18 de mai de 2009

Professores do Recife ameaçam greve por tempo indeterminado


Em assembleia geral realizada no dia 13/05/09, na Universidade Católica/Boa Vista, os professores da rede municipal do Recife marcaram nova mobilização para o dia 20, quando decidirão se paralisam as 219 escolas por tempo indeterminado. Os professores decretaram estado de greve. Na quinta-feira (15), a partir das 8h, os profissionais fizeram passeata. Saíram da Praça da Independência, no bairro de Santo Antônio, em direção à sede da prefeitura, no Cais do Apolo, área central. A rede municipal tem aproximadamente seis mil professores.

De acordo com a coordenadora geral do Sindicato dos Professores da Rede Municipal do Recife (Simpere), filiado à CUT-PE, Ana Cristina de Souza, até quarta-feira haverá ações de apoio à greve em escolas e comunidades. “Queremos suspender as atividades porque tentamos negociar com a prefeitura desde o dia 25 de março, há quase dois meses. Enviamos um relatório com 49 itens que apontamos para serem analisados e apenas dois foram acatados”, disse Ana Cristina.

A categoria reivindica implementação para todos os professores do piso salarial nacional, aumento do tíquete-refeição para R$ 12 e a diminuição do número de alunos por sala. Atualmente o salário-base para docentes do ensino básico é de R$ 1.132. Em nota, a Secretaria de Educação do Recife afirmou que continua a negociar com os professores para que o pagamento do piso nacional seja efetivado ao longo do ano.

Assessoria de Imprensa da CUT-PE, com informações do JC (com adaptações)


Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique no link "Postagem(ns) mais antiga(s)" (acima), para continuar lendo nosso blog. E a qualquer momento clique no link "Início" para voltar a página inicial.