15 de nov de 2009

Curso, que custará R$ 450 mil, vai preparar 4.500 "multiplicadores" na região para 2010

André Regis (PSDB-PE)

Numa tentativa de mitigar a liderança do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na região, o PSDB dá início, na semana que vem, a uma série de cursos para formação de 4.500 "multiplicadores" no Nordeste. Com a previsão de gasto R$ 450 mil, o programa tem como meta o recrutamento e qualificação de mão-de-obra - voluntária ou contratada - para a campanha presidencial de 2010.

Sob a coordenação de um cientista político e um consultor de marketing, os futuros cabos eleitorais serão submetidos até a treinamento de técnica de abordagem e persuasão.

Promovido pelo Instituto Teotonio Vilela, o programa prevê a realização de 45 cursos no Nordeste. O custo previsto é de R$ 10 mil por workshop, incluindo o pagamento de professores. Seis professores deverão ser contratados para o programa, com uma remuneração de R$ 2.000 por aula.

Cada workshop consumirá um dia. Com uma carga de 10 a 12 horas, o curso será dividido em dois blocos: o político e o de marketing. Responsável pela organização do bloco de marketing de relacionamento, o consultor Luiz Fernando Leitão explica que a intenção é aplicar as técnicas de mercado à política. "Vamos adaptar o modelo de SRM (Gerenciamento de Relacionamento) ao voluntariado do PSDB", adiantou Leitão.

Ainda segundo Leitão, os multiplicadores receberão um "check list", um passo a passo para aproximação com eleitor, a exemplo do praticado entre empresa e clientes. Entre as dicas, é procurar o eleitor em seu aniversário. O programa inclui aulas sobre marketing de rede, com exploração de ferramentas da internet e de banco de dados.

A cargo do cientista político e presidente do ITV (Instituto Teotonio Vilela) de Pernambuco, André Regis (clique aqui e acesse perfil), o módulo político apresentará, além de fundamentos da social-democracia e realizações do PSDB, uma biografia dos governadores de São Paulo, José Serra, e de Minas Gerais, Aécio Neves. Pré-candidatos à Presidência da República, Serra e Aécio gravarão um depoimento para ser exibido aos alunos.

Inspirado na eleição do presidente americano, Barack Obama, Regis aposta na atração de voluntários no meio acadêmico, além dos filiados, simpatizantes e indicados pelos diretórios estaduais do PSDB. Segundo o comando do PSDB, os alunos terão direito a café da manhã e almoço, mas não receberão ajuda de custo para o curso. Embora a cúpula do partido insista na expressão "voluntariado", tucanos admitem a ideia de preparação de mão-de-obra a ser contratada nas eleições de 2010. O argumento é de que, ainda que contratados, os cabos eleitorais precisam ter afinidade com o PSDB.

"Não estamos falando de campanha agora", afirmou o presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), para quem é necessária a organização do partido nos Estados do Nordeste.

No Nordeste, os cursos acontecerão até março. O primeiro deles será no dia 14, em Salvador. Mas, segundo o presidente do ITV, deputado federal Luiz Paulo Vellozo Lucas (ES), a intenção é estendê-lo a outras regiões. "Esses multiplicadores estarão habilitados a trabalhar na campanha", disse. Designados pelos diretórios estaduais, segundo indicação de militantes e filiados, esses alunos receberão um certificado ao final do curso.

O PSDB tenta correr atrás da estrutura do PT. O partido tem hoje cadastrado 1,3 milhão de filiados, incluindo endereço eletrônico. A estimativa é que ao menos 100 mil se engajem na campanha da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil). Dilma, por sua vez, busca espaço em São Paulo, principal reduto do tucanato.

por Folha Online

Retirado: Primeira Edição



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FábioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique no link "Postagem(ns) mais antiga(s)" (acima), para continuar lendo nosso blog. E a qualquer momento clique no link "Início" para voltar a página inicial.