30 de set de 2009

Paraíba: PT realizará debates com candidatos a Presidente


O processo de eleições diretas (PED) do PT vai chegar a um dos momentos mais quentes da campanha. É que a partir do dia 17 de outubro iniciam os debates entre os candidatos à presidência do partido. Segundo o secretário de organização do PT/PB, Jackson Macedo, os três principais candidatos: Luiz Couto, Rodrigo Soares e Nabal Quarto se enfrentarão em quatro debates, que já estão agendados e ocorrerão em quatro cidades pólos.

De acordo com a programação deliberada pelo partido, o primeiro debate será no dia 17 de outubro, na cidade de Pombal, às 10 h, no auditório da Rádio Maringá. O segundo será em Guarabira, às 14 h, na Câmara Municipal. O terceiro debate acontecerá na segunda maior cidade do estado, Campina Grande, no dia 7 de novembro, no auditório da Associação Campinense de Imprensa (ACI), às 14 horas. Já o último encontro dos candidatos ocorrerá em João Pessoa, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no dia 13 de novembro.

“Esses debates vão dar oportunidade aos militantes e a população em geral de avaliar o pensamento e as propostas de cada candidato a presidente do PT em relação aos rumos do partido e a defesa de um projeto político para nosso estado. Esperamos a participação dos candidatos e também dos militantes e simpatizantes do PT, para juntos promovermos o debate saudável e democrático, que é a marca do nosso partido”, enfatizou Macedo.

Programação:

Processo de Eleições Diretas do PT PB / PED PT 2009.


Debates entre os candidatos a Presidente Estadual

Cidade Dia Hora Local
Pombal - 17/10 (Sábado)- 10h - Auditório da Rádio Maringá
Guarabira - 24/10 (Sábado)- 14h - Câmara Municipal
Campina Grande - 07/11 (Sábado)- 14h - Auditorio da ACI
João Pessoa - 13/11 (Sexta) - 19h - Auditório da OAB


Nº Candidatos a Presidente
300 - Nabal Quarto
381 - Luiz Couto
383 - Rodrigo Soares


Jackson Macêdo.
Secretário de Organização do PT PB.
Comissão Eleitoral do PED 2009.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

O menino revolucionário de Honduras


Por Marco Bahé, no Acerto de Contas

Para vocês terem uma idéia de como está o clima de radicalização em Honduras. O menino do vídeo acima é Oscar David Montesinos, de apenas 10 anos. Segundo a descrição das imagens, domingo passado, ele fez esse discurso num show que reuniu milhares de pessoas em Tegucigalpa. A palavra mais amena que usou contra Roberto Micheletti foi assassino.

Como disse nosso amigo Rodolfo Cabral (obrigado pelo envio do vídeo), “com mais uns dez meninos desses se faz uma revolução”.

Mas alguma coisa está errada quando se colocam crianças na linha de frente de processos políticos perigosos como como o que acontece agora em Honduras. Crianças já viraram soldados no Vietnan e no Afeganistão. Ainda o são por toda a África em guerra e boa parte do Oriente Próximo.



O discurso do menino Oscar me lembrou outro discurso. A de uma socialista mirim, nos braços do presidente venezuelano Hugo Chávez (segundo vídeo). Foi usada à exaustão como propaganda pró-chavista. A oposição usou o mesmo vídeo para dizer que Chávez fazia lavagem cerebral en los ninõs.

Postagens relacionadas: "Honduras decreta censura por 45 dias", clique aqui.
"O mais popular do mundo - "Lula X Micheletti" - O menos popular do mundo", clique aqui.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

29 de set de 2009

Renovação política. Um ato de cidadania.


Por Fábio Rodrigues

Para não ficarmos muito perdidos no tempo é válido ressaltar que a democracia brasileira é muito nova e ainda está precisando de uma consolidação maior. Retomamos o Estado Democrático em 1985, ou seja, apenas 24 anos.

A alternância de poder é sem dúvida uma evolução da democracia participativa. Durante o tempo que participei do movimento estudantil na UFPE defendi que a permuta de pessoas no poder é salutar para a instituição e para a coletividade. Ninguém tem o direito de achar que é insubstituível, que o outro não conseguirá desempenhar as atividades da mesma forma ou até da melhor forma. A mudança quebra as possíveis teias da corrupção, quebra o marasmo, oxigena as instituições, incentiva o bom debate.

Defendi também a participação da mulher na frente das decisões coletivas. Na sucessão de nossa primeira gestão no Diretório Acadêmico de Administração (DAAD) fomos os vanguardistas em colocar a primeira Presidente do DAAD uma menina. Não só tivemos a ideia e a vontade de fazer, fomos lá e fizemos.

Isto posto, para dar uma levantada num tema bastante vigente, acredito que a renovação política se faz necessário nesse péssimo cenário de representação parlamentar que vivemos atualmente. Muitos políticos de plantão só pensam em levar vantagem em tudo. Corrupção, clientelismo, patrimonialismo, nepotismo, mordomias, carteiradas, licitações superfaturadas, caixa 2, compra de votos, abuso do poder econômico, são estas mazelas que muitos agentes públicos possuem e já incorporaram no seu DNA.

Para mudar essa situação precisamos da união dos cidadãos, mobilização social e atitude para fazer surgir novas lideranças populares. Precisamos incentivar nossos familiares, vizinhos, amigos, colegas que tenham ideias novas e vontade de fazer da política uma fonte de transformação da sociedade a entrarem num partido e se candidatar a um cargo público.

Pessoas que não mais aguenta tanta roubalheira, tanta cretinice, tanta imoralidade. Estão de fato indignadas e precisam sair da inércia e se filiar a um partido político. Você tem o prazo até o dia 2 de outubro de 2009 (sexta-feira) para se filiar e ter direito a concorrer nas eleições de 2010. Procure um partido e faça acontecer, não espere apenas nos outros a transformação que você quer ver no seu Estado ou no seu País. Seja sujeito dessa mudança.

Ou você quer ficando apenas esculhambando os políticos na sala de estar assistindo o noticiário policial? Você vai deixar que apenas oportunistas e aproveitadores sejam os seus representantes e ganhem muito bem para trabalhar com interesses obscuros?

Como bem disse o Presidente Lula: "Você serão os políticos de amanhã. Em vez de desanimarem quando vocês virem na televisão roubalheira, notícias de deputados, de senadores, em vez de desanimarem na buscas de um político perfeito, vocês têm que entrar na política, porque o político perfeito que vocês querem pode não estar em mim, mas pode estar dentro de vocês. Então, assumam a responsabilidade pelo destino deste país”.

Para você ser candidato verifique as condições de elegibilidade:

Constituição Federal 1998 Art. 14:

§ 3º - São condições de elegibilidade, na forma da lei:
I - a nacionalidade brasileira;
II - o pleno exercício dos direitos políticos;
III - o alistamento eleitoral;
IV - o domicílio eleitoral na circunscrição;
V - a filiação partidária;
VI - a idade mínima de:
a) trinta e cinco anos para Presidente e Vice-Presidente da República e Senador;
b) trinta anos para Governador e Vice-Governador de Estado e do Distrito Federal;
c) vinte e um anos para Deputado Federal, Deputado Estadual ou Distrital, Prefeito, Vice-Prefeito e juiz de paz;
d) dezoito anos para Vereador.

§ 4º - São inelegíveis os inalistáveis e os analfabetos.




Você vai renovar o mandato do Deputado Estadual, Deputado Federal, Senador e Governador do seu Estado?

Postado originalmente às 23:13 - 20/09/2009.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

28 de set de 2009

O bom debate para Paraíba 2010 (X)

Ricardo (PSB-PB) e Cássio (PSDB-PB)

Por Fábio Rodrigues

Nos últimos dias muitas foram as conversas e pouco as conclusões definitivas. Muitas insinuações, especulações e boatos. De concreto só temos que Ricardo Coutinho (PSB), queira ou não os pessimistas, começa a ganhar musculatura, na pré-candidatura claro. Faltando mais de um ano para eleição conseguimos visualizar de forma bastante clara que será o novo administrador do Estado da Paraíba.

O partido que seria o fiel da balança na disputa do governo estadual, principalmente no 2º turno, pensa tornar-se aliado já no 1º turno. Esse partido é o PSDB. Porém, para não levar uma lavagem de votos de Dilma (PT), busca-se manter um palanque mínimo para Serra (PSDB). Mesmo com essa estratégia, vai ser difícil Serra conseguir uma votação considerável no Nordeste. O povo pobre, que representa 2/3 da população nordestina, não vive mais no "coronelismo", isso já foi demonstrado na eleição de 2006.

Voltando para o cenário estadual, fico surpreso com essa aproximação quase que definitiva de Cássio com Ricardo. Esse espanto não é só meu, acredito que algumas pessoas devem está se perguntando uma hora dessa: E como fica a coerência política? Será que Cássio fará isso com Cícero?

Tenho em mente que confirmado a chapa Ricardo Governador e Cássio Senador, e outro Senador ainda a decidir para fechar o trio, principalmente o povo da cidade de João Pessoa vai pesar em votar no Mago. Sei que Ricardo tentará convencer a população dizendo que a forma de governo não será a adotada por Cássio durante sua passagem no Governo do Estado, será uma forma "nova". No entanto, será que o povo conseguirá ler essa mensagem que tentará diferenciar o modo Ricardista de governar e o modo Cassista de governar?

Não obstante, como ficaria a outra vaga para Senador? Será que Couto desistiria da sua candidatura ao Senado? E Efraim? E Ney? E Thompson Mariz? Pense numa confusão danada.

Enfim, sei que posso está indo contra a corrente, mas não acredito na junção de Ricardo com Cássio já no 1º turno, de modo formal, pois seria "ruim" para Ricardo, pois João Pessoa não ficaria muito feliz, e seria "ruim" para Cássio, pois poderia ser "condenado" pelo abandono da candidatura de Cícero. E você concorda com essa "união" de Ricardo e Cássio?


Postagem relacionada: "O bom debate para Paraíba 2010 (IX)", clique aqui.

Postado originalmente às 22:13 - 27/09/2009.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Lula diz que contrato entre Petrobras e PDVSA será assinado em outubro

Eduardo e Lula

Por Nielmar de Oliveira, enviado especial da EBC
na Agência Brasil

Isla Margarita (Venezuela) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva informou hoje (27), na Isla Margarita, na Venezuela, que o contrato societário entre a Petrobras e a petrolífera venezuelana PDVSA já está concluído e será assinado em meados de outubro, provavelmente dia 16 ou 17, quando o presidente brasileiro retorna à Venezuela para um encontro bilateral com o presidente Hugo Chávez.

Mais cedo, o presidente Lula adiantou que o contrato seria assinado ainda na tarde de hoje, quando os dois presidentes deveriam, entre outros assuntos, revisar a agenda bilateral. O encontro, no entanto, foi adiado a pedido do presidente Lula que alegou cansaço, uma vez que vem de uma semana desgastante encerrada com o encontro dos países do G20, nos Estados Unidos.
"Então eu pedi para ele adiar [a assinatura]. E quando eu for lá, mais ou menos a partir do dia 16, 17, quando vai ter a primeira colheita da soja que a Embrapa veio aqui à Venezuela ajudar a plantar, será assinado o nosso acordo da refinaria Abreu e Lima".

A Refinaria Abreu e Lima vai processar 230 mil barris de petróleo por dia, dos quais 50% de cada país. O valor da obra, inicialmente previsto em US$ 4 bilhões, ainda está sendo reavaliado e será divulgado quando forem concluídas as licitações. A Petrobras informou que já investiu cerca de R$ 3,5 bilhões no empreendimento.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Honduras decreta censura por 45 dias


O governo de fato de Honduras decretou na noite de ontem, sábado, restrições aos meios de comunicação, pelo prazo de 45 dias, para se evitar incentivos à rebelião, informou um funcionário hondurenho neste domingo.

O funcionário, que pediu para não ser identificado, disse à AFP que "já são conhecidos" os meios que estão incitando à insurreição contra as atuais autoridades, no poder após o golpe que derrubou o presidente Manuel Zelaya, em 28 de junho passado.

O decreto visa especialmente a rádio Globo e o canal 36 de TV, ambos de Tegucigalpa, dois veículos claramente identificados com a Frente de Resistência ao Golpe de Estado, e que defendem o retorno de Zelaya à presidência.

Zelaya, que está abrigado na embaixada do Brasil em Tegucigalpa, denunciou que "estão restringindo as liberdades de movimento, expressão de pensamento, organização e reunião". "Todas estas liberdades que são uma conquista da humanidade ao longo dos séculos".

Segundo o presidente deposto, a medida também autoriza o Exército e a Polícia a deter qualquer pessoa suspeita de realizar atividades políticas ou que circule em via pública durante o horário do toque de recolher imposto pelo governo.

Os toques de recolher são adotados diariamente pelo governo de fato.

on/LR

Retirado: Último Segundo - AFP



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

10 mil rádios num portal


Por Renato Rovai, no seu Blog

Estou em Pernambuco, participando da 1ª Conferência Livre da Comunicação para a Cultura. É uma iniciativa do Ministério da Cultura, da Secretaria de Cidadania Cultura, liderada pelo Célio Turino. Estão reunidos muitos dos 80 dos Pontos de Mídia Livre premiados recentemente e alguns Pontos de Cultura que trabalham com comunicação.

Estou na coordenação de um dos GTs: “Mídias Livres no contexto de web social: políticas para o setor”. E ontem à tarde debatemos uma proposta que acabo de discutir com o José Sóter, coordenador nacional da Abraço, entidade das rádios comunitárias. E ele topou avançar na sua construção. Algo muito animador.

A proposta é a seguinte: lutar para que o governo crie um portal público onde possamos, se houver interesse, colocar até 10 mil rádios comunitárias no ar. Seria um portal das rádios comunitárias, o que as colocaria num outro patamar, mais global.

De São Paulo, por exemplo, poderíamos ouvir uma rádio dos índios Xavantes ou da comunidade de um bairro do Crato, no Ceará.

Isso não diminuiria a luta por concessões de rádio. Ao contrário, daria mais visibilidade ao conjunto dos midialivristas que atuam no segmento.

Imagine uma possibilidade: há um conflito de sem-terras no Pará e você quer saber ao vivo o que está acontecendo. Você vai a esse portal e localiza a cidade onde o evento está acontecendo e sintoniza as rádios comunitárias de lá. Muito provavelmente uma estará transmitindo ao vivo o caso. E você não ficaria refém da versão que a TV Globo vai dar ao episódio. Isso daria uma enorme força ao midialivrismo.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

27 de set de 2009

O mais popular do mundo - "Lula X Micheletti" - O menos popular do mundo

Zelaya e Lula

Lula afirma que Brasil não acata ultimato de golpista

Por Nielmar de Oliveira, enviado especial da EBC

na Agência Brasil

Isla Margarita (Venezuela) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje (27) que não acata o ultimato do governo de Honduras para que o Brasil defina em dez dias a situação do presidente deposto Manuel Zelaya, que encontra-se abrigado na embaixada brasileira. "Primeiro, o governo brasileiro não acata ultimato de um golpista e nem reconhece Micheletti Roberto Micheletti, presidente interino de Honduras como um governo interino. Não sei por que o editor de vocês pediu para vocês falarem em governo interino, uma vez que a palavra correta é golpista, usurpadores de poder, essa é a palavra correta, e o governo brasileiro não negocia com eles", afirmou o presidente, que está na Venezuela para a 2ª Cúpula América do Sul-África.

Segundo Lula, quem tem que negociar com Micheletti é a Organização dos Estados Americanos (OEA), assim como o Conselho de Segurança das Nações Unidas, e não o Brasil.

"Portanto, este caso, para mim, estará encerrado na medida em que houve a decisão por unanimidade da OEA, como foi a decisão do Conselho de Segurança das Nações Unidas. Então o Brasil não tem que conversar com estes senhores que usurparam o poder. Se a ONU ou a OEA fizerem um pedido ao Brasil, poderemos simplesmente acatar esse pedido, mas não desses senhores", afirmou o presidente.

O presidente Lula negou que jornalistas brasileiros estejam impedidos de entrar na embaixada de Honduras. "Essa noticia não procede. Ontem (sábado) nós conversamos com a embaixada em Honduras, e hoje eu conversei com o embaixador Celso Amorim ministro das Relações Exteriores , e eu não sei de onde saiu esta noticia, que não procede".

Lula disse que poucas vezes na história houve tanto consenso de repúdio a um governo como está havendo agora em Honduras. "É toda a América do Sul, toda a América Latina, toda a Europa e os Estados Unidos. É toda a África e a Ásia. Não tem um único governo no mundo defendendo este golpista".

O presidente informou que o embaixador Celso Amorim ligou para a embaixada brasileira Honduras e pediu ao presidente deposto Manuel Zelaya para não fazer incitações. "Que se ele quiser falar com os jornais, que fale, mas sem fazer incitações. Porque evidentemente que se ele extrapolar nós vamos falar que não é politicamente correto ficar utilizando a embaixada para incitação a qualquer coisa além do espaço democrático que nós estamos dando para ele".

O presidente Lula já embarcou de volta para Brasília.

Postagem relacionada: "O mundo exige o retorno da Democracia em Honduras. Já!", clique aqui.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Senadores queimam em três meses combustível suficiente para rodar 18 anos


Foram mais de R$ 330 mil gastos em postos de gasolina apenas de junho a agosto

Por Thiago Faria e Andréia Sadi, do R7

Imagine quanto um táxi em São Paulo, a maior cidade do país, roda em média por dia e quanto ele gasta de combustível. É bastante, certo? Então saiba que o Senado gastou de junho a agosto combustível suficiente para que este mesmo táxi rodasse por 18 anos.

O cálculo feito pelo R7 teve como base apenas o que os 81 senadores desembolsaram em postos de gasolina com o dinheiro extra que recebem todo mês para bancar despesas do mandato, a chamada verba indenizatória. Hoje, esse valor é de R$ 15 mil e serve também para alugar escritórios no Estado de origem, fazer viagens, pagar restaurantes, consultorias e propaganda em jornais, rádio, TV e internet.

Nos últimos três meses, foram mais de R$ 330 mil usados para abastecer os carros dos senadores e de assessores em visitas a cidades dos Estados de origem, fora de Brasília. Até porque na capital federal cada senador já tem direito a um carro com motorista e não precisa se preocupar com a gasolina.

Esse valor é suficiente para garantir o tanque cheio de um táxi durante 18 anos, considerando que um taxista gasta em média R$ 1.485 por mês em São Paulo rodando 200 km por dia e pagando R$ 2,476 o litro da gasolina num carro que faz 10 km por litro. Para obter esses valores, o R7 cruzou dados do Sindicato dos Taxistas Autônomos de São Paulo, pela Fetacesp (Federação dos Taxistas Autônomos do Estado de São Paulo) e de alguns taxistas da cidade.

Chegar a estes números só foi possível porque desde junho os senadores são obrigados a divulgar as notas fiscais (saiba como fiscalizar). A medida foi aplicada para as notas recolhidas pelos senadores a partir de abril, que também estão no site. Antes disso, as despesas eram justificadas apenas pelas categorias a que elas se referiam, como divulgação, locação de imóveis, telefones, entre outros, o que dificultava em muito saber para onde esse dinheiro ia de fato.

Colaboraram Wanderley Preite Sobrinho, Gisele Silva e Carolina Franco, do R7




Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Cícero Lucena (PSDB-PB) "destaque" na lista do R7

Cícero Lucena (PSDB – PB)


R7 traz o ranking dos dez senadores que mais “bebem” combustível

O campeão é senador Gilberto Goellner, que torrou mais de R$ 26 mil em três meses

Por Andréia Sadi e Thiago Faria, do R7

O R7 fez um ranking com os dez senadores que mais gastaram combustível nos últimos três meses e o campeão é o senador de Mato Grosso Gilberto Goellner (DEM), que torrou R$ 26.254,68 nesse período. Marconi Perillo (PSDB), do Estado vizinho Goiás, aparece em segundo, com um gasto de R$ 16.474,31. Logo atrás está Expedito Júnior (sem partido-RO), que usou R$ R$ 15.016.

Procurados pela reportagem, a maioria dos senadores justificaram os gastos com visitas às cidades do interior de seus Estados de origem. Veja aqui o que cada um disse.

Confira abaixo o ranking:

1. Gilberto Goellner (DEM-MT) - R$ 26.254,68

2. Marconi Perillo (PSDB-GO) - R$ 16.474,31

3. Expedito Júnior (sem partido-RO) - R$ 15.016,00

4. Augusto Botelho (PT-RR) - R$ 13.721,61

5. Mário Couto (PSDB-PA) - R$ 13.581,23

6. Magno Malta (PR-ES) - R$ 13.169,15

7. Mão Santa (sem partido-PI) - R$ 11.117,83

8. Garibaldi Alves (PMDB-RN) - R$ 10.752,06

9. Cícero Lucena (PSDB – PB) - R$ 9.808,15

10. José Agripino (DEM - RN) - R$ 8.964,68



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Relembrar nunca é demais!




Você vai continuar votando de qualquer jeito? Em qualquer um?

Fonte: R7 (novo portal da Rede Record)





Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com



Clique aqui e leia texto completo

25 de set de 2009

Golpe, Oposição e PIG



Detalhe: P.I.G. - Partido da Imprensa Golpista.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

24 de set de 2009

O Brasil não é mais FHC...

Lucio e Lula


Por Renato Rovai, no seu Blog

O presidente do PT, Ricardo Berzoini, que concedeu entrevista para a Fórum que está chegando às bancas, acaba de postar uma frase no twitter que merece registro.

Para comentar a participação de Lula na ONU, cravou: "Sorry, tucanada, mas o Brasil não é mais FHC (Fraco, Hesitante e Covarde)".

Ao que o filho do presidente Lula, Marcos Lula , ativo tuiteiro, reverberou: "show do Berzoni...rs".

O Brasil não é mais Fraco, Hesitante e Covarde renderia umas boas camisetas na minha época de movimento estudantil.

Pra constar: o endereço de Berzoini no twitter é @ricardoberzoini, o do Marcos Lula, @marcoslula e o deste tuiteiro @renato_rovai.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Congresso promulga PEC dos Vereadores


Por Luciana Lima, na Agência Brasil

Brasília - Em sessão solene, o Congresso Nacional promulgou há pouco a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 336/2009, conhecida como PEC dos Vereadores, que aumenta o número de vereadores em municípios de todo país.

Os municípios passarão a ter mais 7.623 vereadores. Com 380 votos a favor, 29 votos contrários e duas abstenções, a Câmara dos Deputados aprovou na noite dessa terça-feira (22) a PEC. Com isso, o número de vereadores no país deve passar dos atuais 51.988 para 59.611.

A PEC também prevê que os efeitos serão retroativos a 2008. Assim, muitos vereadores eleitos no pleito passado, mas que ficaram como suplentes, poderão tomar posse. No entanto, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, anunciou que vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF), caso a Justiça Eleitoral comece a dar posse aos suplentes. A OAB considera a medida inconstitucional.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carlos Ayres Britto, também se mostrou contrário à posse dos suplentes de vereadores. No entanto, ele reconhece que a Justiça Eleitoral não terá outra opção a não ser empossar os suplentes a partir da promulgação da PEC, até que o STF decida sobre a constitucionalidade do texto.

“Como presidente do TSE, não na condição de julgador, lembro que já existe uma consulta formal, objeto de pronunciamento do mesmo TSE, versando exatamente sobre o tema da aplicabilidade imediata ou não de uma emenda constitucional que amplia o número de cadeiras parlamentares”, disse Britto.

De acordo com o presidente do TSE, a PEC "chegou tarde para entrar em vigor nesta Legislatura”. Ele lembrou que o TSE respondeu a uma consulta, em 2007, no qual era questionado se os efeitos da emenda só valeriam se ela tivesse sido aprovada antes do processo eleitoral.

“Nessa consulta, de junho de 2007, foi dito pelo TSE, de forma unânime, que a emenda constitucional não retroage. O novo número de cadeiras parlamentares fixadas por ela tem de ser submetido a uma convenção partidária, o que se dá entre 10 e 30 de junho do ano da eleição. Vale dizer, nos termos dessa consulta, que a emenda atual chegou tarde para entrar em vigor na corrente legislatura”, acrescentou.

Ontem, durante a votação em segundo turno da PEC, muitos suplentes de vereadores estavam na galeria do Senado. Durante a votação, o deputado Antônio Carlos Biscaia (PT-RJ), contrário ao aumento do número de vereadores, chegou a lembrar aos suplentes que a intenção de tomar posse era uma “ilusão”. Hoje, após a promulgação, os deputados e senadores cantaram o Hino Nacional e, logo em seguida, e o Parabéns pra Você para o presidente da Câmara, Michel Temer, que comemora aniversário.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Aprovação de Lula sobe e vai a 81%; governo tem 69% de avaliação positiva

Presidente Lula (PT)

A aprovação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva subiu para 81%, segundo a pesquisa CNI/Ibope, divulgada nesta terça-feira (22). Em junho, quando foi realizado o último levantamento, a avaliação do presidente da República era de 80%. A variação fica dentro da margem de erro da pesquisa, que é de 2 pontos percentuais.

Os dados mostram também que 69% dos brasileiros consideram o governo Lula ótimo ou bom, contra 68% na pesquisa de junho. Outros 22% consideram o governo regular e 9%, ruim ou péssimo.

De acordo com a pesquisa, a nota média para o governo Lula subiu de 7,5 para 7,6, em escala de zero a 10. Já a confiança no presidente ficou estável, em 76%.

A pesquisa também fez uma comparação entre o primeiro e o segundo mandatos do governo Lula, em que, para 44% a atual gestão do presidente é melhor que a anterior. Antes, 45% entendiam que o segundo mandato era melhor que o primeiro. O índice dos que consideram o atual mandato igual ao primeiro se manteve em 40% e os que consideram o segundo mandato pior que o primeiro ficou estável em 14%.

A pesquisa CNI/Ibope foi realizada no período de 11 a 14 de setembro, ouvindo 2.002 pessoas, em 142 municípios.

Fonte: Portal PT



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

22 de set de 2009

Seminário: Pré-sal e o Futuro do Brasil

Ministra Dilma

O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, participa nesta terça e quarta (22 e 23/9) do Seminário Pré-sal e o Futuro do Brasil, que será realizado em Brasília. O evento é promovido pelos jornais Correio Braziliense e Estado de Minas (Diários Associados). Serão debatidos, entre outros temas, o novo marco regulatório, o papel das empresas e da nova estatal do pré-sal.

Confira a programação. Você poderá assistir ao vivo o seminário pelo Blog Fados e Dados (Clique aqui e acesse).

Matéria publicada nesta segunda-feira (21/9) no jornal Correio Braziliense fala sobre o Seminário e aponta que somente o setor de máquinas e equipamentos terá que investir de U$ 30 a 40 bilhões nos próximos quatro anos para acompanhar o desenvolvimento da exploração do pré-sal.

A reportagem traz fala do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, que disse que o governo fez um desafio às empresas brasileiras, que serão potenciais fornecedoras do pré-sal, para a ampliação da sua participação neste mercado e informou que o governo vai exigir percentual de componente nacional nas licitações. “Esse percentual será fixado para garantir à indústria nacional uma presença mais sólida nesse avanço que estamos vendo no setor petrolífero.”

Luiz Carlos Bresser Pereira, em artigo publicado nesta segunda (21/9) no jornal Folha de S.Paulo, também comentou sobre a política do governo para o desenvolvimento da indústria nacional.


Fonte: Blog Petrobras Fatos e Dados




Site especial sobre o Seminário:

http://www.correiobraziliense.com.br/presal/



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

O mundo exige o retorno da Democracia em Honduras. Já!

Manuel Zalaya


Zelaya se diz disposto a encontrar presidente interino

Por Pablo Esparza, da BBC Mundo

O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, está abrigado na embaixada brasileira na capital hondurenha, Tegucigalpa.

O retorno de Zelaya, nesta segunda-feira, ocorre quase três meses após a sua deposição, em 28 de junho.

A BBC entrevistou Zelaya por telefone após a chegada dele ao país. Confira alguns trechos.

BBC - Como você chegou em Honduras?

Manuel Zelaya - De maneira pacífica e voluntária. Eu contei com o apoio de diversos setores, mas não posso mencioná-los para que não sejam prejudicados.

Nós viajamos mais de 15 horas, em uma estratégia complexa de transporte e comunicação, atravessamos rios e montanhas até que chegamos na capital de Honduras, onde chegamos nas primeiras horas da manhã.

Nós ultrapassamos todos os obstáculos militares e policiais das estradas daqui, porque esse país foi sequestrado por forças militares.

BBC - Qual é o apoio internacional para o seu retorno?

Manuel Zelaya - Eu estou na embaixada do Brasil. O presidente Lula e o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, abriram as portas para mim. Essa forma é útil para que possamos pedir, aqui da embaixada, por um diálogo.

Eu acabei de falar com o secretário-geral ( da Organização dos Estados Americanos, José Miguel) Insulza, que vir á para cá nas próximas horas. E as Nações Unidas também virão, em uma comissão para iniciar o diálogo para a reconstrução da democracia hondurenha.

BBC - Quais serão seus próximos passos políticos?

Manuel Zelaya - Nós estamos tratando com diversos setores da sociedade e com a comunidade internacional e vamos começar uma abertura, uma comunicação. Depois, virão aproximações diferentes para solucionar o problema de frente.

Infelizmente, os líderes do golpe não consideraram uma solução anteriormente e acho que devemos ultrapassar a parte diplomática.

BBC - Você está planejando se encontrar diretamente com o líder do governo interino, Roberto Micheletti?

Manuel Zelaya - Bom, eu estou disposto a encontrar uma solução para esse processo e se essa solução consistir nisso, estou disposto a fazê-lo. Não há impedimento para que eu busque uma resposta para esse problema.

BBC - Você já estabeleceu contato com as Forças Armadas do seu país?

Manuel Zelaya - Não, ainda não, estou aqui há apenas algumas horas. Não encontramos tempo para fazê-lo.

BBC - Quais seriam as condições para estabelecer um diálogo com os líderes do governo interino?

Manuel Zelaya - Bom, a coisa mais importante é o apoio da população, que é essencial para o início do diálogo.

BBC - Você acha que sua presença em Tegucigalpa pode desencadear mais manifestações?

Manuel Zelaya - Claro, com certeza, nós começamos hoje com mais manifestações. Eu sou um homem pacífico, não gosto de violência e peço às Forças Armadas para que não usem violência contra a população. Não contra a população.

O governo de Micheletti disse que você seria preso se retornasse?

Não tenho nenhum problema em enfrentar julgamento ou qualquer acusação que queiram fazer. Por isso, eu me entrego a qualquer julgamento porque as minhas mãos estão limpas e minha cabeça erguida. Se não estivessem, eu não teria retornado.

Algumas pessoas consideram a sua decisão de voltar como “irresponsável” porque pode gerar violência...

Eu peço a paz e não a violência. É a melhor maneira de resolver problemas. Os problemas devem sempre ser resolvidos pela democracia e não com armas. Se existe alguma coisa que a comunidade internacional pode fazer é pedir para esse tipo de solução e não mais violência.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

21 de set de 2009

Ao Riba o que é do Riba


Como todos sabem, fui assassinado a facadas numa reunião do Senado, por um grupo que acreditava agir em defesa da República. Isso me fez pensar em como teria sido minha carreira como senador no Brasil. Na eternidade é assim: a gente procura se entreter com qualquer coisa. Fiz algumas comparações sem nenhuma serventia e aqui as divido com vocês. Desculpem-me. Já esgotei todas as minhas revistinhas de Sudoku.

No Brasil, minha sorte seria outra. A Câmara do Senado brasileira é uma espécie de ação entre amigos (e inimigos). Ninguém se machuca. Lá não há nem morte política – não importa o que você faça, se pegaram você fazendo o que não devia e se a opinião pública está contra você. Para tudo se dá um jeito. Entrei para a história da humanidade, mas no Brasil eu seria imortal.

Quando recebi as facadas que redundaram em minha morte, caí aos pés da estátua de Pompeu. Apesar de dolorida, foi uma cena e tanto, de grande dramaticidade. Com o pouco de energia que me restou, ainda consegui proferir as famosas palavras: Até tu, Brutus? Em Brasília, eu receberia no máximo um cartão vermelho (sem efeito suspensivo). E minha provável reação seria dizer: Ai, que meda! Em certos casos, a violência faz bem para a retórica.

Depois da minha campanha exitosa no Egito, rumei ao Oriente Médio e lá derrotei o rei Farnaces. Minha vitória foi tão arrasadora que comemorei parindo, de cesariana, mais uma célebre frase: Veni, vidi, vici (Vim, vi, venci). No Brasil, as vitórias são de outro gênero, não há espetáculo. Minha frase, localmente, teria que ser algo como: Vim, vi, todo mundo viu, mas vamos fingir que ninguém viu, OK? Definitivamente, conchavos não rendem bons discursos.

Quando contrariei alguns senadores e atravessei o Rio Rubicão, eu sabia dos riscos que meu ato, nada secreto, significava. Por isso, disse: Alea jacta est (A sorte está lançada). No Brasil, a versão seria “A má sorte está arquivada”.

Mas a principal conclusão que tiro de toda essa comparação é que em Roma eu cheguei ao posto de grande imperador. No Brasil, eu não passaria de um coronel.

Fonte: Blog do César.

Blog integrante da série Blogs do Além, clique aqui e acesse os demais.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Está na Seção "Blogs / notícias que indico" (II)



Visite e divulgue:




Postagem relacionada: "Está na Seção "Blogs / notícias que indico"", clique aqui.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Câmara aprova indenização a sindicalista demitido por justa causa


A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou na última quinta-feira, a obrigação de o empregador indenizar o trabalhador dirigente sindical demitido sob alegação de justa causa, não reconhecida judicialmente.

A medida foi proposta pelo deputado Fernando Ferro (PT-PE) no Projeto de Lei 5710/01. A proposta altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT Decreto-Lei 5.452/43), e seu relator, deputado Zenaldo Coutinho (PSDB-PA), ofereceu parecer pela constitucionalidade, juridicidade e técnica legislativa, sem entrar na análise de mérito.

Aprovado em caráter conclusivo (clique aqui e acesse definição), o projeto seguirá para análise do Senado, caso não haja recurso para ser votado pelo Plenário.

Custo de discriminar

De acordo com o projeto, a indenização será correspondente ao dobro da remuneração devida durante todo o período de afastamento, até a reintegração ou até o final do período de estabilidade provisória.

Segundo o autor Fernando Ferro, o projeto na prática assegura estabilidade até um ano após o fim do mandato sindical, porque a indenização força a empresa a considerar o custo das atitudes discriminatórias.

A intenção do projeto é evitar que as empresas aleguem alguma falta grave para coibir a atividade sindical.

Íntegra da proposta: - PL-5710/2001 (clique aqui).

Fonte: Agência Câmara.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

Sonhe! Lute! Comemore!

Postado originalmente às 07:13 - 13/05/2009.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

19 de set de 2009

Ministro da Cultura Juca Ferreira: A força do debate nos Blogs!



Matéria relacionada: "Juca Ferreira fala sobre a importância dos blogs para o MinC", clique aqui.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

O bom debate sobre a Blogosfera (II)


Por Fábio Rodrigues

Como algumas já sabem e outros até desconfiam, a mobilização da Blogosfera sobre a "Ditadura Digital" proposta na Reforma Eleitoral levou os Senadores a reverem suas posições e não mais inibir a liberdade de expressão na internet. Ganharam os cidadãos, os blogs, a sociedade, a democracia, a plenitude da informação, a diversidade de opiniões, o contraditório e o bom debate.

Os políticos estão querendo não acreditar que a internet chegou como uma nova forma de pressão social e aglutinação da militância, dos cidadãos. De cidadãos conscientes de sua função fiscalizadora e agentes de mudança na sociedade. Não sei como ficaram as caixas de e-mail dos Senadores, mas acredito que eles tiveram mais mensagens que votos na última eleição.

O Blog é sem dúvida um marco na comunicação social. Assim como o tocador de CD foi um marco na indústria musical, retirando de circulação os discos de vinil, temos no Blog uma forma de democratizar a informação, tirando os "plenos poderes" das mídias tradicionais - TVs, Rádios, Revistas e Jornais impressos.

Teremos nessa nova ferramenta um canal de multiplicação de ideias, de valores, de ações para construção de uma sociedade mais justa, fraterna e igualitária. Uma sociedade menos corrupta, menos violenta, menos excludente, menos discriminatória, menos desonesta, menos alienada e menos explorada.

Um povo mais decidido e determinado em ser agente de mudança, formador de seu destino e vencedor de suas lutas. Um povo guerreiro, altivo, batalhador, resistente, combativo, sonhador e realizador. Um povo presente nas decisões coletivas da sociedade. Baseado nos valores de coletividade, verdade e justiça.

Os blogs chegaram para radicalizar na democracia participativa, não querem negociar menos que isso. Exigem uma nova forma de tratamento dos políticos para com os seus representados. Exigem que a mídia tradicional seja mais transparente e verdadeiramente imparcial. O bom debate apenas começou.

E isso com um percentual ainda pequeno, em torno de 30%, de pessoas com acesso a computadores e internet. Imaginem quando isso chegar em 80 ou 90%. A TV pode pirar, o Jornal impresso morrer, a Revista adoecer, a Rádio engasgar e os Políticos serem de fato "Servidores" dos cidadãos, e não os "Reis" que estão postos na realidade atual.

Qual sua opinião sobre: Blog, Mídia tradicional, Disco de vinil, CD, Políticos, Democracia e Participação Popular?

Postagem relacionada: "O bom debate sobre a Blogosfera", clique aqui.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

O bom debate para o Brasil 2010 (IV)

1 - Dilma (PT); 2 - Serra (PSDB); 3 - Ciro (PSB);
4 - Aécio (PSDB); 5 - Marina (PV); 6 - Heloísa (PSOL).

Por Fábio Rodrigues

Na última pesquisa que saiu para presidência da República podemos constatar como nossa imprensa trata os fatos de forma "clara e imparcial", para não dizer o contrário. Quando os dois melhores colocados da pesquisa, Serra (PSDB) e Dilma (PT), tiveram uma diminuição dos pontos percentuais comparado a pesquisa anterior verificamos um tratamento diferente e totalmente tendencioso.

Foi utilizada a palavra "oscilou" para a diminuição do percentual de Serra, no sentido de minimizar tal queda, uma forma de menosprezar essa variação. Em contrapartida, utilizou a palavra "queda" para a diminuição do percentual de Dilma.

O que você acha disso? Tem como ficar apenas balançando a cabeça para um noticiário desse tipo?

Os editores das TVs e similares acreditam que a maioria dos cidadãos não tem a capacidade de assimilar esse tratamento diferenciado. Esquece que temos um senso crítico e não estamos mais dispostos a engolir tudo do que sai de nossa telinha na sala de estar.

A Ministra Dilma está muito bem nas pesquisas, pois nunca participou de eleição alguma e já consegue uma penetração razoável num quadro onde temos políticos com no mínimo 12 anos de campanhas e exposições. Serra foi candidato a Presidente, derrotado por Lula, Governador e Prefeito de São Paulo. Ciro candidato a Presidente, governador do Ceará, Deputado Federal. Aécio Governador de Minas, Deputado Federal. Marina é Senadora. Heloísa foi Senadora e é Vereadora de Maceió.

O Nordeste está ganhando muito investimento com o Governo Lula. Isso é inquestionável. Ele tirou o foco dos investimentos que eram apenas no eixo Sudeste-Sul e com muita coragem aplicou os recursos no Norte-Nordeste. Acredito que Serra, assim como foi o FHC, não dará continuidade a essa forma mais igualitária e restabelecedora dos investimentos no Nordeste.

Tenho mais certeza que Dilma, pois representa a continuidade do programa governamental de Lula, continuará com essa política de redistribuição das riquezas entre as regiões do Brasil. Sei que não é fácil dizer para os mais ricos que precisamos construir um País para todos e todas. Que o Nordeste já sofreu muito com a injustiça econômica! O Lula faz um reparo histórico dessa ferida que precisa continuar o tratamento com muito remédio, ou seja, com muito investimento; gerador de emprego, renda, qualidade de vida, justiça social, dignidade e cidadania.

Dizem que segunda-feira próxima está saindo uma nova pesquisa para Presidente, espero que as interpretações sejam mais igualitárias e de fato com caráter informativo, e não manipulativo.

O Nordeste saberá votar de forma plebiscitária pelo modo que foi tratado por Lula (PT) e FHC (PSDB), escolherá o melhor e votará em Dilma (PT) ou Serra (PSDB).


Postagem relacionada: "O bom debate para o Brasil 2010 (III)", clique aqui.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo
Clique no link "Postagem(ns) mais antiga(s)" (acima), para continuar lendo nosso blog. E a qualquer momento clique no link "Início" para voltar a página inicial.