31 de mai de 2009

Agradecimentos e 2 meses

Clique na figura para ampliar

Por Fábio Rodrigues

No dia de ontem o blog Acerto de Contas (clique aqui e visite), através de uma ideia muito legal de divulgar os blogues dos leitores assíduos e conduzir para uma alternativa nova de comunicação e do bom debate colocou o Blog do Fábio Rodrigues para os seus milhares de leitores nos conhecer.

Queríamos agradecer esse apoio de Pierre, Bahé e André que fazem o Acerto de Contas.

Nem sempre, na sociedade que estamos construindo e habitando, a opção de tentar levantar quem ainda nem sabe engatinhar não é um fato comum. Por isso, aumenta mais minha alegria em ver um blog inovando em ações coletivas. Não pensar apenas no seu crescimento, mas quebrar regras e paradigmas. Multiplicando amigos.

Começamos nossa andança em 03/04/2009 (sexta-feira) e na próxima quarta-feira estaremos completando 2 meses. Um blog totalmente artesanal, sem muitos recursos, mas com muita paz, amor e o bom debate sobre política.

Só tenho a agradecer aos nossos amigos visitantes. Em especial aqueles que participam, que comentam, que enviam e-mail, que respondem nossas enquetes, que divulgam nossas postagens nas suas listas de e-mails. Que não param em nosso blog, que visitam nossas indicações de outros blogs, outros sites.

Hoje temos nosso link em alguns blogues bastantes visitados, estamos no Acerto de Contas, no Blog da Dilma, no Desabafo Brasil, no Blog de Jamildo (JC), no Peça Demissão e vá trabalhar!, no Cloaca News (clique nos nomes e acessem os sites). No qual aproveitamos o momento e também agradecemos.

Enfim, de uma pequena ideia que tive acredito que está surgindo uma semente, que poderá gerar frutos de pessoas mais sonhadoras, mais lutadoras. Gente que valorize a vida, gente que valorize gente, gente que valorize a democracia, gente de bem que participe de forma ativa nas decisões políticas de seu município, seu estado, seu país. Gente ativa, povo trabalhador.

Link da matéria no Acerto de Contas, clique aqui.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

O bom debate para Pernambuco 2010 (II)

Eduardo Campos (PSB) X Jarbas Vasconcelos (PMDB)

Por Fábio Rodrigues

Nesses dias andei conversando com amigos e ficamos com a seguinte pergunta no ar: Qual será o candidato da oposição ao governador e candidato à reeleição Eduardo Campos (PSB)? Quais são os nomes para essa disputa? Ficamos todos sem muitas respostas.

Diante um cenário normal, sem muita turbulência, acreditamos que o nome da oposição seja Jarbas (PMDB). Ele que fez charminho recentemente na entrevista para Veja dizendo que não seria mais candidato. Felizes ficaram os sindicalistas, os militantes dos movimentos sociais e os estudantes que foram bem tratados nas duas gestões de Jarbas. Acreditaram por que quiseram!

Agora surge o salvador da oposição, dizem que sem Vasconcelos não dá nem para entrar em campo, é negócio de W x 0 (desistência do mais fraco). Sem contar o que isso pode gerar de repercussão para os cargos legislativos.

Pense numa disputa boa! Será que a derrota que Arraes (avô de Eduardo) sofreu em 1998 para Jarbas vai ser descontada pelo seu neto. Vai ficar no 1X1, ou quem sabe ampliar para 2X0.

É briga de gigantes. É negócio pra campo lotado e transmissão nacional. Nada de falta ou jogo sujo. Bola nova e juiz de primeira.

Enfim, aí que entra a possibilidade de termos apenas uma simples pelada, pois o clássico está comprometido por que Jarbas talvez não queira colocar em seu currículo uma derrota para um familiar do Arraes. Só o tempo dirá se teremos um clássico ou uma pelada na disputa para Governador em 2010? Já comprei meu ingresso e vou ficar na geral!

Postagem relacionada: "O bom debate para Pernambuco 2010", clique aqui.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

29 de mai de 2009

Cadê a Justiça?

Fernando Ribas Carli Filho (PSB-PR)

Renuncia no Paraná deputado acusado de dirigir alcoolizado e matar dois

Desde o último dia 10, ele está internado em hospital em São Paulo. Exame apontou que Carli Filho estava alcoolizado no momento do acidente.

Do G1

O deputado estadual do Paraná Fernando Ribas Carli Filho (PSB) renunciou ao cargo nesta sexta (29). Com a renúncia, Carli Filho perderá a imunidade parlamentar e terá de responder na Justiça Comum ao processo do acidente de carro no qual provocou a morte de dois jovens.

Desde o último dia 10, ele está internado no hospital Albert Einsten, em São Paulo. Carli Filho foi o único sobrevivente da colisão com outro veículo onde estavam Gilmar Rafael Souza Yared e Carlos Murilo de Almeida, que morreram no local.

Exame do Instituto Médico Legal de Curitiba apontou que o deputado estava alcoolizado no momento do acidente.

Ele já havia ultrapassado a quantidade de pontos da carteira de habilitação por causa de multas por excesso de velocidade. Foram 30 multas desde 2003, sendo 22 após ter assumido o mandato parlamentar. As infrações somam 130 pontos. Carli Filho não podia dirigir desde julho do ano passado.

O acidente aconteceu no dia 7 de maio, quase 1h da manhã, em um cruzamento de Curitiba. Câmeras de um posto de combustível que fica na esquina onde ocorreu a colisão registraram as últimas imagens do carro onde estavam os dois rapazes que morreram. Nas imagens, o carro das vítimas passa em frente ao posto e freia ao se aproximar do cruzamento. Quando avança, é atingido pelo carro do deputado que vinha na outra rua.

Carli Filho passou por uma cirurgia para corrigir fraturas no crânio e na face e está internado em um quarto, consciente. Segundo sua assessoria, ainda será analisada a necessidade de uma nova intervenção.

'Sem privilégios'

Nesta sexta, encerrava-se o prazo para a apresentação da defesa de Carli Filho na sindicância aberta pelo corregedor-geral e pela Mesa Executiva.

No ofício entregue à Presidência da Assembleia por seu advogado, Roberto Brzezinski, Carli Filho diz que se envolveu no acidente “sem vontade direta ou indireta” e que transmite a todos os familiares e amigos dos dois rapazes “o meu sentimento de solidariedade espiritual”.

Ele afirma ainda que aguardará o processo e julgamento “sem prerrogativas funcionais ou privilégios de qualquer ordem para receber, como cidadão comum, a sentença que as circunstâncias do fato e a sensibilidade da Justiça determinarem”.

A assessoria da Assembleia Legislativa do Paraná informou que quem assume no lugar de Carli Filho é o segundo suplente, Wilson Quinteiro (PSB). O primeiro suplente, Mário Roque, não poderá assumir porque mudou de partido, saiu do PSB para o PMDB.

Na segunda-feira (1º), o presidente da Assembléia legislativa, Nelson Justus (DEM), lerá o pedido de renúncia na sessão e convocará o suplente para assumir o cargo.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

Mentiras sobre números do PAC


Casa Civil desmente números do PAC divulgados pelo site Contas Abertas


A Casa Civil da Presidência da República divulgou nota oficial contestando informações do levantamento publicado pelo site "Contas Abertas" sobre o andamento das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O site destaca que apenas 3% das obras do PAC teriam sido concluídas. A nota da Casa Civil rebate os números afirmando que no balanço de dois anos do PAC, divulgado em fevereiro deste ano, o número de ações monitoradas era de 2. 378 (exceto Habitação e Saneamento) e, destas, as concluídas eram 270, com investimento de R$ 48,3 bilhões, 11% do total (em quantidade e em valor). O próximo balanço com os números atualizados do PAC será divulgado na próxima quarta-feira (3).

A Casa Civil explicou que o levantamento do site mistura obras incluídas no PAC em diferentes momentos e que, por isso, não podem ser tratadas da mesma maneira. “Das quase 11 mil obras listadas pelo Contas Abertas, cerca de 8,4 mil são das áreas de Saneamento e Habitação. Essas obras foram selecionadas ao longo de 2007. Estados e municípios tinham dificuldades de investir nestes setores, o que resultou na carência de projetos em condições de serem executados em curto prazo. A execução desses projetos começou em meados de 2008. Por isso, nos balanços do PAC, os dados sobre a execução dessas áreas são apresentados à parte”.

A Casa Civil criticou também o fato de o levantamento do Contas Abertas ter considerado a quantidade total de obras do PAC, em vez dos valores dos empreendimentos concluídos. “Pelo critério adotado, uma pequena obra de saneamento no município de Vilhena, em Rondônia (R$ 33,9 mil) tem o mesmo peso da usina hidrelétrica de Santo Antônio (R$ 4,7 bilhões), por exemplo”, destacou a nota.

O deputado Magela (PT-DF) criticou a distorção dos números feitas pelo site. “Com o PAC o governo promoveu um aumento substancial dos investimentos no País. Isto tem incomodado setores da oposição, que teimam em não ver que a injeção desses recursos na economia ajudou o PIB a crescer 3,7% em 2006 e 5,4% em 2007. Até o terceiro trimestre de 2008, o PIB cresceu 6,4%, comparado ao mesmo período do ano anterior”.

Magela reforçou que o PAC tem cumprido o objetivo de modernizar a infraestrutura do País, melhorar o ambiente de negócios, estimular o crédito e o financiamento, aperfeiçoar a gestão pública e elevar a qualidade de vida da população. “Além disso, suas ações e obras estão gerando empregos e garantindo renda e consumo para milhares de trabalhadores e suas famílias. O que a oposição não quer admitir é que PAC, ao lado de programas sociais como o Bolsa Família, é um instrumento estratégico de inclusão social e de promoção do desenvolvimento”, afirmou Magela.

Leia a seguir a íntegra da nota divulgada pela Casa Civil:

Esclarecimentos sobre a matéria do site Contas Abertas

No Balanço de 2 Anos do PAC, divulgado em fevereiro de 2009, o número de ações monitoradas era de 2.378 (exceto Habitação e Saneamento) e, destas, as concluídas eram 270 com investimento de R$ 48,3 bilhões, representando 11% do total (em quantidade e em valor).

Os dados do levantamento do site Contas Abertas são relativos ao período de Janeiro de 2007 a Dezembro de 2008. Porém, o título da matéria ( "Apenas 3% das obras do PAC estão concluídas") passa a falsa impressão de que os números são atuais;

O levantamento do Contas Abertas mistura obras incluídas no PAC em diferentes momentos e que, por isso, não podem ser tratadas da mesma maneira.

Das quase 11 mil obras listadas pelo Contas Abertas, cerca de 8,4 mil são das áreas de Saneamento e Habitação. Essas obras foram selecionadas ao longo de 2007. Estados e Municípios tinham dificuldades de investir nestes setores, o que resultou na carência de projetos em condições de serem executados em curto prazo. Ae execução desses projetos começou em meados de 2008. Por isso, nos balanços do PAC, os dados sobre a execução dessas áreas são apresentados à parte.

Além disso, no levantamento, o Contas Abertas considerou a quantidade total de obras do PAC, em vez dos valores dos empreendimentos concluídos. Pelo critério adotado, uma pequena obra de saneamento no município de Vilhena, em Rondônia (R$ 33,9 mil) tem o mesmo peso da usina hidrelétrica de Santo Antonio (R$ 4,7 bilhões), por exemplo.

O próximo balanço quadrimestral do PAC será divulgado no dia 3 de junho e trará nova evolução no percentual de obras concluídas.

Assessoria de imprensa da Casa Civil



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

Pernambuco: Feira para Advogados e Administradores Legais


EXPOJURIS - O EVENTO

O Recife sediará, nos próximos dias 17, 18 e 19 de junho, a 1ª Expojuris. Um evento inédito na região Nordeste voltado para o advogado e o administrador legal, com congressos e palestras com nomes representativos do setor, exposições de produtos e serviços voltados para escritórios de advocacia e departamentos jurídicos.

Podem participar empresas com produtos e serviços voltados para escritórios de advocacia, para o advogado e para o administrador legal, como livros jurídicos, empresas de softwares, scanners, computadores, arquitetura, móveis e equipamentos, vestuário, traduções, universidades, escolas, cursos e vários outros.

Durante os três dias da Expojuris, estima-se receber um público de 3.000 pessoas provenientes de todos os estados do Nordeste. O evento contará com ampla divulgação na mídia (TVs, rádio, revistas, jornais e internet) e nas instituições de ensino superior, além de ter o apoio das OABs e demais entidades da área jurídica.

Saiba mais, clique aqui.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

Políticos e os discursos vergonhosos


Por Fábio Rodrigues

Muitas são as denúncias de imoralidade com o dinheiro público. Não sobra ninguém e nenhum partido. Tem de todos os naipes. Tem os "moralistas", tem os "éticos", tem os "descarados", tem os "santinhos", tem os "cara-de-pau", todos com um dedo, pé, perna ou corpo todo na lama.

Os discursos são dos mais diversos também: "irei devolver o dinheiro", "foi a primeira vez", "não sabia que era proibido", "fiz por que meus pares vinham fazendo", entre tantos e outros.

Têm político reclamando que não tem direito ao contraditório, não tem espaço na mídia, na imprensa. Espaço pra que Parlamentar? Para justificar o injustificável, para tentar mais uma vez dar desculpas esfarrapadas. Chega de políticos de faz de conta, e que venha 2010!

Por último vem a Heloísa Helena com essa: "Não faço parte de nenhum dos bandos políticos de Alagoas e Brasília que fazem orgias, políticas e sexuais, com dinheiro público roubado". Dizendo que fez suas ações baseada na "Legalidade Institucional vigente".

Que dizer vereadora Heloísa Helena que ações imorais, como a sua relativa às passagens aéreas, não importa a imoralidade da ação, basta ter um documento formal que autorize a prática que vale tudo.

Não aceitamos essa desculpa fraca, pois como parlamentar decente deveria ter solicitado a edição na norma legal para moralizar o uso de passagens, e não compactuar com práticas ortodoxas e imorais.

Assim deve ser todos os políticos que se acham no direito de se omitir de todo esse lamaçal. Pois deveriam ter buscado fazer o dever de casa, fiscalizar primeiramente a Casa onde tem mandatos legislativos. Quais políticos têm moral para fiscalizar qualquer Executivo, se nas suas próprias casas a regra é mordomias e orgias de diversos tipos com a verba pública.

Os parlamentares que fizeram coisas erradas são culpados, os que se omitiram e deixaram a farra continuar também são culpados. Pois não se admite que o parlamentar assuma um mandato e diga: "Vou fazer o meu, o resto que se ferre". Que história é essa, cadê a moralidade pública?

Os políticos irão mudar para melhor por bem ou por mal, isso é indiscutível. A sociedade exige e isso não será modismo algum, será uma realidade vigente e crescente em todo o Brasil.

Postagens relacionadas: "Devolver pooooode", clique aqui.
"Até tu (Santa) Heloísa Helena?", clique aqui.
"A culpa é de quem mesmo?", clique aqui.


Postado originalmente às 11:00 - 10/05/2009.
(Novos comentários)


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

O bom debate sobre Reforma Política


Engodo da Reforma Política

Por Lúcio Flávio Vasconcelos, no WSCOM

O Brasil é, em termos políticos, um país diferente dos demais. A cada dois anos, somos convocados para comparecermos às urnas e escolhermos os nossos representantes, seja no âmbito local, estadual ou nacional.

Mal saímos de um processo eleitoral e já iniciamos outro. Os políticos, os jornalistas, os analistas políticos não têm nem tempo de recuperar o fôlego e já são engolfados nas próximas disputas partidárias. É como se vivêssemos permanentemente numa guerra pelo poder, em todas as esferas da sociedade. A frase lapidar do filósofo francês Michel Foucault resume muito bem essas disputas: “A política é a guerra por outros meios.”

Acredito que esse estado permanente de campanha resulta em uma ampliação da maturidade política de todos nós. Ao sermos envolvidos constantemente em contendas eleitorais, nossa percepção fica muito mais aguçada. Não podemos esquecer a responsabilidade que nos cabe. Somos nós que elegemos os atuais e futuros dirigentes.

Apesar dos avanços significativos ocorridos na democracia brasileira, é preciso aprimoramentos permanentes. Com as transformações profundas ocorridas na sociedade nas duas últimas décadas, percebemos que o sistema político brasileiro necessita de uma urgente e profunda reforma, pois não mais atende as demandas sociais.

Essa reforma política que vem sendo anunciada pela imprensa, se fosse concretizada na íntegra, poderia até melhorar a nossa combalida democracia representativa. Isso se daria em termos do sistema eleitoral, pois atingiria os pontos nevrálgicos. Quais pontos são esses?

Financiamento público de campanha. Em alguns países da Europa, as campanhas eleitorais são subsidiadas pelo Estado, favorecendo uma maior equidade entre as candidaturas. Esse financiamento evitaria o abuso do poder econômico.

Para que esse financiamento evitasse o abuso econômico e a ampliasse a corrupção, seria necessário o aumento dos poderes da justiça eleitoral e de penalidades rigorosas para aqueles infratores que recebessem recursos de empresas ou particulares. Senão teremos mais um escoadouro dos parcos recursos públicos.

Voto em lista partidária. Essa proposta, que aparentemente visa o fortalecimento dos frágeis partidos políticos, pode ampliar o controle, por parte das lideranças tradicionais, das máquinas partidárias. Com essa medida, a tradição oligárquica dos partidos impediria o surgimento de novas lideranças, tão necessárias para a renovação política.

Fidelidade partidária. Os eleitos precisam ter consciência de que o mandato não lhes pertence. Sua eleição coube, principalmente, a estrutura partidária e coligações, que permitiram o coeficiente eleitoral mínimo para a conquista dos mandatos. Até pouco tempo, mal eram eleito, vereadores, deputados e senadores mudavam de legenda ao sabor das conveniências individuais.

Como o Congresso Nacional ainda não legislou sobre a matéria, o Supremo Tribunal Federal tem agido acertadamente na cassação daqueles que abandonam as legendas sem uma justa causa.

Mais importantes do que esses pontos que estão em discussão, temos outros que ainda não ganharam a devida atenção por parte dos deputados e analistas políticos. Ainda continuamos com a obrigatoriedade do voto, que não condiz mais com os princípios do livre exercício da democracia.

Além disso, não se ouve falar em uma reforma que, de fato, signifique a ampliação dos mecanismos populares de fiscalização, controle e retomada de mandatos legislativos e executivos que não atendam as demandas sociais. O controle dos deputados e senadores fica sob a inteira responsabilidade dos pares, que obedece a princípios corporativos arcaicos não condizentes com os avanços da democracia participativa.

Mas, pelo andar saculejante da carruagem, a tão necessária reforma política não será nem apreciada nessa legislatura. Já envolvidos no processo sucessório de 2010, parlamentares da oposição e situação não demonstram nenhum interesse político em alterar o frágil sistema eleitoral brasileiro, salvo raríssimas exceções!

Quando muito, os nobres deputados e senadores da nossa espoliada república criarão, casuisticamente, uma brecha na legislação eleitoral para mudarem de partido. E tudo continuará como antes. Pior para todos nós.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

28 de mai de 2009

Al Qaeda quer "explodir" o Congresso Nacional!

Clique em "Cotidiano - Figurão da Al Qaeda" e depois em Play e assita o vídeo.


Postagens relacionadas: "Novidade: Irregularidade no Senado Federal. Parece que é a primeira!", clique aqui.
"Mas uma no Senado Federal! A punição é simples: ressarcir aos cofres do Senado", clique aqui.
"Revistas : Senador Efraim Morais (DEM/PB) mantinha 52 fantasmas", clique aqui.
"Esse Senado Federal!!!", clique aqui.
"Ex-deputado federal critica Efraim (DEM/PB)", clique aqui.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

Padre Henrique é homenageado na Câmara do Recife

Padre Henrique

Com as galerias do plenário lotadas, principalmente por jovens, a Câmara Municipal do Recife homenageou o padre Antônio Henrique Pereira Neto em sessão solene na manhã desta quarta-feira, 27. Visivelmente emocionados, os vereadores Marília Arraes (PSB) e Luciano Siqueira (PCdoB), respectivamente autores da sessão e da entrega da Medalha do Mérito José Mariano, ressaltaram a importância de relembrar a morte do religioso, assassinado pela repressão, na ditadura militar. O ministro da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República, Paulo Vannuchi, participou da solenidade.

Câmara Municipal do Recife

A sessão começou às 10h. A medalha foi entregue por Luciano Siqueira e o diploma do mérito por Marília Arraes à irmã do religioso, a professora universitária Isaíras Pereira. Os alunos do turno da manhã da Escola Municipal Padre Henrique fizeram-se presentes. Um intérprete de libras – a linguagem dos surdos-mudos – transmitiu a sessão para deficientes. O padre Henrique, cujo corpo foi encontrado num terreno baldio no Engenho do Meio, no dia 29 de maio de 1969, com marcas de torturas, trabalhava na conscientização de jovens, com o apoio de Dom Helder Câmara. Até hoje a justiça não apontou os culpados pelo crime. “Acho que a justiça ainda precisa acordar. Mas não quero falar de coisas tristes. Todos os homens precisam de sonhos e esperança e essa era a bandeira do meu irmão”, disse Isaíras Pereira.

Ela relembrou o dia do sequestro e da morte do irmão, os constrangimentos, as ameaças constantes e tentativas de sequestro dos familiares, após a morte de padre Henrique. E agradeceu aos vereadores pelas homenagens e também ao ministro, que fez um discurso incluindo o padre Henrique entre os mártires e heróis da recente história do Brasil. O ministro Paulo Vannuchi elogiou a iniciativa dos vereadores da Câmara Municipal do Recife considerando que a morte do religioso foi um processo sistemático de violação dos Direitos Humanos. "Por isso, é importante relembrar os acontecimentos em sessões com esta, em inaugurações de monumentos e na educação escolar, para que as gerações mais novas não deixem fatos do gênero voltarem a acontecer”.

O ministro advertiu que, apesar de o processo que apura a morte do padre estar arquivado, o Supremo Tribunal Federal decidiu que os crimes da repressão podem ser reabertos, por serem imprescritíveis.”Isso é importante porque o Judiciário fará o reconhecimento dos criminosos, nem que seja em ação declaratória”, afirmou. Neta do ex-governador Miguel Arraes, deposto do cargo, preso e exilado político, a vereadora Marília Arraes, que presidiu a primeira sessão solene do seu mandato, disse que “padre Henrique foi o primeiro padre, entre tantos, na América Latina, a ser assassinado pelo seu engajamento pastoral, mas sua morte, sua martirização de repercussão nacional e internacional, praticamente imunizou Dom Helder e outras 31 pessoas perseguidas pelo Comando de Caça aos Comunistas, CCC.”

O vereador Luciano Siqueira, que foi militante do PCdoB na mesma época de atuação do padre Henrique, disse que a homenagem tinha dois significados: “No momento em que vislumbramos alternativas concretas de desenvolvimento e mudança, somos levados a refletir e a fazer uma releitura da nossa história. Os dois sentidos desta reunião são resgatar a história e renovar os nossos ideais, as nossas esperanças de construir uma pátria livre em que predomine a solidariedade entre os homens”. Luciano Siqueira também ressaltou que “o padre Henrique, tocado pela Teologia da Libertação, foi discípulo de Dom Hélder e promoveu a compaixão, o amor ao próximo, a solidariedade, o desejo de justiça”. Ele também leu uma carta aberta à população, escrita por Dom Helder no dia 27 de maio de 1969, na qual relata os acontecimentos que estão completando 40 anos.

As irmãs do padre Henrique, Maria Concepta e Terezinha de Jesus, além de Isaíras, participaram da sessão solene. Também estiveram presentes o aluno do padre, deputado Pedro Eurico; o amigo que foi uma das últimas pessoas a vê-lo, Sérgio Brandão; a irmã de Jonas José Barros, fuzilado em 1964, Marisa Barros; o ex-militante do PCBR, Marcelo Mário Melo; a viúva de Arraes, dona Magdalena Arraes; a secretária de Direitos Humanos do Recife, Amparo Araújo; o secretário de Coordenação Política do Recife, Roberto Arraes; a mãe de Fernando Santa Cruz, Inezita Santa Cruz, e o irmão dele, o vereador de Olinda Marcelo Santa Cruz; religiosos como o padre José Edwaldo e representantes do movimento social.

Fonte: CMR

Visite também textos relacionados:

- Enciclopédia Nordeste, clique aqui.

- Pernambuco de A-Z, clique aqui.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

João Pessoa: Projeto amplia licença-paternidade para servidores

Vereador Bira (PSB-PB)

Um projeto de lei apresentado na terça-feira (26), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), amplia a licença-paternidade dos servidores públicos municipais de cinco para 30 dias após o nascimento do filho ou adoção. O projeto apresentado pelo vereador Ubiratan Pereira, Bira, PSB, irá incluir a licença na lei municipal 2.380, de 26 de março de 1979, que dispõe sobre o 'Estatuto dos Funcionários Públicos de João Pessoa', que surgiu anteriormente às Constituições Federal e Estadual.

O projeto que amplia a licença-paternidade será encaminhado para as Comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e Políticas Públicas (CPP) antes de ser votado em plenário. De acordo com o vereador Bira, é importante assegurar que, assim como a mãe, o pai também tenha direito a uma licença superior aos cinco dias previstos hoje na Constituição Federal. “Queremos incluir na legislação municipal esse período de adaptação do pai com o bebê como forma de estabelecer um vínculo afetivo com a criança, além de contribuir para o seu crescimento”, explicou.

Bira acrescentou que outro fator importante é que, com uma licença de 30 dias, os pais também poderão ajudar as mães nos primeiros dias de vida do bebê. Segundo ele, a ausência paterna sobrecarrega a mãe que se encontra com limitações físicas e que necessita de auxílio nos cuidados do recém-nascido.

O projeto de lei também estabelece a licença de 30 dias para a adoção de crianças e adolescentes para os novos pais. “É imprescindível a presença do pai e da mãe junto a criança adotada até como estímulo à política para modificar a idéia de que cuidar dos filhos é responsabilidade exclusiva das mães”, avaliou o vereador Bira.

Fonte: CMJP



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

PT recomendará voto contrário a PEC do terceiro mandato


O líder do PT, deputado Cândido Vacarezza (SP), afirmou hoje que vai recomendar voto contrário à proposta de emenda à Constituição do deputado Jackson Barreto (PMDB-SE) que estabelece a possibilidade de um terceiro mandato consecutivo para prefeitos, governadores e presidentes da República. Ele não vai pedir aos deputados de seu partido, no entanto, que retirem a assinatura de apoio à proposta.

O deputado Jackson Barreto anunciou hoje em plenário que já tem o número de assinaturas necessário (171) para a apresentação da PEC e deve protocolá-la ainda hoje. O parlamentar considera a mudança importante, pois viabilizará um mecanismo para garantir a estabilidade, especialmente em momentos de crise.

Barreto acredita que a população terá consciência crítica na hora do voto para decidir se um governante deve ter o direito a um terceiro mandato consecutivo.

Fonte: Agência Câmara


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

Novidade: Irregularidade no Senado Federal. Parece que é a primeira!

José Sarney (PMDB-AP)

Presidente do Senado reconhece recebimento irregular de auxílio-moradia

José Sarney recebe desde o ano passado mesmo tendo imóvel no DF. Ele mandou cancelar seu benefício e prometeu novas regras.

Por Eduardo Bresciani, do G1

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), admitiu nesta quinta-feira (28) receber de forma irregular auxílio-moradia de R$ 3,8 mil mensais desde o ano passado. Ele disse ter ordenado o cancelamento do pagamento e prometeu debater novas regras para o pagamento do auxílio-moradia em reunião da Mesa Diretora que acontece nesta manhã.

A Mesa também decidiu que os senadores que receberam de forma irregular o benefício de auxílio-moradia terão de devolver o dinheiro. O ressarcimento será feito por meio de desconto na folha de pagamento dos senadores.

Sarney tem residência em Brasília, o que impediria o recebimento do benefício. Seu caso agrava-se ainda pelo fato de que desde fevereiro, por ser presidente da Casa, ele mora na residência oficial do Senado.

No início da semana, ele negou o recebimento em conversa com alguns jornalistas, mas nesta quinta-feira retificou a informação. O presidente do Senado atribuiu o pagamento a algum erro administrativo. Segundo ele, em mais de 30 anos de mandato nunca pediu para receber o benefício.

“Quero pedir desculpas pela informação errada que eu dei. Eu nunca pedi auxílio-moradia, mas por um equívoco, a partir de 2008, me informaram que realmente estava sendo depositado na minha conta o auxílio-moradia. Eu já mandei retirar isso”, afirmou Sarney.

Atualização ás 14:13 - 28/05/2009.

De acordo com a Folha de S. Paulo, outros três senadores vinham recebendo auxílio-moradia de R$ 3.800 mesmo morando em apartamentos funcionais do Senado: João Pedro (PT-AM), Cícero Lucena (PSDB-PB) e Gilberto Gollner (DEM-MT). Após serem procurados pela reportagem, todos pediram o cancelamento do auxílio.

Fonte: Congresso em Foco

Meu comentário:

Até quando os políticos ficarão com essa retórica cínica e vergonhosa de "vou devolver o dinheiro" e que novas regras serão criadas. Parem tudo, façam urgente uma moralização completa no Senado Federal.

E imaginem na Câmara dos Deputados que têm mais de 6 vezes a quantidade de políticos (Senado 81, Câmara 513) será que existe alguma irregularidade.

Alguém têm dúvida?

Esperamos que em 2010 vejamos alguma reação no voto, contra toda essa farra, essa vergonha nacional.


Postagens relacionadas: "Mas uma no Senado Federal! A punição é simples: ressarcir aos cofres do Senado", clique aqui.
"Revistas : Senador Efraim Morais (DEM/PB) mantinha 52 fantasmas", clique aqui.
"Esse Senado Federal!!!", clique aqui.
"Ex-deputado federal critica Efraim (DEM/PB)", clique aqui.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

27 de mai de 2009

O bom debate para Paraíba 2010 (II)


É imperativo o surgimento de novas lideranças!

Por Mauro Nunes, no seu site

“Jamais perca a perspectiva de que a sociedade, da qual você faz parte e que é você, é maior do que o governo. E muitas vezes maior do que governantes, chefes políticos e dirigentes de qualquer matiz”

Nunca, em toda sua história, a Paraíba apresentou um cenário político tão carente de novas lideranças. Lideranças que venham mudar o triste e grotesco quadro que ai está.

O tumulto do provincianismo do discurso fez o político esquecer-se do futuro e da sociedade. E, por conseqüência, pensar apenas em “seu” futuro.

Liderança, aliança e fidelidade são palavras que apodreceram no decorrer dos discursos que externam apenas “tomar” e “ter” o poder pelo poder.

A sociedade que se cuide! E trate de identificar novas lideranças. Elas existem e têm planos saudáveis e inteligentes para apoiar programas e projetos que atendem os anseios da população.

Não se mantenha adormecido. Exclua de seus hábitos o ouvir palavras tortuosas e repetidas de políticos, forjados em um cenário que já se extinguiu há mais de 50 anos.

Busque o novo. Ele existe e está bem próximo de você. Vamos fixar como missão “Encontrar e empossar novas lideranças” Nós temos esse poder e a capacidade de mudar.

As novas lideranças estão entre nós, são participes ativos da sociedade e de programas que cuidam em construir um novo cenário, um novo mundo, um novo paradigma. Acordem e vejam!

Converse com amigas e amigos e compreendam que a mudança é possível e pode ser viabilizada.

Estamos habituados a, no cotidiano, ouvir acusações, denúncias e desmentidos. Muitos com propositais tendências à desqualificação de posturas e comportamentos de adversários políticos.

Na verdade, e a rigor, assiste-se a uma desqualificação da população que fez suas opções nas eleições, e certamente, está ansiosa por mudanças melhorem suas vidas.

A imprensa da tinta, da voz e da tela (TV, rádio, PC e contatos pessoais), repositório dos mais respeitados formadores de opinião, talvez premidos pela normose, oferece guarida além da conta - como diria o mineiro - aos agentes políticos que nunca descem do palanque.

Estimulados por motivações as mais variadas, muitos políticos evitam debates e discussões de idéias e propostas, no que retardam enormemente um processo que deveria ser ágil e civilizado, porque de interesse direto de toda sociedade.

Além da imprensa, outros segmentos representativos da sociedade - professores, servidores públicos, lideranças políticas e empresariais, estudantes e profissionais liberais - precisam rever sua percepção e seu envolvimento nessas questões.

Reconhecidamente polêmica, porque pode atrair uma outra concepção conceituada como normose - que é o democratismo -, e com a convicção de que temos sido por demais tolerantes com ilicitudes e espertezas, arriscaria algumas provocações:

(1) atentar para as motivações quando da disseminação de opiniões com conteúdos que só ampliam a queda de braço entre os políticos. E que nada acrescentam ao debate civilizado;

(2) promover encontros, em fórum de total isenção - como a API - com formadores de opinião, para que se estabeleça de imediato, uma estratégia em busca da civilidade, de novas lideranças e da construção de propostas em torno do desenvolvimento sustentável da Paraíba;

(3) reservar espaço privilegiado aos formadores de opinião - seja profissional da palavra ou não - na imprensa da tinta, da voz, da tela e dos entendimentos pessoais - para elevar o nível dos debates e apresentar propostas que tenham significado para a sociedade.

A proposição é polêmica, além de atrevida. Mas, todos querem emprego, renda, educação, saúde, diminuição da pobreza, alimentos, água, mais civilidade no trato da coisa pública etc. São interesses comuns convergentes que estão claramente definidos.

Se os objetivos são comuns e a divergência, ou polêmica, situa-se apenas no plano das metodologias (como fazer), certamente, a reconhecida inteligência dos paraibanos encontrará o caminho mais adequado.

Esteja atenta a sociedade. Para não permitir que a esperteza de poucos crie uma cultura perversa que ultrapasse a civilidade e se transfira perigosamente como princípios de posturas e atitudes futuras das atuais gerações.

Afinal, mesmo que atrevidamente, pensar na construção do futuro é pensar em um cenário de maior civilidade, integridade e honestidade para nossos filhos e netos. Filhos e netos dos formadores de opinião, dos atores políticos e das lideranças novas

Converse com suas amigas e com seus amigos sobre um novo projeto de buscar novas lideranças políticas em nosso Estado. Existem! É viável! E exeqüível em curto prazo! As gerações futuras lhe agradecerão e ficarão honradas com suas atitudes de hoje. Por isso você será lembrado!

Postagem relacionada: "O bom debate para Paraíba 2010", clique aqui.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

25 de mai de 2009

O Lula é o melhor até no Blog do Senador do PSDB

Presidente Lula (PT)

Por Fábio Rodrigues

Hoje andei lendo no Blog do Rovai que uma enquete promovida pelo blog do Senador Alvaro Dias (PSDB-PR) perguntava o seguinte: Quem foi o melhor presidente para o Brasil?

Uma pergunta ousada e que o senador colocou apenas duas opções: Lula e FHC.

Adivinhem o resultado: Lula - 66% e FHC - 34% (Vitória no 1º turno).

Até no seu próprio blog, divulgado amplamente entre seus correligionários, o Lula saiu com uma vitória esmagadora.

Surgiram até teses que os visitantes predominantes do blog do senador psdbista são petistas.

O senador Alvaro Dias é o "pai da CPI da Petrobras".

Será que até os que votam no Alvaro sabem que o melhor para o Brasil é Lula e continuará a ser com Dilma em 2011?

Vejam no Blog do Senador, clique aqui.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

Analfabetos e reprovados em exame conseguem Habilitação no Detran-PB


Analfabetos e reprovados nos exames para obtenção da Carteira de Habilitação conseguem retirar o documento junto ao Detran da Paraíba. O caso foi revelado nesta segunda-feira (25) pelo superintendente do órgão Américo Uchôa, durante entrevista coletiva concedida na sede do Detran, em Mangabeira, em João Pessoa.

O fato foi constatato pela comissão designada especialmente para investigar irregularidades no setor de habilitação do órgão.

Segundo Uchôa, o benefício teria sido proporcionado através da ajuda de funcionários do órgão.

No final da manhã de hoje a Assessoria de Imprensa do Detran-PB divulgou nota informando que o órgão afastou seis servidores das suas funções e apura aprovação irregular de candidatos e concessão de Carteira Nacional de Habilitação para analfabetos.

A seguir a nota na íntegra:

Detran afasta 6 servidores das funções e apura aprovação irregular de candidatos e concessão de Carteira Nacional de Habilitação para analfabetos

Seis funcionários do Departamento Estadual de Trânsito, Detran, foram afastados das funções até a conclusão de processos administrativos que vão apurar o suposto envolvimento dos mesmos em irregularidades.

Um assistente administrativo lotado no policiamento de trânsito (blitz) foi afastado por 30 dias. Os outros servidores são ligados à Divisão de Habilitação e foram afastados por 60 dais.

As medidas foram anunciadas nesta segunda-feira, pelo Cel. Américo Uchôa, superintendente do órgão. Mas as portarias determinado o afastamento dos funcionários estão publicadas no Diário Oficial do último sábado (23).

O Diretor de Operações, Tarcísio Lacerda, que é policial federal aposentado, vai presidir uma Comissão Especial de Processo Administrativo Disciplinar criada para apurar supostas irregularidades administrativas atribuídas aos servidores através do relatório de uma comissão de sindicância instituída no dia 13 de março deste ano.

A comissão concluiu que cinco funcionários ligados à Divisão de Habilitação “tiveram acesso e , possivelmente, modificaram os códigos de resultados de exames de legislação, psicotécnicos e de direção, a fim de que candidatos naturalmente inaptos, inclusive analfabetos ou que anteriormente tivessem sido reprovados em alguma etapa, conseguissem a aprovação nos exames obrigatórios para a obtenção de permissão para dirigir , renovação ou mudança de categoria da carteira nacional de habilitação”.

De acordo com o Estatuto dos servidores Públicos Civis da Paraíba, o funcionário envolvido no referido crime administrativo estará sujeito a pena de demissão, prevista no artigo 120, incisos I, IV, XI e XIII.

Segundo o Cel. Uchôa, a comissão processante garantirá a cada um dos acusados o direito a ampla defesa e a permissão para a apresentação de provas em seu favor. O Superintendente revelou que mais 3 comissões estão apurando denúncias de irregularidades administrativas e disse que o objetivo é garantir a transparência das ações do órgão e evitar que funcionários cumpridores da lei paguem pelos erros de servidores corruptos.

Outros funcionários acusados de participação no esquema de irregularidades no setor de habilitação ainda podem ser afastados e um Centro de Formação de Condutores será descredenciado. Se forem comprovadas as denúncias, as carteiras de habilitação fornecidas irregularmente serão cassadas.

Fonte: Portal Correio.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

A mudança sem retorno


Por Venício A. de Lima, no Observatório da Imprensa

Reproduzido da Agência Carta Maior

Duas pesquisas divulgadas recentemente mostram, de forma inequívoca, a dimensão das mudanças que estão ocorrendo no "consumo" de mídia, tanto no Brasil como no mundo. Elas são tão rápidas e com implicações tão profundas que, às vezes, provocam reações inconformadas de empresários e/ou autoridades que revelam sérias dificuldades para compreender ou aceitar o que de fato está acontecendo no setor de comunicações.

Internet supera TV

A primeira dessas pesquisas é "O Futuro da Mídia" desenvolvida pela Deloitte e pelo Harrison Group. A Deloitte é a marca sob a qual profissionais que atuam em diferentes firmas em todo o mundo colaboram para oferecer serviços de auditoria e consultoria. Essas firmas são membros da Deloitte Touche Tohmatsu, uma verein (associação) estabelecida na Suíça (ver aqui). Já o Harrison Group é uma consultoria independente com sede nos EUA.

A pesquisa, realizada simultaneamente nos EUA, na Alemanha, na Inglaterra, no Japão e no Brasil, identificou como pessoas entre 14 e 75 anos "consomem" mídia hoje e o que esperam da mídia no futuro. A coleta de dados foi feita entre 17 de setembro e 20 de outubro de 2008 e a amostra foi dividida em quatro grupos de faixas etárias: a "Geração Y", com idade entre 14 e 25 anos; a "Geração X", que tem entre 26 e 42 anos; a "Geração Baby Boom", formada por pessoas entre 43 e 61 anos; e a "Geração Madura", que compreende os consumidores entre 62 e 75 anos. No Brasil, foram ouvidas 1.022 pessoas, classificadas nas quatro faixas etárias.

Vale a pena transcrever o que a própria Deloitte relata sobre alguns dos resultados referentes ao Brasil (cf. Deloitte, Mundo Corporativo nº 24, abril/junho 2009).

"O levantamento mostra que o Brasil, com um mercado formado essencialmente por um público jovem é, dos cinco países participantes da pesquisa, aquele em que os consumidores gastam mais tempo por semana consumindo informações ofertadas pelos mais variados meios de comunicação e se mostram especialmente envolvidos com atividades on-line. Os consumidores brasileiros gastam 82 horas por semana interagindo com diversos tipos de mídia, incluindo o celular. Para a grande maioria (81%), o computador superou a televisão como fonte de entretenimento. Os videogames e os jogos de computador constituem importantes formas de diversão para 58% dos entrevistados. (...)"

Uma das principais informações reveladas é que o usuário quer participar, interferir. De acordo com as entrevistas realizadas com o público nacional, 83% dos consumidores de mídia produzem seu próprio conteúdo de entretenimento usando, por exemplo, programas de edição de fotos, vídeos e músicas. O público de faixa etária entre 26 e 42 anos é o mais envolvido com atividades interativas na rede. Quanto mais jovem, mais propenso a produzir seu próprio conteúdo online.

Um dado extremamente revelador é que assistir à televisão é a fonte de entretenimento preferida pelos entrevistados de todos os países participantes da pesquisa, com exceção do Brasil. Entre nós, a TV aparece em terceiro lugar, as revistas em sétimo, o rádio em nono e os jornais, em décimo.

O quadro (adaptado) abaixo revela as preferências brasileiras.

Fontes de entretenimento favoritas – Brasil

1º) Assistir a filmes em casa (não inclui filmes na TV) – 55 %

2º) Navegar na internet por interesses pessoais ou sociais – 53 %

3º) Assistir à televisão – 46 %

4º) Ouvir música (usando qualquer dispositivo) – 36 %

5º) Ir ao cinema – 30 %

6º) Ler livros (impressos ou online) – 25 %

7º) Ler revistas (impressas ou online) – 16 %

8º) – Jogar videogames ou jogos de computador – 14 %

9º) Ouvir rádio – 13 %

10º) Ler jornais (impressos ou online) – 12 %

Para um país acostumado – há décadas – à hegemonia não só da televisão, mas de uma única rede de TV, esses dados não deixam de ser surpreendentes.

Participação ativa

Já a vontade majoritária de participar e interferir na construção do conteúdo, revelada pelos entrevistados brasileiros, acaba de vez com a idéia do obtuso "Homer Simpson" (cf. L. Leal Filho, "De Bonner para Homer", CartaCapital, 7/12/2005) e com o mito da passividade dos nossos leitores, ouvintes e telespectadores.

Mais do que isso, os dados colidem frontalmente com as práticas históricas dos principais grupos de mídia brasileiros que, salvo raras exceções, sequer admitem a existência de ouvidorias ou de ombudsman em suas empresas.

A supremacia das redes sociais

A pesquisa Deloitte/Harrison faz referencia a outra pesquisa divulgada em junho de 2008 pelo Ibope/Net Ratings sobre o surgimento das "redes sociais virtuais", ou seja, os sites de relacionamento que reúnem internautas com os mesmos interesses. Segundo esta pesquisa, 18,5 milhões de pessoas haviam navegado neste tipo de site em maio de 2008. Se somados os fotologs, videologs e programas de mensagens instantâneas, o número salta para 20,6 milhões.

Pois bem. No painel de abertura do 8º Tela Viva Móvel, na quarta-feira (20/5), em São Paulo, o gerente de conteúdo e aplicações da Oi, Gustavo Alvim, informa que as redes sociais já desempenham papel mais importante que o acesso a emails no cenário da internet mundial. Em média, enquanto 65,1% dos usuários mundiais de internet acessam emails, 66,8% acessam redes sociais. "E o Brasil é o líder absoluto em redes sociais, com 85% de seus internautas que acessam pelo menos uma rede social."

Os dados vêm confirmar a aplicabilidade da hipótese do long tail (Chris Anderson) à "cultura convergente" – como faz Henry Jenkins – e, particularmente, reafirmar a tendência já prevalente da contextualização, análise e organização capilar de conteúdos, inclusive os jornalísticos, em sites e blogs, deixando para trás os velhos modelos dos jornais impressos diários.

"Pendurados na internet"

Diante desses dados – e das importantes transformações que sinalizam – é que se deve compreender a recente declaração do ministro das Comunicações na abertura do 25º Congresso Brasileiro de Radiodifusão, no dia 19/5, em Brasília.

Segundo relata Mariana Mazza do Televiva News, depois de fazer uma vigorosa defesa da radiodifusão e registrar o abismo entre o faturamento da radiodifusão e das telecomunicações – "o setor de comunicação fatura R$ 110 bilhões por ano. Desse total, somente R$ 1 bilhão é do rádio e R$ 12 bilhões das TVs. O resto vocês sabem muito bem onde está" –, o ministro sugeriu que os jovens devem usar menos a internet e assistir mais programas de TV e de rádio. "Essa juventude tem que parar de só ficar pendurada na internet. Tem que assistir mais rádio e televisão."

Ao que parece o senhor ministro – e os radiodifusores que ele tão bem representa – estão realmente perdendo o bonde da história.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

24 de mai de 2009

Recife: em defesa da Petrobras


EM DEFESA DA PETROBRAS CONTRA A SANHA PRIVATISTA DO PSDB / DEM


Audiência Pública - Câmara dos Vereadores do Recife
Segunda-feira, 25/05/2009 - às 09 horas

Mais uma vez o PSDB de Serra/FHC, com o apoio do DEM, promove um ataque político ao patrimônio público do povo brasileiro. No momento em que a PETROBRÁS, sob o Governo LULA, se torna uma das maiores e melhores empresas no ramo petrolífero, com reconhecimento e respeitabilidade internacional, a oposição inventa uma CPI cujo notório objetivo é atingir o nosso governo e fragilizar a PETROBRÁS.

Quando as descobertas das reservas pretolíferas, com o pré-sal, colocam o Brasil como um dos países que terão a liderança no setor; quando o biocombustível. com investimento da PETROBRÁS coloca o Brasil como líder mundial na política de energia renovável e limpa; quando a PETROBRÁS se torna um dos suportes principais do PAC e dos investimentos em infra-estrutrura o PSDB/DEM quer fragilizar a ação de nossa estatal.

Não é de se descartar que o interesse que está por trás desta CPI seja querer desmoralizar a estatal PETROBRÁS, para num cenário futuro, se vierem a ganhar as eleições presidenciais, Serra justificar a iniciativa de privatizar a empresa. Não faltaria interesse de grandes grupos internacionais em abocanhar as reservas petrolíferas brasileiras.

Lembremos da entrevista em que Mendonça de Barros, teórico tucano e ex-ministro de FHC, defendeu abertamente a privatização da PETROBRÁS.

Se há, por parte de quem quer que seja, dúvidas sobre a condução dos trabalhos da PETROBRÁS, existem instrumentos para fiscalização como o TCU e outros. A sociedade brasileira já está cansada de ver CPI criada pela oposição só para ser palanque político-eleitoreiro contra o Governo LULA e não ter nenhum objeto real de investigação.

Por isso, convocamos nossos deputados, vereadores, lideranças políticas, militância, filiados e simpatizantes a cerrarem fileiras em defesa da Petrobrás.

Junto com a CUT e os movimentos sociais o Partido dos Trabalhadores em Pernambuco assume seu lugar na luta em defesa do patrimônio público brasileiro e da soberania do Brasil sobre suas riquezas.

PARTIDO DOS TRABALHADORES-PE

Postagens relacionadas: "A CPI da Petrobras e os Senadores do bem", clique aqui.
"Petrobrax para iniciantes", clique aqui.
"Proteste você também!", clique aqui.
"A CPI da Petrobrax e a tucanalhada", clique aqui.
"A verdade precisa ser dita!", clique aqui.
"Os senadores de Pernambuco se colocaram contra os interesses de Pernambuco" - Fernando Bezerra Coelho, clique aqui.

Postado originalmente às 16:13 - 22/05/2009.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

RS: CPI será instalada na AL

Daniel Bordignon (PT/RS)

Bordignon diz que os deputados estão no caminho certo, e que a CPI será instalada na AL

Por Marcela Santos

No início da tarde de quinta-feira (21), os deputados Paulo Borges e Marquinho Lang, do DEM, assinaram o pedido de CPI para averiguar as denúncias de desvio de recursos oriundos da campanha eleitoral e favorecimento em licitações. A decisão foi tomada após manifestação do deputado Coffy Rodrigues (PSDB), que chegou a falar em impeachment do vice-governador Paulo Feijó. "Nosso partido não se presta à chantagem política", disse o deputado Paulo Borges (DEM).

Conforme Bordignon, a intervenção do deputado Coffy precipitou os acontecimentos. "Os dois deputados democratas anteciparam suas assinaturas, e comprovaram que a CPI não está sepultada". O petista ressalta que todas as acusações à governadora de eventual ‘caixa dois do caixa dois’ dentro do governo, são feitas pelo próprio governo. "Nenhuma denúncia foi feita pela oposição. A base do governo que denunciou o vice-governador", critica.

Ele afirma que a oposição tem agido com o maior zelo possível, e de acordo com as atribuições de um parlamentar. "Estamos apenas fazendo nossa função, que é legislar e fiscalizar o Executivo. Queremos uma CPI da Assembleia Legislativa, não da oposição", garante, lembrando que o documento que solicita a comissão está sendo construído por deputados de várias bancadas.

Até agora, o requerimento possui 16 das 19 assinaturas necessárias à criação da CPI. O deputado Paulo Azeredo (PDT) deverá aderir ao pedido ainda hoje.

Fonte: Agência de Notícias - AL/RS.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

23 de mai de 2009

Para tucanos, "OFENDER a PRIVATIZAÇÃO" seria "corrupção"...


Em primeira mão no blog "Os amigos do Presidente Lula"

Um flagrante atualíssimo do projeto do tucanato de José Serra para privatizar a Petrobrás e o pré-sal do Brasil, entregando a PetrobraX do capital internacional.

Passo a passo:

2007 - Tucano "denuncia" que Petrobrás OFENDE a lei de "desestatização"

Lula reeleito, a Petrobrás, muito bem administrada, se expande. Adquire o controle da Suzano Petroquímica S.A.

O atual secretário de educação de José Serra, Paulo Renato de Souza, entra com denúncia contra a Petrobrás no MPF (Ministério Público Federal) e no TCU (Tribunal de Contas da União), contrária à essa aquisição.

O motivo?

O tucano denuncia ao TCU e MPF que a Petrobrás cometeu o seguinte "crime":

"ILEGALIDADE DA AQUISIÇÃO POR OFENSA AO PROGRAMA NACIONAL DE DESESTATIZAÇÃO."

Leia texto completo no Blog Amigos do Presidente Lula, clique aqui.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

22 de mai de 2009

Esse Brasil é nosso, faremos o melhor para vê-lo sorrindo e amando!


Por Fábio Rodrigues

Como deixar esse ano sem fazer uma breve reflexão do que passou e do que está por vir. Cada um teve suas vitórias e soube bem que são capazes de conquistar novas batalhas. Vejo que o povo brasileiro está mais aguerrido, mais lutador, mais animado, mais participativo, mas inclusivo. Vejo o sorriso no rosto dos mais sofridos, dos ex-cluídos (agora ganha dignidade e podem sonhar), vejo uma luz que brilha na terra e no céu. E isso, não é uma pequena e única estrela no ar, é uma constelação de seres vivos que querem e irão influenciar para construção de um mundo melhor, mais justo, mais fraterno, mais igualitário.

Como poderia definir esse momento que o Brasil vive? Prosperidade. Crescimento sustentável. Desenvolvimento econômico-social. Enfim, as definições e interpretações temos várias e o que de fato nos emociona é vermos que o nosso país está diminuindo uma exclusão social histórica, através da distribuição de renda, geração de milhares de emprego, resgate das instituições públicas, democratização do ensino superior e da energia elétrica, manutenção do homem no campo, entre tantos e outros.

Vamos em frente nessa caminhada de luta e de muito trabalho e suor. Não podemos desistir, a perseverança será nossa bandeira maior. Nunca na história desse país tivemos a oportunidade de concretizar uma infinidade de sonhos relativos ao bem-estar social dos nossos irmãos e irmãs brasileiras. Nessa luta que enfrentaremos não teremos apenas um ganhador, teremos uma vitória radicalmente coletiva e humanitária.

Continuo acreditando na humanidade e na sua capacidade de disseminar o bem e o amor, por isso não tenho dúvida que estaremos no ano quem vem e nos 100 anos próximos bem melhores do que estamos hoje. Isso é uma meta para o curto, médio e longo prazo e não poderemos deixar que a "escravidão capitalista" nos faça diminuir o ritmo ou escurecer nossa LUZ.

Desejo a todos e todas, um 2008 cheio de sonhos, muita amor no coração e que a luz infinita do Senhor Deus nos cubra eternamente.

Saudações otimistas, fraternas e sonhadoras.

(Escrito e enviado para minha rede social no final de 2007. Colocado hoje no blog para não esquecer e abandonar esse texto na minha caixa de e-mail.)



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

PT amplia liderança partidária e Dilma já ultrapassa 20% de intenção de voto


Pesquisa do instituto Vox Populi realizada entre os dias 2 e 7 de maio mostra que a ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, já tem entre 19% e 25% de intenção de votos para a Presidência da República, caso seja candidata em 2010.

O levantamento, que ouviu duas mil pessoas em todas as regiões do país, mostra ainda que o PT continua sendo o partido de maior preferência da população. O índice, que era de 25% em maio de 2008, saltou para 29% agora. Em seguida, vêm PMDB, com 8%; e PSDB, com 7%. O DEM, ex-PFL, tem apenas 1%.

Os números mostram que 59% dos entrevistados têm muita ou alguma simpatia pelo PT. Para 70%, o PT ajuda o Brasil a cerscer.

Encomendada pelo PT, a pesquisa mostra também um quadro de ampla aprovação popular ao governo Lula. A avaliação positiva do presidente (considerando os índices de ótimo, bom e regular positivo) chega a 87%. Para 60%, o Brasil melhorou nos últimos dois anos, enquanto 67% se dizem satisfeitos ou muito satisfeitos com o país.

O presidente nacional do PT, deputado Ricardo Berzoini, comemorou os resultados do levantamento.

“A pesquisa mostra um quadro muito positivo, pois o PT ampliou seu percentual de preferência partidária junto à população, com atributos positivos em vários aspectos. Nosso governo está com mais de 80% de aprovação. Isso mostra o acerto da condução partidária e das medidas de enfrentamento à crise mundial”, afirmou.

Berzoini também destacou a subida de Dilma na sondagem eleitoral. "O desempenho da Ministra Dilma é consistente, levando-se em conta que boa parte da população não a conhece e não sabe ainda que Lula e o PT a apóiam. Vamos apresentar um Programa com mais avanços e novas conquistas para as eleições de 2010, para trabalhar a ampla aprovação da maioria da população ao projeto em andamento no país"
Veja abaixo os principais números da pesquisa, que tem margem de erro de 2,2 pontos percentuais:

BRASIL

67% estão satisfeitos ou muito satisfeitos, igual a maio de 2008

27% estão insatisfeitos; 5% muito insatisfeitos

Para 60%, Brasil melhorou nos últimos anos

Para 14%, piorou

Para 56%, vai melhorar nos próximos 2 anos

Para 13%, vai piorar

PARTIDOS

Preferência

PT tem 29% da preferência partidária; alta de 4 pontos em relação a 2008 e de 10 pontos sobre 2004.

PMDB tem 8%; PSDB tem 7%; e DEM tem 1%

Eleitores sem preferência: 49%, queda de 15 pontos em relação a 2004 (64%)

Rejeição

PT tem 8% de rejeição, estável em relação a 2008

PMDB tem 5%; PSDB tem 5%; e DEM tem 3%

67% não rejeitam nenhum partido, queda de 2 pontos em relação a 2008 (69%)

Imagem

Primeiro partido que vem à cabeça: PT, 35%; PMDB, 24%; PSDB, 14%.

AVALIAÇÃO DO PT

59% têm muita ou alguma simpatia pelo PT, aumento de 12 pontos sobre 2008

81% acham o PT forte ou muito forte, aumento de 5 pontos em relação a 2008

65% consideram positiva a atuação do PT na política, aumento de 5 pontos sobre 2008

Para 70%, o PT ajuda o Brasil a crescer, aumento de 5 pontos sobre 2008

Opiniões sobre o PT

É dinâmico e trabalhador: 75%, contra 69% em 2008

É moderno, com idéias novas: 75%, contra 69% em 2008

Deve ter candidato próprio à Presidência: 68%, contra 67% em 2008

GOVERNO LULA

Desempenho do presidente

Avaliação positiva: 87% (ótimo, bom e regular positivo), contra 84% em 2008

Avaliação negativa: 13% (ruim, péssimo e regular negativo), contra 15% em 2008

Melhores ações do governo

Programas sociais, 36%; política econômica, 19%; Educação, 8%; Habitação, 7%

ELEIÇÕES

Partido do próximo presidente

Para 34%, próximo presidente deve ser do PT

Projeto de país

Para 73%, próximo presidente deve continuar com todas ou com a maioria das atuais políticas, contra 68% em 2008.

Candidato apoiado por Lula

23% votam com certeza no candidato apoiado por Lula

41% pode votar, dependendo do candidato

10% não votam

22% não levam isso em consideração

INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE, 1º turno, estimulada

Cenário 1

Ciro Gomes (PSB), Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Heloísa Helena (Psol)

Ciro, 23%; Dilma, 21%; Aécio, 18%; Heloísa, 10%; Branco/Nulo/NS, 18%

Cenário 2

Ciro Gomes (PSB), Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Heloísa Helena (Psol)

Serra, 36%; Dilma, 19%; Ciro, 17%; Heloísa, 8%; Branco/Nulo/NS, 19%

Comparativo: Em relação a maio de 2008, Dilma subiu 10 pontos; Serra caiu 10 pontos; e Ciro caiu 6 pontos.

Cenário 3

Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Heloísa Helena (Psol)

Dilma, 25%; Aécio, 20%; Heloísa, 16%; Brancos/Nulos/NS, 40%

Cenário 4

Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Heloísa Helena (Psol)

Serra, 43%; Dilma, 22%; Heloísa, 11%; Branco/Nulo/NS, 24%

Cenário 5

Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB)

Serra, 48%; Dilma, 25%; Branco/Nulo/NS, 37%

Rejeição

Heloísa, 17%; Aécio, 13%; Serra, 12%; Dilma, 11%; Ciro, 9%.

Fonte: Portal PT


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

21 de mai de 2009

Resultado da enquete: "Eleições 2010 - Presidente?"


Por Fábio Rodrigues

Com muita alegria que fechamos a segunda enquete do blog. Obtivemos 171 votos, distribuidos da seguinte forma:
1º - Dilma - PT = 97 votos (56%);
2º - Heloísa Helena - PSOL = 20 votos (11%);
3º - Serra - PSDB = 19 votos (11%);
4º - Ciro Gomes - PSB = 16 votos (9%)
5º - Aécio - PSDB = 13 votos (7%)
Brancos e nulos = 6 votos (3%).
Agradecemos a participação de todos e todas e lançamos mais duas novas enquetes: Governador da Paraíba e de Pernambuco.
Podem inaugurar a votação.


Atenção: Não se trata de pesquisa eleitoral com métodos científicos.



Comente nossas postagens! Com problemas para comentar? (clique aqui)

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Clique aqui e leia texto completo

O novo blog do delegado da PF Protógenes





Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

20 de mai de 2009

Petrobrax para iniciantes

Guerra (PSDB), Maciel (DEM) e Jarbas (PMDB)
Segundo FBC : os três estão contra Pernambuco

Por Leandro Fortes, no seu Blog

Eu estava mesmo querendo falar sobre essa incrível cruzada ao fundo do poço que a oposição, PSDB à frente, decidiu empreender contra a Petrobras, justo no momento em que a empresa se posiciona como uma das grandes do planeta. Sim, a inveja é uma merda, todo mundo sabe disso, mas mesmo a mais suntuosa das privadas tem um limite de retenção. Como não se faz CPI no Brasil sem um acordo prévio com publishers e redações, fiquei quieto, aqui no meu canto, com meus olhos de professor a esperar por um bom exemplo para estudo de caso, porque coisa chata é ficar perdido em conjecturas sem ter um mísero emblema para oferecer aos alunos ou, no caso, ao surpreendente número de pessoas que vem a este blog dar nem que seja uma olhada. Pois bem, esse dia chegou.

Assinante do UOL há cinco anos, é com ele que acordo para o mundo, o que não tem melhorado muito o meu humor matutino, diga-se de passagem. De cara, vejo estampada, em letras garrafo-digitais, a seguinte manchete:

Petrobras gastou R$ 47 bi sem licitação em seis anos

Teca, minha cocker spaniel semi-paralítica, se aninha nos meus pés, mas eu não consigo ficar parado. Piso nas patas traseiras dela, mas, felizmente, ela nada sente. A dedução, de tão lógica, me maltrata o ânimo. Se tamanha safadeza ocorreu nos últimos seis anos, trata-se da Era Lula, redondinha, do marco zero, em 2003, até os dias de hoje. Nisso, pelo menos, a matéria não me surpreende. Está lá:

Desde a posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a Petrobras gastou cerca de R$ 47 bilhões em contratos feitos sem licitação, informa reportagem de Rubens Valente, publicada na Folha desta quarta-feira (íntegra disponível para assinantes do UOL e do jornal).

Pá-pá-pá. Preto no branco. Tiro à queima roupa. Um lead jornalístico seco como biscoito de polvilho. Desde que chegou ao Planalto, Lula deixou a Petrobrás gastar 47 bilhões de reais em contratos sem licitação. Vamos, portanto, à CPI. Nada de chiadeira. Demos e tucanos, afinal, têm razão. Bilhões delas. Dane-se o Pré-Sal e o mercado de ações. Quem for brasileiro que siga Arthur Virgílio!

Mas, aí, vem o maldito segundo parágrafo, o sublead, essa réstia de informação que, pudesse ser limada da pirâmide invertida do texto jornalístico, pouparia à oposição tocar a CPI sem o constrangimento de ter que bolar malabarismos retóricos em torno das informações que se seguem. São elas, segundo a Folha On Line:

Amparada por decreto presidencial editado por Fernando Henrique Cardoso em 1998 e em decisões do STF (Supremo Tribunal Federal), a petroleira contratou sem licitação serviços como construção, aluguel e manutenção de prédios, vigilância, repasses a prefeituras, gastos com advogados e patrocínios culturais, entre outros. O valor corresponde a 36,4% do total de gastos com serviços (R$ 129 bilhões) da petroleira de janeiro de 2003 a abril de 2009.

A prática não começou com Lula. Somente entre 2001 e 2002, sob a administração de Fernando Henrique (PSDB-SP), a petroleira contratou cerca de R$ 25 bilhões sem licitações, em valores não atualizados.

Parem as rotativas digitais! Contenham as massas! Abatam os abutres! Como é que é? Volto à minha sala de aula imaginária (só poderia ser, porque hoje eu nem dou aula). Vamos fazer uma análise pontual do texto jornalístico, menos pelo estilo, impecável em sua dureza linear, diria até cartesiana, mas pela colocação equivocada das informações. Depois caem de pau em cima de mim porque defendo a obrigatoriedade do diploma. Vamos lá:

1) Na base da pirâmide invertida, há uma informação que deveria estar no lead e, mais ainda, no título da matéria. Senão, vejamos. Se entre 2001 e 2002 a Petrobras gastou 25 bilhões, “em valores não atualizados” (???), em contratos sem licitações, logo, a matéria deveria começar, em seu parágrafo inicial, com a seguinte informação: “Nos últimos oito anos, a Petrobras gastou R$ 72 bilhões (R$ 47 bilhões + R$ 25 bilhões, “em valores não atualizados”) em contratos sem licitações. Então, CPI nessa cambada! Mas que cambada? Sigamos em frente.

2) O mesmo derradeiro parágrafo informa que a “prática” se iniciou “sob a administração” de Fernando Henrique Cardoso, aquele presidente do PSDB. Aliás, reflito, só é “prática” porque começou com FHC. Se tivesse começado com Lula, seria bandalha mesmo. Mas sou um radical, não prestem atenção em mim. Continuemos a trabalhar dentro de parâmetros técnicos e jornalísticos. Logo, a CPI tem que partir para cima do PT e do PSDB. Um pouco mais em cima do PSDB. Por quê? Explico.

3) Ora, até eu que sou jornalista e, portanto, um foragido da matemática, sou capaz de perceber que se a Petrobrax de FHC gastou R$ 25 bilhões (em valores não atualizados!) em contratos sem licitação em apenas dois anos, e a Petrobras de Lula gastou R$ 47 bilhões em seis anos, há um desnível de gastos bastante razoável entre um e outro. Significa, por exemplo, que FHC gastou R$ 12,5 bilhões por ano. E Lula gastou R$ 7,8 bilhões por ano. Ação, segundo a reportagem da Folha, “amparada por decreto presidencial editado por Fernando Henrique Cardoso, em 1998, e em decisões do STF (Supremo Tribunal Federal)”. Poderia até acrescentar que a Petrobras vale no mercado, hoje, R$ 300 bilhões, e que valia R$ 54 bilhões quando FHC deixou o governo. Mas é preciso manter o foco jornal

4) Temos, então, uma lógica primária. Com base em uma lei de FHC, amparada pelo STF, a Petrobras tem feito contratos sem licitações, de 2001 até hoje. A “prática” é irregular? CPI neles! Todos. Mas, antes, hora de refazer o título e o lead!

Petrobrás gastou R$ 72 bi em contratos sem licitação, em oito anos

Desde 2001, durante o segundo mandato do presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), até abril deste ano, a Petrobras gastou cerca de R$ 72 bilhões em contratos feitos sem licitação. Os gastos foram autorizados, em 1998, por um decreto presidencial assinado por FHC e, posteriormente, amparados por decisões do Supremo Tribunal Federal (STF). Entre 2001 e 2002, a empresa, sob administração tucana, gastou R$ 25 bilhões em contratos do gênero, em valores não atualizados, uma média de R$ 12,5 bilhões por ano. No governo Lula, esses gastos chegaram a R$ 47 bilhões, entre 2003 e abril de 2009, uma média de R$ 7,8 bilhões anuais.

Bom, não sei vocês, mas eu adoro jornalismo. Em valores atualizados, claro.

Postagens relacionadas: "A CPI da Petrobrás e os Senadores do bem", clique aqui.
"Proteste você também!", clique aqui.
"A CPI da Petrobrax e a tucanalhada", clique aqui.
"A verdade precisa ser dita!", clique aqui.
"Os senadores de Pernambuco se colocaram contra os interesses de Pernambuco" - Fernando Bezerra Coelho, clique aqui.



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo

A CPI da Petrobras e os Senadores do bem


Por Fábio Rodrigues

Desde sexta-feira que temos nos noticiários nacionais a informação que a CPI da Petrobras é a mais nova onda da oposição. Existe suspeição de irregularidades nos contratos culturais na Bahia, na construção da Refinaria Abreu e Lima em Pernambuco e por aí vai.

Pois bem, essa CPI que tanto o PSDB e o DEM desejam de morte sua exposição deve ser analisada de forma bastante clara, sem muita paixão.

Algumas perguntas são intrigantes e merecem reflexão:

Será que todos os problemas administrativos do Senado Federal já foram resolvidos?

Será que a CPI é um refúgio para os Senadores, devido ao noticiário policial que se instalou na casa?

Com a crescente aprovação do Lula, será a CPI o único meio de diminuir a força do metalúrgico presidente para que ele não faça seu sucessor, ou sucessora?

O PSDB e DEM (ex-PFL) pensam que o povo é tão esquecido assim e não lembra que eles são os entreguistas e privatizadores da nação brasileira e essa de CPI pra proteger a Petrobras não engana nem menino buchudo?

Por que os Senadores não fazem uma pequena reforma política e acabam de vez com a imoralidade dos mandatos de 8 (oito) anos e com 2 (dois) suplentes ($$$$$$) sem voto?

A lógica dos direidistas é simples e manjada:

1 - Vamos fazer uma CPI;
2 - Encontraremos irregularidades pequenas e ampliamos;
3 - Passamos para opinião pública que a empresa é um mar de corrupção, mesmo não sendo;
4 - Isso tudo com o apoio dos meios de comunicação de massa;
5 - Ai fica fácil privatizar, pois levaremos para o povo a opção de eliminar a sangria do dinheiro público;
6 - Pronto, simples assim.

Os Senadores devem ir as ruas e escutar o clamor popular que essa CPI eleitoreira e politiqueira não servirá para a reeleição de nenhum deles. Muito pelo contrário, será uma forma de saber de qual lado eles estão: do lado do povo ou do lado do capital estrangeiro doidinho pela privatização da empresa.

Postagens relacionadas: "Petrobrax para iniciantes", clique aqui.
"Proteste você também!", clique aqui.
"A CPI da Petrobrax e a tucanalhada", clique aqui.
"A verdade precisa ser dita!", clique aqui.
"Os senadores de Pernambuco se colocaram contra os interesses de Pernambuco" - Fernando Bezerra Coelho, clique aqui.

Postado originalmente às 01:13 - 20/05/2009.


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Clique aqui e leia texto completo
Clique no link "Postagem(ns) mais antiga(s)" (acima), para continuar lendo nosso blog. E a qualquer momento clique no link "Início" para voltar a página inicial.