30 de abr de 2009

Pressionada, filha de FHC pede demissão do Senado

Filha de FHC

Depois das denúncias de que recebia sem trabalhar um salário de R$ 7,6 mil como secretária parlamentar do senador Heráclito Fortes (DEM-PI), Luciana Cardoso, filha do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, pediu demissão do gabinete dele. Segundo a assessoria de imprensa do senador, o pedido foi feito a Fortes nesta terça (28) e prontamente aceito.

A filha do ex-presidente, que estava lotada no gabinete de Heráclito desde 2003, confidenciou que não comparecia ao local de trabalho. Em entrevista à colunista da Folha de S.Paulo Mônica Bérgamo, Luciana Cardoso disse que o espaço “é um trem mínimo e a bagunça, eterna”.

Questionada na ocasião sobre o seu salário, Luciana ironizou: “Descobre aí. Sou uma pessoa como todo mundo. Por acaso, sou filha do meu pai, não é? Talvez só tenha o sobrenome errado.”

A ex-secretária parlamentar tentou amenizar na entrevista ao afirmar que trabalhava em casa cumprindo tarefas para o senador. Mas logo perdeu a estribeira ao ser questionada sobre o que fazia naquela semana: “Cê não acha que eu vou te contar o que eu tô fazendo pro senador! Pensa bem, que eu não nasci ontem! Preste bem atenção: se eu estou te dizendo que são coisas particulares, que eu nem faço lá porque não é pra ficar na boca de todo mundo, eu vou te contar?”

Após a entrevista atabalhoada, o senador Heráclito ainda declarou ao Vermelho que a filha do seu aliado não precisava dar expediente no gabinete. Segundo ele, ela trabalhava em casa organizando seus arquivos pessoais.

Nada convenceu o procurador Marinus Marsico que ingressou com uma representação no Tribunal de Contas da União (TCU) solicitando a devolução de todos os salários recebidos por Luciana Cardoso.

De Brasília,
Iram Alfaia



Não deixe de comentar nossas postagens.

Gostou desse assunto, envie para seus contatos.

Obrigado pela visita e esperamos sempre sua volta.

Site: http://www.fabiorodrigues.com
Contato: fabiorodrigues@fabiorodrigues.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Clique no link "Postagem(ns) mais antiga(s)" (acima), para continuar lendo nosso blog. E a qualquer momento clique no link "Início" para voltar a página inicial.