2 de out de 2009

Lula usa slogan de Obama para defender Rio como sede de Jogos de 2016


Em Copenhague, presidente comparou candidatura à sua trajetória política. Brasil vai entoar o lema 'sim, nós podemos', disse, em referência a Obama.

Da Reuters

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quinta-feira (1º) que, assim como ele precisou superar a desconfiança para se tornar o primeiro operário a alcançar à Presidência do Brasil, o Rio de Janeiro também vai provar que é possível realizar uma Olimpíada na América do Sul pela primeira vez.

Em Copenhague para defender a candidatura do Rio aos Jogos de 2016, Lula acrescentou que seu discurso aos membros do Comitê Olímpico Internacional (COI) antes da votação de sexta-feira vai exaltar "o momento mágico" atravessado pela economia do país e disse que dessa vez é o Brasil que vai entoar o lema: "sim, nós podemos" - em referência ao slogan "yes, we can", da campanha à Presidência dos Estados Unidos de Barack Obama em 2008.

"Penso que é o mesmo tipo de convencimento", disse Lula a jornalistas em entrevista coletiva, comparando a campanha do Rio com a sua própria chegada à Presidência, em 2003, após ter sido derrotado em três campanhas presidenciais.

"Aqui a história se repete. Temos os Jogos Olímpicos muito marcados por serem feitos em países desenvolvidos... muitas Olimpíadas no continente europeu e muitas nos Estados Unidos. Queremos mostrar que o Brasil é o único país entre as dez economias do mundo que nunca realizou uma Olimpíada", acrescentou.

O Rio, pela primeira vez na reta final de uma candidatura olímpica após duas tentativas frustradas, trava com Madri, Chicago e Tóquio uma das mais apertadas disputas olímpicas dos últimos anos, em que, segundo o presidente, "pela primeira vez todo mundo quer ser o pai da criança".

O papel do presidente é considerado chave na campanha da cidade, especialmente porque Chicago - vista por sites especializadas como favorita ao lado do Rio - terá o apoio do presidente dos EUA, Barack Obama, na votação dos membros do COI.

"Queremos dizer ao mundo que nós podemos. Nós nunca dissemos. No Brasil estávamos habituados a dizer nós não podemos, somos pobres, como se fôssemos cidadãos inferiores. Mas desta vez queremos olhar para o mundo e dizer: 'Sim, nós podemos e vamos realizar essa Olimpíada'", disse Lula, numa concorrida entrevista no hotel que serve de base para a delegação brasileira na capital dinamarquesa.

Retirado: G1



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.FabioRodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique no link "Postagem(ns) mais antiga(s)" (acima), para continuar lendo nosso blog. E a qualquer momento clique no link "Início" para voltar a página inicial.