10 de ago de 2009

O bom debate sobre Reforma Política (III)


Por Fábio Rodrigues

Reforma política que nada. Os políticos querem mesmo é mais direitos e pouca transparência para continuar com a farra de clientelismo, nepotismo, corrupção e todas as mais diversas formas de subtrair o dinheiro público para suas contas privadas.

Eles legislam em causa própria em muitas das vezes, e referente as leis de moralização eleitoral e representativa está mais do que na cara que essa legislatura jamais promoverão a auto-destruição.

Fazer leis mais severas que primem pela transparência, pela punição sumária de corruptos, pela eleição mais limpa e pela representação de fato participativa não está no plano de quase nenhum mandatário de plantão. Eles sabem que esse novo cenário traria sérios problemas para suas manutenções no poder e no cofre público.

Concordo com algumas idéias já postas sobre reforma política, por mais que elas "nunca" sejam aprovadas:

- Financiamento público de campanhas (atuação enérgica do Ministério Público e Polícia Federal);

- Lista fechada de candidatos (eleições partidárias democráticas, buscando tirar o comando dos partidos das mãos dos donos, e colocar lideranças verdadeiras nas Presidências);

- Fim da reeleição para cargos executivos (mandato de 5 anos);

- Reeleição limitada para cargos legislativos (máximo de 2 mandatos consecutivos em cada cargo);

- Mandato de 5 anos para Senador e sem os dois suplentes (os suplentes seriam os perdedores da eleição, como nos demais cargos legislativos);

- Possibilidade real de cassação do mandato dos políticos através de ação popular dos eleitores (criar esse mecanismo real de interromper o mandato de um mau político);

- Eleições conjuntas (Presidente, Governador, Prefeito, Senador, Deputado Federal, Deputado Estadual, Vereador com mandatos de 5 anos - diminuiria os custos eleitorais, evitaria mandatos nos executivos interrompidos de forma bastante cedo e acabaria com esse clima vivido de eterna campanha).

Sonhar nunca é demais. E assim seguimos nessa caminhada de luta e muito trabalho pela moralidade dos agentes políticos.

Nas eleições 2010 teremos uma enorme oportunidade de chocar muitos políticos que pensam que são eternos no poder, que possuem mandatos vitalícios. A união do povo é capaz de melhorar a vida em coletividade e trazer de volta o espírito público para as intituições democráticas e representativas. Não tenho dúvida que muitos Governadores, Senadores, Deputados Federais e Estaduais terão seus mandatos cassados pelo povo na urna, não tenho a menor dúvida.

Postagem relacionada: "O bom debate sobre Reforma Política (II)", clique aqui.

Postado originalmente às 22:13 - 25/07/2009.



Comente nossas postagens! Com problemas para comentar? (clique aqui)

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.BlogdoFabioRodrigues.com.br
Contato: FabioRodrigues@FabioRodrigues.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique no link "Postagem(ns) mais antiga(s)" (acima), para continuar lendo nosso blog. E a qualquer momento clique no link "Início" para voltar a página inicial.