25 de dez de 2009

Natal. Fim de Ano... Consulte a Inteligência Universal!!


Por Mauro Nunes*

para o Blog do Fábio Rodrigues

É tempo de Reflexão e Meditação! É Tempo de Marcar Encontro com Deus, de consultar a inteligência universal e se integrar com a mente cósmica. É tempo de encontrá-lo além da fé. De compreender a sua inteligência. E de ter a convicção de que Ele é a fonte de todo impulso de amor, beleza e verdade. Medite, abra as portas da mente cósmica e encontre-se com Deus!

É tempo de refletir a vida. O momento sugere vontade e disposição para fazer o que deveria ser uma mantra de todas as horas e todos os instantes da nossa vida: avaliar nossa atitude e comportamento reações diante das mudanças que nos rodeiam, das pessoas que nos cercam e do impacto e influência recebida.

Mais uma vez estamos diante do desafio de renovar permanente nossa postura e estar sempres vigilante. Pois, como sabemos, para o mal seja feito, basta que os bons não façam nada!

Cada vez nos servimos menos da inteligência natural e mais importância damos ao racionalismo. Que só aceita o que se passa pela razão e os cinco sentidos. Há como que uma atitude preconceituosa quanto aos sentimentos, a intuição, e a ordem espiritual. Estamos mais próximo da matéria e mais distante da espiritualidade.

O século passado, da ciência, foi também o século do maior distanciamento entre técnica e religiosidade. A tecnologia avançou, como nunca em qualquer época da humanidade, e o espírito recuou. Valores foram invertidos e a sabedoria perdeu terreno para a esperteza.

Entramos em um quadrado quando abandonamos a terra. A terra cultivada passou a ser menos importante como meio de sobrevivência e fonte geradora de alimentos. As famílias abandonaram os campos. Deixaram de sentir o sol como energia e de se encantar com a amplitude das noites enluaradas. Perderam o costume das novenas e o saudável hábito da salutar convivência com os vizinhos. Correram a engrossar o congestionamento urbano e viajaram a procura das rendas que as terras abandonadas deixaram de oferecer.

Entramos em um quadrado com a era da industrialização. A pesquisa tecnológica evoluiu em velocidade não planejada. A máquina se sobrepôs ao homem. As pessoas passaram a ser menos importante que carros. Observe a batalha de todos os dias entre motoristas e pedestres. As máquinas substituíram pessoas.

As cidades incharam, as famílias se desintegraram, cresceu o exército de desempregados e desesperados. As periferias urbanas foram ocupadas pelos excedentes vindo dos campos, sem oportunidades nas cidades. As rendas para os necessitados foram reduzidas ou passaram a inexistir.

Entramos em um quadrado com a criação de demandas acima da nossa capacidade de absorção. O esforço para acompanhar a evolução da tecnologia passou a ser a agenda de todos os dias. O estímulo ao consumo desenfreado é de tal prioridade que as relações familiares foram reformuladas.

É cada vez menor o momento de convivência com as pessoas que deveriam se amar e serem amadas. Os esgotamentos físicos e mentais, inexistentes há quarenta ou cinqüenta anos, passou a ser considerado natural da rotina e até elogiado a quem o tem, embora mate.

As informações sobre as mudanças no mundo e o que elas fazem com a nossa vida passaram a ser servidas em bombardeios diuturnos e contínuos. E pouco é o tempo disponibilizado para usufruto dos resultados obtidos pelo esforço agonizante de cada um.

Esse diagnóstico, embora seja lugar-comum, representa, aqui e neste momento, o início de uma reflexão com o propósito de repensar o sentido da mudança e a mudança de sentido em nossas vidas.

Estamos embriagados pela mensagem mecânica do racionalismo científico e a lógica dos sentidos. Fomos ensinados a só aceitar como verdadeiro o que passa pelos cinco sentidos e a razão. E pelo raciocínio lógico, indutivo e dedutivo. Lampejos de lucidez, entretanto, sinalizam a vontade de mudar, de rever valores, de redefinir conceitos, de promover um rearranjo com o todo - com o Universo e com Deus. Então, vamos sair do quadrado!?

Prá não dizer que não falei de flores

FELIZ NATAL 2009

Abraços Cordiais
Mauro Nunes
Esteja com a Energia de Deus, sempre!

* Consultor de Estratégias empresariais e governamentais. Facilitador de Cursos de Gestão Estratégica.
Contribuições aos Sistemas Sebrae Unimed e O Boticário. Professor universitário, Diretor de Estratégias do Sebrae Nacional. Co-autor do Plano de Prioridades para as MPEmpresas brasileiras. Membro do movimento que criou o Sistema Nordeste de Apoio às MPE. Missão propositva de políticas de apoio aos pequenos negócios em Angola. Fundador da Institução (NAI), uma das inspiradoras da criação do Sebrae.

Postagem relacionada: "Bom Governante é ...", clique aqui.


Comente nossas postagens!

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique no link "Postagem(ns) mais antiga(s)" (acima), para continuar lendo nosso blog. E a qualquer momento clique no link "Início" para voltar a página inicial.