiradoras da criação do Sebrae.

Postagem relacionada: "Bom Governante é ...", clique aqui.


Comente nossas postagens!

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

22 de dez de 2009

Você já viu nossos anúncios no Orkut?

Clique na figura acima para ampliar



Postagem relacionada: "Você já viu nossos anúncios no Bob Flash?", clique aqui.



Comente nossas postagens!

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Secretário-geral do PSDB descarta Aécio como vice de Serra


Por Rayder Bragon, no UOL Notícias
Em Belo Horizonte


O secretário-geral do PSDB, deputado federal Rodrigo de Castro, um dos políticos mais próximos do governador de Minas Gerais, Aécio Neves, voltou a reiterar nesta segunda-feira (21) que não existe a possibilidade de o mineiro sair como vice em chapa encabeçada pelo colega de partido José Serra, governador de São Paulo.

"O governador Aécio Neves tem dito reiteradamente para a imprensa, tem dito para os companheiros do PSDB e, tem dito para nós, seus aliados, que não cogita essa hipótese nem discute essa hipótese conosco", disse.

A declaração foi dada após encontro de Castro com Aécio no Palácio da Liberdade, sede oficial do governo. O governador, mais uma vez, preferiu silenciar sobre suas próximas ações. Especula-se que o caminho mais natural será a sua candidatura ao Senado.

Hoje mais cedo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou não apostar que o PSDB consiga unir Serra e Aécio em uma mesma chapa à Presidência no ano que vem. "Não sei se dois Coutinhos, dois Tostões.....se saem bem no mesmo time", avaliou Lula durante café da manhã com jornalistas.

O governador José Serra retrucou. "Quando um jogador é muito bom, dá para duplicar, encontra um jeito de se arrumar no campo", disse o tucano.

Na semana passada, Aécio anunciou, em carta endereçada ao presidente da legenda, senador Sérgio Guerra, e lida para a imprensa, que havia desistido de concorrer com Serra à indicação do partido para disputar a sucessão presidencial, em 2010.

Seu principal argumento para sair de cena era o fato de considerar que o adiamento para março do ano que vem do nome da sigla para concorrer ao Planalto, defendido por Serra, não possibilitaria ao partido compor alianças com as demais agremiações.

De concreto no cenário político do governador, apenas o indicativo de que ele vai tentar fazer o seu sucessor - no caso, o vice Antonio Anastasia. Com esse intuito, ele começou a peregrinação pelo Estado: no último sábado (19), foi a Setubinha (500 km de Belo Horizonte) e Bonito de Minas (650 km de Belo Horizonte), acompanhado de Anastasia, para inaugurar obras. Na ocasião, o tucano rechaçou, mais uma vez, a intenção de ser vice de Serra.



Comente nossas postagens!

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Serra/FHC (PSDB) - Será essa a chapa puro-sangue?

Será que Aécio (PSDB-MG) desistiu por pressão?
Serra - Presidente e FHC - Vice-Presidente?


Postagens relacionadas: "Os dez estragos de FHC na Petrobras", clique aqui.
"Programa do PT: Lula X FHC", clique aqui.
"E agora José?", clique aqui.
"O bom debate para o Brasil 2010 (VIII)", clique aqui.
"Berzoini rebate critica da oposição contra filme de Lula: "Que façam um sobre FHC"", clique aqui.
"FHC e o Saudosismo Oligárquico", clique aqui.
"Lula ganha de "400 a zero" do governo FHC, diz Dilma", clique aqui.
"O Brasil não é mais FHC...", clique aqui.



Comente nossas postagens!

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

20 de dez de 2009

Será ela a vice de Serra (PSDB-SP)?




Comente nossas postagens!

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

19 de dez de 2009

Escândalo sem-fim

José Arruda (ex-DEM-DF)


Por Leandro Fortes, na Carta Capital

Quando vieram à tona os vídeos da corrupção da turma do panetone, próceres do DEM, o ex-PFL, disseram a jornalistas que o partido não se comportaria como os demais e puniria duramente os envolvidos no episódio, inclusive o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda. Era mais um belo conto de Natal. A expulsão sumária, defendida por uma parcela da legenda, virou um processo investigatório de dez dias. O prazo acabou estendido por tempo indeterminado até se transformar na solução de praxe nesses casos: na quinta-feira 10, “premido pelas circunstâncias”, Arruda anunciou seu desligamento e acabou com o constrangimento do DEM de ter de expulsar seu único governador eleito.

Talvez seja esta, no momento, a melhor notícia para os ex-pefelistas, mas não necessariamente para Arruda. A violência da polícia do Distrito Federal contra os manifestantes que protestavam no Eixo Monumental, a principal via de Brasília, revelou o quanto anda insustentável a situação do governador. Enquanto reprimia a cassetetes e gás lacrimogêneo os protestos, Arruda tentava em vão deter os processos de impeachment em curso na Câmara Distrital.

Sem contar na nova onda de denúncias. Segundo apurou CartaCapital, o Ministério Público e a Polícia Federal miram agora irregularidades cometidas na Secretaria de Educação. As ramificações dessa apuração podem chegar ao governo paulista do tucano José Serra.

Principal ponto de contato entre Arruda e Serra, o setor em Brasília foi dominado, nos últimos três anos, por dois prepostos do deputado federal e ex-ministro Paulo Renato Souza, atual secretário de Educação de São Paulo. Juntos, os ex-secretários Maria Helena de Castro e José Luiz Valente emplacaram 503 milhões de reais em contratos sem licitação entre 2007 e 2009.

Somente agora, graças à ação da PF e do Superior Tribunal de Justiça (STJ), foi possível mapear as ligações entre os contratos da Secretaria de Educação do Distrito Federal e as empresas envolvidas no esquema de propinas e pagamentos de subornos a deputados distritais da base política de Arruda.

O ponto de partida dessa investigação foi a menção, no inquérito da Operação Caixa de Pandora, do nome do empresário Nelson Lawall, gravado em uma conversa por Durval Barbosa. Em uma das fitas do ex-secretário de Relações Institucionais de Arruda, feita sob monitoramento da PF, o empresário reclama dos altos valores das propinas cobradas por operadores do esquema do governo do DEM.

Lawall é dono da empresa Juiz de Fora Serviços Gerais, velha conhecida do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF). Contratada pela Secretaria de Educação em 2000, durante o governo de Joaquim Roriz (ex-PMDB, atual PSC), a Juiz de Fora foi uma das estrelas da CPI da Educação da Câmara Legislativa do DF entre 2005 e 2006, por conta de diversos contratos feitos sem licitação. Ainda assim, em novembro de 2006, no apagar das luzes do mandato-tampão da ex-governadora Maria de Lourdes Abadia (PSDB), ex-vice de Roriz, o contrato com Lawall foi renovado, mais uma vez com dispensa de licitação.

Os investigadores acreditam na existência de um acordo de financiamento ilegal de campanha em 2006, cuja contrapartida de Arruda seria garantir um fluxo permanente de recursos à Juiz de Fora Serviços Gerais. De fato, a partir da gestão da secretária Maria Helena de Castro, em 2007, foram injetados 33 milhões de reais na empresa de Lawall, por meio de uma ação administrativa baseada em duas fontes pagadoras, expediente que iria se repetir em quase todos os pagamentos da Secretaria de Educação em diversos contratos, a maioria sem licitação dali por diante.

Em 2007, para a Juiz de Fora, 22 milhões de reais vieram do orçamento da secretaria, e 11 milhões de reais do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), recurso federal repassado pelo Ministério da Educação. Nomeada por Arruda em 1º de janeiro daquele ano, a secretária Maria Helena deixou o governo distrital seis meses depois, em 11 de julho, para assumir o mesmo cargo no governo Serra. Ficou no posto em São Paulo por oito meses, até ser substituída por Paulo Renato, seu ex-chefe no Ministério da Educação nos tempos de Fernando Henrique Cardoso.

Embora tenha nomeado Maria Helena, Arruda fez questão de colocar na secretaria um homem de confiança, Gibrail Nabih Gebrim, para ser o gestor do contrato com a Juiz de Fora. Menos de um ano antes, Gebrim havia sido indiciado pela CPI da Educação. Sua “especialidade”, concluiu a CPI, era “fabricar emergências” e assim justificar contratos sem licitação. À época, quem ocupava o cargo de secretária de Educação era Eurides Brito, hoje deputada, flagrada em um vídeo a enfiar sofregamente maços de dinheiro em uma enorme bolsa de couro. O Tribunal de Contas chegou a sugerir que Gebrim fosse proibido de ocupar qualquer cargo comissionado no governo distrital, mas Arruda ignorou a decisão.

Maria Helena de Castro acabou substituída por outro ex-funcionário de Paulo Renato no MEC, José Luiz Valente, afastado recentemente da Secretaria de Educação após Barbosa acusá-lo de receber 60 mil reais de propina para beneficiar empresas ligadas ao esquema de corrupção. Em 2008, com Valente no cargo, a empresa de Lawall recebeu mais 36 milhões de reais, dos quais 21 milhões de reais oriundos do caixa da Secretaria de Educação, e 15 milhões de reais do Fundeb.

Em 2009, a sangria continuou em ritmo acelerado. Até deixar o cargo, há duas semanas, Valente havia autorizado o pagamento de mais 34 milhões de reais à empresa (24 milhões de reais do orçamento e 10 milhões de reais do Fundeb). Ao todo, a Juiz de Fora levou, até agora, 103 milhões de reais do governo do DEM. O contrato milionário firmado entre a Secretaria de Educação com o inconformado pagador de propinas gravado por Durval Barbosa, no entanto, está longe de ser o único.

Levantamento feito a partir do Siggo, o Sistema Integrado de Gerenciamento Governamental, pelo qual autoridades locais e deputados distritais podem acompanhar os gastos da administração do Distrito Federal, revelam contratos da Secretaria de Educação com mais três empresas suspeitas, todas investigadas pela Operação Caixa de Pandora. Uma delas, a Linknet, recebeu 183 milhões de reais, graças a sucessivos contratos feitos, sem licitação, na área de informática. Outra, a Info Educacional, levou 15 milhões de reais. E, finalmente, o Instituto Sangari, dono de um contrato de 289 milhões de reais.

A participação da Linknet na Secretaria de Educação serviu apenas para reforçar a posição de Gilberto Lucena, dono da empresa, dentro do esquema de corrupção. Lucena aparece em um dos últimos vídeos gravados por Barbosa em 2009 também a reclamar dos porcentuais cobrados nas propinas. Aproveita para incriminar o vice-governador, Paulo Octávio Pereira. Ao longo da gravação, o empresário afirma que Paulo Octávio recebe 30% de comissão sobre os contratos e acusa Arruda de ser “amigo do capeta”. Aponta ainda outros dois auxiliares do governador como beneficiários de propinas, o corregedor Roberto Giffoni e o secretário de Planejamento, Ricardo Pena.

Em 2007, a Linknet recebeu 15,5 milhões de reais em contratos firmados com as secretarias de Educação e Planejamento. No ano seguinte, dos 77 milhões de reais recebidos do GDF, 1,8 milhão de reais vieram do Fundeb. Em 2009, outros 77,5 milhões foram destinados à empresa de Lucena, sempre sem licitação, dos quais 1 milhão de reais oriundos do Fundeb.

Tratamento semelhante foi dispensado à Info Educacional. O contrato foi estipulado- em 11,9 milhões de reais para serviços de aquisição de tecnologia nas áreas de língua portuguesa e matemática, inclusive com acesso a licenças permanentes de uso de softwares. Embora seja um contrato de três anos, a contar de dezembro de 2008, o governo Arruda já pagou à Info Educacional quase 15 milhões de reais – 3 milhões de reais acima do valor estipulado para todo o período do contrato.

Já o Instituto Sangari conseguiu fechar um negócio invejável com o governo do DEM: tornou-se o responsável pela implantação do projeto Ciência em Foco, voltado para o ensino de ciências naturais nas escolas públicas de ensino fundamental e médio. Orçado em 289 milhões de reais, o contrato foi colocado sob suspeita no inquérito da Polícia Federal. Em depoimento à PF e ao Ministério Público Federal, Barbosa afirmou que, em contrapartida ao apoio financeiro durante a campanha de 2006, Arruda teria prometido ao empresário Ben Sangari, dono do instituto, implantar o Ciência em Foco.

Implantado em 2008, o projeto logo chamou a atenção do Tribunal de Contas distrital por causa dos altos valores envolvidos. Na avaliação feita por conselheiros do tribunal, não apenas o preço cobrado pelo Sangari foi considerado alto demais. Segundo o relatório, não era de boa qualidade o material didático fornecido pelo instituto. Mas foi mesmo o custo do Ciência em Foco que saltou aos olhos, quase no mesmo patamar de programas nacionais do MEC. Entre eles, o de distribuição de livros didáticos por todo o País, em 2009, orçado em 302 milhões de reais. Ou seja, apenas 3 milhões de reais mais caro que o projeto do governo do DEM, aplicado apenas no Distrito Federal.

De acordo com o assessor de imprensa da Secretaria de Educação, João Alberto Ferreira, o projeto Ciência em Foco nunca foi investigado, mas apenas auditado pelo Tribunal de Contas, que teria feito recomendações de aprimoramento. Segundo ele, as recomendações foram acatadas. O assessor informa que o projeto atende 311 mil estudantes em 525 escolas, com aplicação prevista de cinco anos. Ferreira alega que uma licitação chegou a ser feita em 2007, mas o processo fracassou por falta de qualificação dos concorrentes. Por essa razão, explica o assessor, a secretaria decidiu contratar o Instituto Sangari, “única empresa a se apresentar que atendia plenamente ao projeto básico”.

Sobre o contrato com a Info Educacional, Ferreira argumentou que a escolha foi feita a partir de pregão eletrônico, em 21 de julho de 2008. O valor inicial do contrato, de 11,9 milhões de reais, segundo ele, sofreu um aditivo de 25% (foi para cerca de 15 milhões de reais), porque o número de escolas a serem atendidas pulou de 173 para 216. Detalhe: o aditivo foi aprovado apenas dez dias depois da assinatura do projeto original. No caso da Linknet, a quem o governo Arruda pagou 183 milhões de reais, Ferreira afirma ter sido uma contratação da central de compras subordinada ao secretário de Planejamento. “Nós apenas aderimos. Não temos nada a ver com a execução”, informou o assessor.

A renovação do contrato com a Juiz de Fora Serviços Gerais em 2006, diz Ferreira, é de responsabilidade do ex-governador Joaquim Roriz. A partir de 2007, no governo Arruda, informa o assessor, iniciou-se um processo licitatório que foi suspenso e revogado pelo Tribunal de Contas. “Com essa suspensão, para garantir o funcionamento das instituições educacionais, a Secretaria de Educação realizou um contrato emergencial”. Outra licitação foi aberta em 2008, mas novamente suspensa. Apenas em setembro, quando os boatos sobre uma ação da PF começaram a circular, o processo foi concluído sem surpresas: a vencedora foi a empresa de Lawall.

Postagens relacionadas: "DF: Os protestos continuam ...", clique aqui.
""O Democratas, de forma covarde e traiçoeira, não teve o mesmo comportamento com fatos semelhantes" - Alberto Fraga (DEM-DF)", clique aqui.
"Será que o DEM teria coragem de expulsar Arruda?", clique aqui.
"Olhem qual o bom exemplo para o PSDB!", clique aqui.


Comente nossas postagens!

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

18 de dez de 2009

Combate ao desmatamento no Brasil



A redução do desmatamento na Amazônia é a maior contribuição do Brasil para combater as mudanças do clima. Em 2009, a área desmatada atingiu o menor nível dos últimos 21 anos

Fonte: Governo Federal


Comente nossas postagens!

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

17 de dez de 2009

Banco de Boas Práticas - Juventude e Políticas Públicas de Juventude


Por Germana Barros
para o Blog do Fábio Rodrigues

O INFOJOVEM ( http://www.InfoJovem.org.br ) é um Portal, desenvolvido pela Universidade da Juventude ( http://www.UniversidadedaJuventude.org.br ), em parceria com o Instituto Empreender e apoiado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, cujo foco é a promoção das políticas e programas com ênfase no público jovem, em suas organizações e nas entidades e governos que trabalhem com esse público.

O Portal INFOJOVEM pretende oferecer serviços específicos, disponibilizando links para organizações e parcerias, espaços de interatividade, notícias e oportunidades (trabalho, cursos, bolsas, programas, etc.), um banco de dados sobre juventude, com pesquisas e publicações e ainda disponibilizar informações para juventude em torno de temáticas transversais: criatividade, educação, participação, cultura de paz, relações internacionais, saúde, trabalho, entre outros.

Com o objetivo de proporcionar ao público em geral o acesso a boas práticas relacionadas à Juventude e às Políticas Públicas de Juventude, e colaborar para a divulgação de experiências bem sucedidas, o INFOJOVEM convoca você, organização juvenil, grupo juvenil, rede de jovens, organização que desenvolve trabalhos com a juventude, entidades governamentais, enfim, todos que tenham uma boa experiência sobre a temática em questão para compartilhá-la através do Portal.

Para participar, divulgando sua experiência, preencha os dados abaixo (ver o exemplo abaixo) e envie, por e-mail, para os contatos: germana@unijuv.org.br e joyce@unijuv.org.br , com o título “Banco de Boas Práticas”.

· Organização / Grupo / Rede

· Área de Atuação da Organização / Grupo / Rede

· Relator(a) da Experiência

· Título do Projeto/Programa

· Principais Objetivos do Projeto/Programa

· Descrição do Projeto/Programa

· Resultados Alcançados

· Outras Observações (se necessário)

· Contatos (Site/Blog – E-mail – Telefone)

Exemplo:

Organização
Universidade da Juventude - UNIJUV

Área de Atuação da Organização
Nacional

Relatora da Experiência
Germana B. Rodrigues – Colaboradora da UNIJUV

Título do Projeto
Juventude e Cidadania Ativa

Principais Objetivos

Objetivo Geral:

- Promover a cidadania ativa onde o jovem seja reconhecido como ator relevante na construção do desenvolvimento econômico, social, político e cultural no Estado de Pernambuco.

Objetivos Específicos:

- Fortalecer as capacidades individuais e institucionais com ênfase para a ação coletiva das jovens lideranças e dos atores envolvidos na elaboração, na implementação, e monitoramento de políticas, planos, estratégias e programas de juventude em todos os níveis de governo;

- Apoiar as formas de participação tradicionais e inovadoras e garantir seu impacto na Agenda Pública dos municípios, possibilitando o contato com os participantes das redes sociais e políticas existentes e ativas na área da juventude;

- Empoderar, de forma contundente, as ações de associações locais de jovens para fortalecer sua participação no desenvolvimento de políticas públicas adequadas (democráticas, transparente, eficientes e justas) que redundem em beneficio econômico, social, educacional ou cultural para toda a sociedade.

Descrição do Projeto

O Curso Juventude e Cidadania Ativa surgiu ao se perceber a necessidade do fortalecimento da juventude brasileira, e do seu reconhecimento como um relevante agente estratégico no desenvolvimento da sociedade.

O projeto foi idealizado para o fortalecimento das lideranças juvenis, através da promoção da cidadania ativa em seus municípios, na realização de oficinas locais com jovens de diferentes organizações e movimentos. Buscando trabalhar seus desejos e inquietações de mundo, articulação de atividades coletivas no exercício da cidadania ativa, a partir de um olhar estratégico e procurando promover o diálogo com os diversos atores do seu município, impulsionado assim a melhoria da qualidade de vida da população local.

O Curso Juventude e Cidadania Ativa se desenvolveu em três etapas principais:

I. Formação de Facilitadores Presencial

II. Formação de Facilitadores Virtual

III. Multiplicação pelos Facilitadores.

Resultados Alcançados
- Capacitação de lideranças juvenis de Pernambuco para a promoção da cidadania para serem reconhecidos como atores relevantes na construção da sua comunidade;

- Formação de facilitadores juvenis para serem multiplicadores da temática cidadania ativa em seus municípios;

- Fortalecimento das capacidades das lideranças juvenis nos municípios, em cidadania ativa com ênfase para a ação coletiva no contexto da elaboração, implementação, e monitoramento de políticas, planos, estratégias e programas de juventude;

- Apoio às formas de participação tradicionais e inovadoras dos jovens para garantir seu impacto na Agenda Pública dos municípios, como vista nas ações geradas após as oficinas;

- Empoderamento dos jovens nas ações locais de juventude, fortalecendo sua participação no desenvolvimento de PPJ local que redunde em benefício econômico, social, educacional ou cultural no município;

- Criação da Rede de Promoção da Cidadania Ativa no Brasil http://e-cidadania.ning.com/ como resultado do projeto

Outras Observações
Parceria: Secretaria Especial de Juventude e Emprego do Estado de Pernambuco

Contatos:
Av. Manuel Borba, 339, Boa Vista – Recife – PE. CEP- 50070-000

Site: http://www.UniversidadedaJuventude.org.br




Telefone: (81) 3423.1878


Maiores informações através dos contatos:

germana@unijuv.org.br

joyce@unijuv.org.br

Telefone: (81) 3423.1878

www.InfoJovem.org.br



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Serra (PSDB-SP) e Kassab (DEM-SP) privatizam sistema de arrecadação bilionária

Gilberto Kassab (DEM-SP) e José Serra (PSDB-SP)

No dia 5 de janeiro, a partir das 10 horas, a secretaria de Transportes do Governo José Serra (PSDB) abrirá os envelopes da concorrência aberta para escolher a empresa privada que vai explorar o sistema de arrecadação centralizado das estatais de transporte público paulistas – Companhia do Metropolitano (Metrô) e Companhia Paulista de Trens Metropolitano (CPTM) – mais a paulistana São Paulo Transporte (SPTrans). O projeto prevê ainda a inclusão dos ônibus intermunicipais operados pela Empresa Metropolitana de Transporte Urbano (EMTU).

Patrocinada pelo governador José Serra e pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), a terceirização do sistema de arrecadação do transporte público transferirá a um concessionário do setor privado a administração de aproximadamente R$ 4,6 bilhões por ano, pagos ao Metrô, à CPTM e à SPTrans por um público equivalente a quatro bilhões de passageiros da capital paulista e de cidades da Região Metropolitana.

Em troca do direito de administrar aquela fortuna, a vencedora da licitação terá que investir R$ 310 milhões e indenizar a Prefeitura em R$ 200 milhões pela implantação do Bilhete Único. Quase seis anos depois de ter sua implantação iniciada pelo Governo Marta Suplicy (PT), em 2004, o Bilhete Único ainda é um projeto executado apenas parcialmente. Hoje ele serve aos passageiros de ônibus e do metrô, mas não beneficia os usuários dos trens da CPTM.

Oposição dos Trabalhadores

O Fórum em Defesa dos Transportes Públicos e Contra as Privatizações, formado por dirigentes da CUT e de outras centrais trabalhistas, reconhece a necessidade de integrar a forma de pagamento das tarifas do transporte público para facilitar a mobilidade da população paulista. Mas é contra a privatização do sistema de arrecadação, prevê que o futuro concessionário será um banco do setor privado e quer que os governos estadual e municipal suspendam o processo.

“Acreditamos que seja necessário facilitar a mobilidade dos cidadãos, integrando a forma de pagamento das tarifas do transporte público. Porém, também é unânime a contrariedade quanto à entrega deste serviço para a iniciativa privada”, afirma Flavio Godói, diretor do Sindicato dos Metroviários e integrante do Fórum.

Ele estima que, entre outros efeitos, a terceirização vai provocar demissões nas estatais de transporte.

“Não conseguimos dimensionar ainda o impacto da privatização. Mas ela certamente cortará funcionários efetivos das bilheterias e de todas as áreas de arrecadação”, diz Godói.

Fonte: Brasília Confidencial


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

"A explosão da Blogosfera" - Presidente Lula (PT)




Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

14 de dez de 2009

Confecom terá acompanhamento de mais de 300 jornalistas


Mais de 300 profissionais de imprensa de todo o país cobrirão a 1ª Conferência Nacional de Comunicação (1ª Confecom), de 14 a 17 de dezembro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, que tem como tema central “Comunicação: meios para a construção de direitos e de cidadania na era digital”. A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) montou uma grande estrutura para o evento, mobilizando a TV Brasil, a televisão a cabo NBR, oito emissoras de rádio e a Agência Brasil de notícias.

A conferência inédita, que se desenvolve em torno de três eixos temáticos – Produção de conteúdos, Meios de distribuição e Cidadania:direitos e deveres – , atraiu a atenção de jornais, revistas, sites, portais, agências de notícia, rádios, emissoras de televisão, assessorias e mídia comunitária.

Além de jornalistas dos meios de comunicação tradicionais, a 1ª Confecom receberá cerca de 60 comunicadores comunitários, que atuam em rádios, TVs e agências espalhadas pelo país. Uma tenda será montada do lado de fora do Centro de Convenções, com dois telões e rede wireless, para atender ainda a um público não credenciado, mas ligado à área de comunicação, como estudantes e blogueiros.

A TV Brasil (www.TVBrasil.org.br) e a Agência Brasil (www.AgenciaBrasil.gov.br) preparam uma cobertura intensa, com pelo menos 10 jornalistas em cada um dos dias da Confecom. Serão produzidas reportagens para os telejornais, e o Repórter Brasil, principal telejornal da emissora, promoverá debates todos os dias sobre os temas da conferência.

“Queremos passar ao telespectador a importância das comunicações, através do debate dos diferentes pontos de vista sobre o tema”, diz Eduardo Castro, gerente executivo de jornalismo da EBC.

A NBR transmitirá a Confecom ao vivo, desde a abertura, que será feita pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 14, até a Plenária Final, no dia 17. O sinal estará à disposição de qualquer emissora que tenha interesse em pegar as imagens. A NBR também será responsável pela transmissão da conferência pela Internet, através do sítio oficial da Confecom (www.Confecom.com.br) e em seu próprio sítio: www.ebcservicos.ebc.com.br/veiculos/nbr/nbr-aovivo .

Para esta cobertura, a NBR mobilizou 50 pessoas, entre técnicos e jornalistas. “Teremos um estúdio montado no Centro de Convenções para produzir entrevistas e boletins para os programas da grade e os telejornais”, afirma José Roberto Garcez, superintendente de Rede e Diretor de Serviços da EBC.

A programação da NBR é transmitida para mais de mil emissoras em todo o país, públicas e privadas, o que possibilitará um grande acesso da sociedade brasileira aos debates da Confecom. O sinal da NBR também pode ser captado por antenas parabólicas (veja abaixo os parâmetros para captá-la).

As emissoras de rádio da EBC farão uma cobertura especial da Confecom, com a realização de mesa redonda e entrevistas diretamente do Centro de Convenções, de terça a quinta-feira, entre 9h30 e 10h e das 16h às 16h30.

As rádios da EBC estão envolvidas com a 1ª Confecom desde as conferências estaduais que precederam a Conferência Nacional, e além de programas, mesas redondas e documentários produzidos, veiculam spots de 40 a 50 segundos com representantes dos segmentos que compõem a Conferência: sociedade civil, sociedade civil empresarial e poder público.

“Nossa proposta é permitir ao ouvinte participar da discussão e fazer o seu juízo de valor sobre um tema importante como a comunicação”, comenta Cristina Guimarães, gerente da Rádio Nacional, de Brasília, cabeça de rede da transmissão da Confecom.

A Associação de Rádios Públicas do Brasil (Arpub) também terá produção especialmente voltada para a Confecom, com equipe multiprofissional de diferentes emissoras públicas. A transmissão da Arpub será de terça a quinta-feira, de 18 às 18h30. As transmissões da EBC e da Arpub estarão disponíveis via satélite no mesmo canal da Voz do Brasil, que é transmitida para mais de 4 mil rádios do país.

No sítio da Radioagência Nacional (www.ebc.com/radioagencia), agência de rádio na Internet, há um link para acessar matérias, entrevistas e sonoras das equipes da EBC na Confecom. O dowload é livre e gratuito.

Seguem abaixo os parâmetros para assistir a NBR por parabólica:

Cidades que captam o sinal da NBR pela NET:
12 - Anápolis - GO
02 - Belo Horizonte - MG
19 - Blumenau - SC
13 - Brasília - DF
06 - Campinas - SP
09 - Campo Grande - MS
19 - Florianópolis - SC
10 - Goiânia – GO

15 - Indaiatuba - SP
06 - Porto Alegre - RS
07 - Ribeirão Preto - SP
04 - Rio de Janeiro - RJ
14 - Santos - SP
07 - São José do Rio Preto - SP
05 - São Paulo – SP

SKY:
Canal 146

OiTV:
696 - Rio de Janeiro

Recepção Digital de Satélite (Antena Parabólica):
Satélite: Star One C2
Posição Orbital do Satélite: 70°W
Polarização: Horizontal
Frequência: 3632
Padrão: DVB-S
SYMBOL RATE: 4.6875
FEC 3/4
PID DE VÍDEO: 0308
PID DE ÁUDIO: 0256
PID DE PCR: 8190

Recepção Analógica de Satélite (Antena Parabólica):
Satélite: Star One C2
Posição Orbital do Satélite: 70°W
Freq.: 4030
Banda L : 1120
Polarização : Vertical

Fonte: site da Confecom


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Ler devia ser proibido!


Aproveitamos para divulgar o Portal Domínio Público do Governo Federal, para aqueles que não aceita essa proibição.



Biblioteca Digital desenvolvida em software livre.

Visite e divulgue:

http://www.DominioPublico.gov.br



Postado originalmente às 22:13 - 29/05/2009.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

13 de dez de 2009

Basta de Violência Contra as Mulheres!


A Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180 – funciona 24 horas por dia, de segunda à domingo, inclusive feriados. A ligação é gratuita e o atendimento é de âmbito nacional.

Atendimento qualificado – A Central funciona com atendentes capacitadas em questões de gênero, nas políticas do Governo Federal para as mulheres, nas orientações sobre o enfrentamento à violência contra a mulher e, principalmente, na forma de receber a denúncia e acolher as mulheres. Utilizam um banco de dados com mais de 260 perguntas e respostas elaboradas com base nas informações disponíveis na Secretaria Especial de Políticas para Mulheres (SPM) e em todas as denúncias já recebidas por sua Ouvidoria. A capacitação das atendentes foi desenvolvida em parceria com o Instituto Patrícia Galvão, de São Paulo.

A criação da Central atende a uma antiga demanda dos movimentos feministas e de mulheres e de todos aqueles que atuam no contexto de mulheres em situação de violência. Além de encaminhar os casos para os serviços especializados, a Central fornecerá orientações e alternativas para que a mulher se proteja do agressor. Ela será informada sobre seus direitos legais, os tipos de estabelecimentos que poderá procurar, conforme o caso, dentre eles as delegacias de atendimento especializado à mulher, defensorias públicas, postos de saúde, instituto médico legal para casos de estupro, centros de referência, casas abrigo e outros mecanismos de promoção de defesa de direitos da mulher.

As beneficiárias diretas desse serviço serão as mulheres, mas o enfrentamento à violência contra a mulher repercute positivamente sobre toda a sociedade. Com a Central de Atendimento, todas as mulheres poderão receber atenção adequada quando em situação de violência, sem nenhuma exposição, pois o sigilo é absoluto e a identificação será opcional. Mas não só as mulheres que podem acionar os serviços. Homens que queiram fazer denúncias de casos de violência contra a mulher serão bem acolhidos.

A Central de Atendimento à Mulher é uma parceria da Secretaria Especial de Políticas para Mulheres (SPM) e as empresas Embratel, Eletronorte, Eletrobrás, Furnas e do Disque Denúncia do Rio de Janeiro.

Fonte: Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

PF indicia vice-governador do PSDB de SC por corrupção

Por Josias de Souza, no seu Blog

O vice-governador de Santa Catarina, Leonel Pavan (PSDB) foi indiciado pela Polícia Federal. Deu-se no âmbito de uma operação chamada Transparência.

Pavan é acusado de três crimes: corrupção passiva, advocacia administrativa e quebra de sigilo funcional. Ele nega que os tenha cometido.

Segundo a PF, o vice-governador teria participado de negociação que visava reabilitar a inscrição estadual de uma empresa junto ao fisco catarinense.

Chama-se Arrows Petróleo do Brasil. É sediada no Rio de Janeiro. Deve cerca de R$ 12 milhões em tributos. Por isso tivera a inscrição cancelada.

Além de Pavan, a PF indiciou quatro servidores públicos e dois empresários, representantes da Arrows em Santa Catarina.

A encrenca vai às manchetes às vésperas de Pavan herdar o governo de Santa Catarina do titular Luiz Henrique (PMDB).

Candidato ao Senado, o governador decidiu licenciar-se do cargo para fazer campanha. Marcara sua saída para janeiro.

Em entrevista sobre o caso, o superintendente local da PF, Ademar Stocker, disse que há “provas consistentes” de que “houve corrupção”.

Afirma chegou a ser feito um pagamento de R$ 100 mil em troca do arquivamento do processo que corria contra a Arrows no fisco.

Segundo o delegado Stocker, o malfeito só não foi consumado “porque houve resistência de bons servidores”.

O superintendente da PF esquivou-se de mencionar os nomes dos envolvidos (assista a um trecho da entrevista lá no alto).

Alegou que o inquérito corre em segredo de Justiça. A investigação foi concluída há dois dias. O relatório final da PF seguiu para o Tribunal de Justiça do Estado.

Dali, a pepelada desceu às mãos do procurador-geral de Justiça de Santa Catarina, Gercino Gomes Neto, a quem cabe oferecer ou não denúncia contra os indiciados.

Embora a PF tenha sonegado os nomes, eles vazaram. O advogado de Pavan, Claudio Gastão da Rosa Filho, chiou.

Ele lamentou por ter tomado conhecimento do indiciamento de seu cliente por meio da imprensa. Lembrou que o caso corre sob segredo judicial.

Considerou “muito estranho que essa investigação venha à tona às vésperas de ele [Pavan] assumir o governo”.

Em manifestação que fizera antes do indicamento, Pavan dissera: “Estão me fazendo sangrar politicamente”.

Ele diz ser inocente. Alega que sempre recebeu empresários, prefeitos e contribuintes que o procuram para pedir encaminhamento de processos.

Acha que isso não configura advocacia administrativa. Reconhece que tratou do pedido da Arrows. Porém...

Porém, sustenta que se afastou do caso tão logo soube que se tratava de uma empresa punida por sonegação fiscal e adulteração de combustíveis.

De resto, Pavan declara: “Não houve fato consumado. A inscrição [da empresa] não foi concedida”.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

12 de dez de 2009

Blogueiro da “Veja” frauda e inverte comentário

O blog atacado injustamente


Por Brizola Neto, no seu Blog

É estarrecedora a entrevista do jornalista Augusto Nunes, da Veja (clique aqui e acesse sua coluna), ao Viomundo, blog de Luís Carlos Azenha (clique aqui e acesse a entrevista completa). Nunes foi acusado por um comentarista de inverter os termos de um comentário. O comentário era ofensivo a Nunes, foi publicado com ofensas ao “Blog da Dilma”.

Era assim:

Clique na figura para ampliar

E foi publicado assim:


A manipulação foi incrivelmente confirmada pelo próprio Augusto Nunes, veja:

- O que o cara espera, que eu vá publicar insultos a mim?

– Imaginei que simplesmente suprimisse esses comentários.

– É o que eu faço. Mas o cara insiste. Manda dez vezes. Para não perder mais tempo, eu encerro o assunto. Assim pára. Ele está à vontade para mandar o original para onde quiser, para ver se alguém publica. São sempre impublicáveis em qualquer jornal de família.

– Mas o sentido do saiu publicado é totalmente oposto do que ele teria enviado…

– É só para ele parar. Eu nunca edito nada publicável. Mas o sujeito começa a fazer provocação, encher o saco, aí ele é tratado como merece.

– Mas é ruim editar, não é Augusto?

– É péssimo publicar o que ele quer que eu publique.

– Você poderia simplesmente vetar, não acha?

– Mas ele fica te escrevendo dez vezes, te chamando, com por perdão da palavra, de filho da puta, escroto, sacana, o que acha que eu devo fazer?

– O prazer dele é que eu leia. Eu jogo segundo as armas dos caras. Eles escolhem. Se querem partir para a sacanagem, é comigo mesmo.

– Mas ficou tão invertido o sentido… É como se ele estivesse fazendo uma crítica ao blog da Dilma.

– Exatamente. Aí, ele parou. Ele pode mandar para onde ele quiser. Quero ver se ele manda a íntegra do que mandou para cá. É linguagem de esgoto. De cortiço. Aí, aqui, não sai, não.

Os alguns dos poucos comentaristas deste modesto blog já disseram poucas e boas de mim. Ou não respondo, ou esclareço. Cortei, até hoje, apenas quatro comentários, dos quase quatro mil publicados. E sempre comuniquei isso no próprio blog. Dois, por fazerem apologia da pedofilia. Dois, porque um era uma ofensa grosseira e de natureza sexual contra outro comentarista e outro a resposta. Creio que ambos viram que tinham exagerado.

Quando a gente escolhe dizer o que quer dizer, está sujeito a ouvir o que não quer. É da essência deste meio e todos sabem que comentários ofensivos podem ser cortados. Eu próprio já critiquei, aqui, o tal “Blog da Dilma”, que não é da Dilma, por poder dar a impressão de que é ela que fala através dele, e não é.

Mas isso de modificar e inverter um comentário e assina-lo com o nome do autor e idéias opostas ao que escreveu, francamente… Falar em ética depois de fazer isso é o fim da picada.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo
Clique no link "Postagem(ns) mais antiga(s)" (acima), para continuar lendo nosso blog. E a qualquer momento clique no link "Início" para voltar a página inicial.